Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Segurança Digital Segurança digital no Nub...

Segurança digital no Nubank: como ajudamos a te proteger

Manter a sua conta protegida sempre será nossa prioridade. Veja o que o Nubank faz em termos de segurança digital e como a parceria com os nossos clientes é fundamental para isso.



O Nubank nasceu com a missão de devolver às pessoas o controle sobre suas vidas financeiras. Para nós, combater a complexidade do sistema financeiro e empoderar nossos clientes passa obrigatoriamente pela garantia da segurança e confiança nos nossos produtos e serviços.

Milhões de pessoas tiveram acesso a uma conta ou cartão de crédito pela primeira vez com a gente. Ajudamos a incluir os brasileiros no sistema financeiro e queremos que ainda mais pessoas tenham acesso a serviços bancários e possam movimentar seu próprio dinheiro da forma que preferirem. 

Mas como garantir a proteção de tantas informações, e, principalmente, do seu dinheiro?

O Nubank sempre investiu em segurança. Nos preocupamos com a proteção dos seus dados e do seu dinheiro em todas as etapas, desde o cadastro e ao longo de todo o relacionamento com a gente.

Veja, abaixo, tudo que o Nubank faz pela sua segurança e confira boas práticas para manter a sua conta sempre protegida. 

O que o Nubank faz pela segurança dos clientes?

O Nubank investe em diversas camadas de proteção para oferecer uma experiência segura e tranquila para todos os clientes. 

E a segurança não está somente no aplicativo: a gente garante a integridade dos seus dados quando você envia as fotos dos seus documentos para adquirir um produto Nubank, quando fala com um de nossos atendentes e até quando acessa o nosso blog. 

Para isso, empregamos uma série de medidas sofisticadas: criptografia, limitação de acessos, autenticação de dois fatores e VPN são alguns dos exemplos de ferramentas que usamos para proteger seus dados internamente. 

Aliás, toda a coleta, armazenamento e compartilhamento de dados dos nossos clientes acontece de acordo com o que exige a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Já no aplicativo, temos vários recursos para garantir a legitimidade do acesso, das suas transações e demais movimentações financeiras. Algumas funções são visíveis e podem ser controladas por você – como a proteção de acesso ao app –, mas também nos valemos de machine learning e outros métodos para te proteger.

Ou seja: mesmo quando você não percebe, estamos trabalhando para te defender contra ataques, vazamentos e fraudes.

Quais as medidas de segurança digital adotadas no aplicativo do Nubank?

O aplicativo do Nubank é fácil de mexer, intuitivo e seguro. A gente quer que você esteja sempre no controle de suas decisões financeiras, e ter um app que dê autonomia na palma da sua mão é fundamental para isso.

Temos ferramentas de monitoramento internas, mas também oferecemos proteções extras para você mesmo aumentar a segurança das suas movimentações.

Certificado de segurança

O aplicativo do Nubank conta com um certificado de segurança instalado. E, para realizar qualquer função considerada sensível no aplicativo – como pagamentos, transferências ou gerar um cartão virtual – esse certificado precisa ser considerado confiável

Para que o certificado seja considerado confiável, todos os clientes precisam passar por um fluxo de autorização do seu aparelho e comprovar a sua identidade. Esse processo foi criado para garantir que o cliente aprovado em nossa análise cadastral é, de fato, a mesma pessoa que está utilizando o aparelho naquele momento. 

A validação é feita através de uma selfie. E você não precisa se preocupar com a sua privacidade ou mesmo com a sua aparência no momento da foto: o processo de reconhecimento facial é automatizado, e usamos machine learning para isso. 

O que fazer caso eu perca a autorização do certificado?

Existem algumas ações dentro do app que podem tornar seu certificado suspeito e exigem uma nova autorização. Para identificar se você perdeu a autorização do certificado, basta checar se, ao tentar fazer uma transferência ou pagamento, o aplicativo solicita uma nova foto.

Caso isso aconteça, não se preocupe: basta seguir os passos indicados dentro do nosso app e enviar uma nova selfie para liberação. A autorização acontece em alguns minutos e você conseguirá acessar todas as funcionalidades sensíveis assim que ela for feita. 

Notificações em tempo real

Consideramos importante te manter atualizado sobre tudo que acontece na sua conta, independentemente de quais produtos você tem – seja a conta do Nubank, cartão de crédito, seguro de vida etc. Por isso, sempre que há alguma informação importante, comunicamos nossos clientes por e-mail ou notificações do app.

