Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Como funciona um cartão...

Como funciona um cartão de crédito?

Entenda o que acontece quando o cliente digita a senha para finalizar a compra

Inseriu na maquininha, digitou a senha e pronto: compra aprovada em poucos segundos. A maneira como funciona um cartão de crédito parece até mágica – mas por trás dessas operações existe uma grande rede que torna cada transação segura e viável.

Basicamente, o cartão de crédito é uma forma de empréstimo: o cliente tem crédito liberado para gastar certo valor ao longo das semanas e só pagar tudo de uma vez, no fechamento da fatura.

Para garantir que cada compra seja aprovada e registrada, é preciso garantir um fluxo de informações entre diversas partes.

A ordem do tal fluxo de informações é a seguinte:

Lojista > Adquirente > Bandeira > Emissora.

Quem é quem no fluxo do cartão de crédito

O emissor é quem define as taxas cobradas, o limite disponível e é com quem o cliente mantém um relacionamento.

O Nubank é o emissor de um cartão de crédito – da mesma forma que os bancos são emissores dos cartões que oferecem.

Todo cartão de crédito tem uma bandeira – no caso do cartão Nubank, a Mastercard.

A bandeira é responsável por processar compras feitas no seu cartão de crédito, além de repassar essas informações para o emissor. Outro detalhe importante é que a bandeira do cartão é quem permite que ele seja usado em outros países, por exemplo.

O adquirente é quem administra o terminal de pagamento (maquininha do cartão) e, o lojista, o dono do estabelecimento que vende os produtos ou serviços.

Bastidores de como funciona um cartão de crédito

Quando seu cartão é inserido na maquininha e você digita a senha, o adquirente recebe um aviso de que o lojista está realizando uma venda; o adquirente, então, informa a bandeira sobre a transação; o último a ser contatado pela bandeira é o emissor do cartão, que autorizará ou não a compra.

Todo esse processo acontece, em média, em dois segundos (logo após o cliente inserir a senha).

Hoje, na maioria dos países, os cartões de crédito são emitidos com um chip (circuito integrado, como chama o Banco Central) que armazena as informações do usuário e faz as verificações necessárias para que a transação seja segura; a senha existe para autorizar o acesso a tais informações.

Em outras palavras, todos os dados armazenados no chip são verificados com o lojista, adquirente, bandeira e emissora para que a transação seja aprovada. Tudo isso com a autorização do cliente.

É seguro usar um cartão de crédito?

Com a mudança dos cartões de crédito com tarja magnética para os com circuito integrado, usar um cartão ficou muito mais seguro.

Isso porque a verificação dos dados necessários para que a compra seja aprovada acontece de ponta a ponta e porque o cliente só permite o acesso a esses dados com uma senha.

O uso do circuito integrado ainda permitiu que um mesmo cartão tivesse tanto a função crédito quanto débito, por conta da capacidade de armazenar os mais diversos dados.

Os cartões de crédito com tarja são mais fáceis de serem fraudados pois, para autorizar uma transação, basta assinar um comprovante — e a tarja magnética pode ser clonada. Por isso eles caíram em desuso.

O chip é extremamente seguro e protege os seus dados – mas, de qualquer forma, é importante ter cuidado com seu cartão de crédito. Veja aqui algumas precauções que podem evitar muitas dores de cabeça, especialmente em compras online.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Digite seu nome

Quero receber a newsletter