As notificações te ajudam a ter ainda mais controle sobre as suas operações, e, por serem enviadas em tempo real, podem ajudar a identificar rapidamente qualquer movimentação que você desconheça.

Senhas para efetivar operações

Ainda no ambiente do app, vale lembrar que todas as ações sensíveis precisam ser validadas com a sua senha de quatro dígitos – a mesma que você definiu quando se tornou cliente. 

Monitoramentos

O Nubank também analisa uma série de padrões e comportamentos para entender se você é a pessoa que está usando o aplicativo. Temos ferramentas de monitoramento que detectam o risco de um acesso não ser legítimo e analisamos com cuidado todos os alertas gerados internamente.

O que eu posso fazer para aumentar a proteção da minha conta Nubank?

Aqui no Nubank a gente acredita que segurança se constrói junto com nossos clientes. Isso porque as tecnologias mais seguras não são suficientes para impedir um fraudador de conseguir certas informações por meio de um golpe, por exemplo.

O conhecimento de boas práticas de segurança digital aliado ao uso de tecnologias robustas é extremamente eficaz contra ações maliciosas – sejam elas invasões, vazamentos ou fraudes.

Por isso, compilamos uma série de ações que você pode realizar em seu app para se proteger ainda mais:

1. Criar senhas seguras

As senhas são uma camada de proteção essencial para dificultar invasões a contas. Elas funcionam como chaves para evitar acessos indevidos e devem ser conhecidas apenas pelo titular.

Para ter uma experiência segura, vale se atentar às suas duas senhas do Nubank: a de oito dígitos, que serve para acessar o app, e a de quatro dígitos, que serve para autorizar transações do cartão ou da conta. 

Senha de oito dígitos

A senha para acessar o aplicativo do Nubank é composta por oito dígitos alfanuméricos (uma combinação de letras e números). Para criar uma senha forte, fuja de combinações facilmente ligadas a você ou pessoas próximas – como seu nome ou data de aniversário – e evite repetir senhas que você já utiliza em outros apps ou redes sociais.

É possível redefinir a sua senha de oito dígitos a qualquer momento. Para criar uma nova combinação, basta seguir estes passos:

  1. Na tela inicial do app, toque no ícone de perfil, que fica acima do seu nome;
  2. Clique em “Meus Dados” e vá em “Alterar senha de acesso”; 
  3. Insira a senha atual do seu app (a de 8 dígitos) e toque na setinha roxa;
  4. Escolha uma nova senha do app com no mínimo 8 caracteres, depois clique em “Alterar”;
  5. Pronto! Sua senha de 8 dígitos foi redefinida e você já poderá usá-la ao fazer um novo login.

Senha de quatro dígitos

Já a senha de quatro dígitos é apenas numérica. Assim como no caso de outras credenciais, evite combinações que remetam à sua data de nascimento ou sequências óbvias como “1234” – se o seu cartão cair nas mãos da pessoa errada, fica muito fácil quebrar essa barreira de segurança com um simples acesso em redes sociais, por exemplo. 

Não é possível alterar a sua senha de quatro dígitos, por isso é muito importante não anotá-la no celular ou compartilhá-la com outras pessoas.

Se você esquecer a sua senha do cartão, dá para consultá-la direto pelo app. Basta fazer assim:

  1. Na tela inicial, clique no avatar acima do seu nome para acessar as configurações;
  2. Toque em “Meus dados” e, em seguida, em “Consultar senha de 4 dígitos”;
  3. Digite a senha do aplicativo para visualizar a senha do cartão.

2. Ativar a proteção de acesso ao app

A proteção de acesso ao app é uma ferramenta opcional do app Nubank, mas incentivamos que todos os nossos clientes a mantenham ativa. 

Com ela ligada, toda vez que você abrir o app será necessário inserir o método de desbloqueio utilizado em seu aparelho – pode ser reconhecimento facial, impressão digital, validação por senha ou qualquer outro método que você utilize para desbloquear o celular.

Muita gente se assusta só de pensar na possibilidade de ter o celular roubado, mas é preciso se proteger para caso isso aconteça – em uma situação na qual seu aparelho está desbloqueado, garantir uma camada extra de proteção ajuda a manter a integridade das suas informações.

E como ela funciona? É muito simples: depois que você ativa a função, cada novo acesso ao app pedirá a mesma validação que você usa para desbloquear o seu celular. Pode ser uma senha numérica, impressão digital ou reconhecimento facial, por exemplo.

Para ativá-la, é só abrir o aplicativo e fazer o seguinte:

  1. Na tela inicial do app, toque no ícone de perfil, que fica acima do seu nome;
  2. Selecione “Configurar app”;
  3. Depois, toque em “Proteção do app”;
  4. Pronto! A barrinha roxa indica que a proteção já está ativada. 

A partir disso, se você fechar o app, bloquear a tela do celular ou após 1 minuto de inatividade, o seu app pedirá a mesma senha ou qualquer outro método de bloqueio configurado no seu aparelho. Para desativá-la, basta seguir o mesmo passo a passo.

3. Bloquear o cartão físico ou virtual

Se você perdeu seu cartão físico ou esqueceu onde o deixou, dá para bloqueá-lo temporariamente por segurança pelo app. Para isso, é só fazer o seguinte:

  1. Abra o app do Nubank e toque em “Meus cartões”;
  2. Clique em “Cartão físico”, e, depois, em “Bloquear”, onde há um ícone de cadeado;
  3. Agora é só confirmar que você deseja bloquear o cartão e pronto!

Com ele bloqueado, qualquer tentativa de compra será negada, evitando que outras pessoas utilizem seu cartão. Quando estiver de novo com ele em mãos, basta desbloqueá-lo para voltar a fazer compras com o seu roxinho.

Com o cartão virtual é a mesma coisa, a única diferença é que você precisará inserir a sua senha de 4 dígitos antes de bloqueá-lo.

Para desbloquear um cartão que você bloqueou, basta repetir o mesmo processo clicando em “desbloquear”. E pronto! Depois disso, o cartão poderá ser usado normalmente. 

Vale recorrer a essa função como medida temporária, já que, caso você tenha alguma assinatura ou pagamento recorrente vinculado ao seu cartão, esse lançamento será negado e o serviço que você utiliza pode ser cancelado.

4. Bloquear pagamentos por aproximação (contactless):

Se você quiser bloquear apenas a função de pagamentos por aproximação, basta seguir esse passo a passo:

  1. Na tela inicial, toque no ícone de perfil, que fica acima do seu nome;
  2. Em seguida, clique em “Configurar cartão”; 
  3. Desative a opção “Compras por aproximação (contacless)”. Pronto! Com a opção desativada, nenhuma compra por aproximação será aprovada. Para ativá-la novamente, é só repetir esse procedimento e habilitar a função.

Vale lembrar que transações por aproximação são tão seguras quanto fazer uma compra online com o cartão e que, para compras acima de R$ 200, é necessário digitar a sua senha.

Existem diversas camadas de segurança que protegem todas as transações com cartão de crédito – incluindo as operações via contactless. 

A própria Mastercard, bandeira do cartão Nubank, usa sistemas de detecção de fraude e inteligência artificial para identificar atividades suspeitas e interromper a ação. Além disso, o Nubank tem sistemas próprios de detecção de fraudes.

5. Ajustar o limite do cartão de crédito

Ao ajustar o seu limite pelo app, você restringe o valor que poderá ser utilizado para fazer compras com o seu cartão de crédito. 

Isso significa, por exemplo, que se o seu limite disponível for de R$ 1.000 e você ajustá-lo para R$ 500, esse será o valor máximo que poderá ser consumido do seu cartão. Nessa situação, uma tentativa de compra no valor de R$ 750 seria negada por limite insuficiente.

Com esse recurso, você evita que, caso os dados do seu cartão sejam expostos, alguém tente fazer uma compra muito alta com ele. 

Para ajustar o limite, é só fazer o seguinte:

  1. Abra o seu app e toque em “Cartão de crédito”;
  2. Na barra de atalhos, clique em “Ajustar limite”. Nessa tela você verá o seu limite pré-aprovado e pode ajustá-lo na barrinha de acordo com o valor que você quer que esteja disponível para uso;
  3. Para aumentar, deslize o dedo na barrinha para a direita. Para reduzir o limite, basta deslizar o dedo para a esquerda.

6. Usar o Meu Limite Pix

O Meu Limite Pix pode trazer ainda mais segurança e controle para as transferências instantâneas e está disponível para todos os clientes da conta do Nubank na área Pix do aplicativo.

Com essa funcionalidade, é você quem decide qual valor máximo que pode transferir por dia via Pix.

Definir o seu limite diário é bem fácil. É só fazer assim:

  1. Na tela inicial do app, clique no botão Pix (localizado na barra de atalhos);
  2. Selecione a opção “Meu limite Pix”;
  3. Insira a sua senha de 4 dígitos;
  4. Digite o valor que deseja definir como seu limite diário para transações via Pix e confirme;
  5. Pronto! Na mesma hora, te avisaremos se o limite definido foi aprovado ou não.

E fique tranquilo, caso você precise fazer uma transação pontual acima desse limite, basta validar a ação fazendo um reconhecimento facial instantâneo dentro do app e pronto! Sua transferência será aprovada.

Importante: de acordo com nossos mecanismos de monitoramento, transferências consideradas suspeitas podem ser bloqueadas mesmo estando dentro do seu limite. Se isso acontecer, você será informado.

7. Desautorizar todos os aparelhos

Se você perdeu o celular, foi roubado ou simplesmente quer desvincular o acesso ao app de algum aparelho, você pode desconectar o aplicativo de todos os aparelhos vinculados a ele. 

Para isso, é preciso ter acesso a um computador ou a um tablet e proceder da seguinte forma:

  1. Entre no nosso site: www.nubank.com.br;
  2. Na parte de cima, no canto direito da tela, faça login com seu CPF e senha de oito dígitos;
  3. Clique em “Estou sem celular”, abaixo do QR Code;
  4. E depois em “Desconectar tudo”;
  5. Esse processo pode demorar até uma hora – por isso, é importante entrar em contato com o nosso time de atendimento caso tenha acontecido alguma coisa com o seu aparelho.

Pronto! As informações do seu app foram desvinculadas do aparelho e quem estiver com ele não conseguirá acessar seu app do Nubank.

Como evitar golpes?

Todo mundo está sujeito a ser vítima de um golpe, mas conhecer algumas das técnicas comuns pode te ajudar a identificar uma cilada.

Muitos dos golpes usam a chamada engenharia social: uma técnica de manipulação usada por criminosos com o objetivo de extrair informações confidenciais das pessoas.

Talvez você já tenha ouvido falar no golpe do motoboy. Nele, alguém liga para a sua casa se identificando como funcionário do seu banco e diz que os dados do seu cartão foram violados e que você precisa urgentemente emitir uma nova via, mas precisa entregar o cartão antigo a um motoboy.

Esse é um exemplo de situação em que a engenharia social é empregada. Primeiro você recebe uma notícia de um incidente grave, como a exposição dos dados do seu cartão ou mesmo uma suposta invasão à sua conta. As reações mais imediatas costumam ser: “e o meu dinheiro?” ou “a minha segurança?” – e é no calor do momento que a pessoa é induzida a entregar justamente aquilo que disseram ter sido violado. 

Outros exemplos de golpes comuns são o de pedir dinheiro por mensagem e o golpe do delivery, mas os criminosos sempre encontram formas diferentes de dar uma nova cara para abordagens maliciosas.

Há uma série de golpes que acontecem dentro e fora do ambiente virtual. O que todos têm em comum é que eles se valem de alguma história para tentar ganhar a sua confiança, criam um senso de urgência, e, uma vez que você foi fisgado, se aproveitam de uma vulnerabilidade sua para ter o controle da situação. 

Identificar quando alguém está utilizando engenharia social nem sempre é fácil, mas a principal dica é manter a calma e pensar na situação que está acontecendo. A engenharia social costuma se valer do impulso das pessoas ao criar um senso de urgência que não existe. 

É no impulso, e às vezes até sem perceber, que muitas pessoas acabam fornecendo informações confidenciais. 

Verificar o remetente da mensagem, refletir se ela realmente faz sentido e checar se o que estão te falando é verdade costuma ser um caminho seguro. 

Por isso, antes de fornecer qualquer informação pessoal, transferir dinheiro ou efetuar pagamentos, procure validar se aquele contato é verdadeiro – entrando em contato com a instituição pelos canais oficiais, por exemplo.

Às vezes o dano é irreversível, porém há casos que podem ser contornados. Se você foi vítima de uma dessas ações, não deixe de registrar um boletim de ocorrência e entrar em contato conosco imediatamente. Tomar essas medidas é a melhor forma de se proteger de mais danos e impedir os golpistas de fazerem novas vítimas no futuro.

Como evitar invasões de conta?

Em alguns casos, fraudadores podem conseguir acessar sua conta mesmo à distância, utilizando um outro aparelho que não seja o seu. A maneira mais eficiente de se proteger contra invasões de conta é utilizar camadas de segurança complementares. 

Além das ferramentas do nosso app, vale ficar de olho nas funcionalidades do seu aparelho e tomar alguns cuidados com o armazenamento das senhas. 

Algumas dicas que ajudam a impedir que alguém entre na sua conta:

  • Evite senhas que sejam sequências numéricas fáceis de descobrir, como “1234” ou a data do seu aniversário. Sites como o Kaspersky Password Check ajudam a identificar se a sua senha é forte o suficiente;
  • Não compartilhe a sua senha com outras pessoas. Ao compartilhar a senha com alguém, você perde o controle sobre como seus dados estão sendo usados, e isso pode te colocar em perigo. Uma boa dica para checar se alguma senha sua já vazou na internet é buscá-la no site Have i been pwned?;
  • Nunca repita a mesma senha em mais de um cadastro. Se você usar a mesma senha para vários cadastros e ela for violada, pessoas mal intencionadas terão acesso a todas as suas contas de uma só vez;
  • Nunca anote a sua senha, nem no papel, nem no celular e muito menos em apps de mensagens instantâneas;
  • Mantenha a tela do seu celular bloqueada quando o aparelho não estiver sendo usado;
  • Ative a proteção de acesso ao app do Nubank;
  • Jamais envie fotos suas segurando o documento de identidade por qualquer outro canal que não seja o nosso app.

Atenção: o Nubank nunca entrará em contato com você pelo telefone ou qualquer outro meio de contato para confirmar as suas senhas. Desconfie de contatos que te peçam informações confidenciais – na dúvida, é sempre melhor entrar em contato conosco por nossos canais oficiais de atendimento para checar.

E se acontecer alguma coisa, como posso pedir ajuda?

Se você foi vítima de algum golpe, invasão, roubo, ou caso tenha notado qualquer operação atípica na sua conta, o primeiro passo é entrar em contato com a nossa central de atendimento imediatamente pelos nossos canais oficiais.

Você pode ligar no número 0800 608 6236, enviar um e-mail para meajuda@nubank.com.br ou entrar em contato pelo chat do aplicativo, se tiver acesso a um celular.

A central de atendimento do Nubank funciona 24h, todos os dias da semana – incluindo finais de semana e feriados – e nossa equipe poderá te dar todo o suporte necessário de acordo com a situação que você vivenciou.

Caso você tenha sido roubado ou coagido a fornecer senhas e outras informações pessoais, fazer um Boletim de Ocorrência também é importante para que nossos especialistas em segurança consigam analisar o seu caso e te ajudar da melhor forma.

Aliás, além da central de atendimento, o Nubank também conta com um time de segurança e prevenção a fraudes.

Essa equipe é formada por profissionais altamente capacitados que analisam todos os alertas gerados a partir de contatos com o nosso atendimento ou pelas ferramentas internas de monitoramento. 

Eles são preparados para analisar a legitimidade de documentos utilizados para a aquisição dos produtos do Nubank, detectar perfis transacionais suspeitos, investigar tentativas de invasão de contas e atuar em casos relacionados a estelionatos, assaltos e sequestros.

Em algumas dessas situações, nosso time de segurança poderá entrar em contato com você por e-mail para pedir informações complementares ou documentos que auxiliem no direcionamento do caso. Por isso, sua colaboração também é fundamental para que a gente consiga te ajudar com agilidade e assertividade durante todo o processo.

Não sou cliente Nubank, mas preciso de ajuda. O que fazer?

Se você passou por alguma situação em que algum pagamento ou transferência foi feita indevidamente para algum cliente Nubank, o primeiro passo é entrar em contato com a instituição financeira onde o pagamento foi feito e contestar esse valor.

Como toda instituição financeira deve resguardar o sigilo bancário de seus clientes, não poderemos fornecer nenhuma informação a respeito da conta ou do dinheiro diretamente para você, mas conseguimos fazer toda a tratativa interbancária com a sua instituição. Nessas situações, nossa equipe de segurança tomará todas as medidas cabíveis internamente.

Quer saber mais sobre segurança digital? Veja o que já publicamos sobre esse tema.

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post