Fala, Nubank

Navegação rápida

Como funciona um cartão de crédito?

Como a operadora do cartão ganha dinheiro?

Quais taxas podem ser cobradas do cliente?

Taxas de cartão de crédito básico

Taxas de cartão de crédito diferenciado

Juros do cartão

"Não li. Resume, por favor?"

O que saber antes de solicitar um cartão de crédito

Um guia para não se perder nas finanças

Escrito por

Redação Nubank

A gente explica o funcionamento e as possíveis taxas de um cartão de crédito para você poder tomar as melhores decisões com o seu dinheiro.

A grande maioria dos 52 milhões de brasileiros que usam cartões de crédito no dia-a-dia não conhece todos os detalhes do produto que tem em mãos. O resultado? Muita gente acaba endividada depois de solicitar cartão de crédito.

Quem está pensando em pedir um cartão precisa conhecer de verdade como o produto funciona e quais taxas podem ser cobradas na sua fatura no fim do mês.

Com a lista abaixo, fica mais fácil fazer uma escolha consciente e não ter surpresas no fim do mês.

Como funciona um cartão de crédito?

Um cartão de crédito nada mais é do que uma forma de empréstimo.

Com ele, o usuário tem um certo crédito ao longo do mês para gastar sem que o dinheiro saia da sua conta na hora. O montante total é pago de uma vez só, quando vence a fatura.

A instituição que emite o cartão – pode ser um banco, uma operadora, uma fintech – determina o limite que cada cliente tem para gastar ao longo do mês e o dia do vencimento da fatura.

É ela também que decide quais taxas e juros esse cliente terá que pagar pelo uso do cartão de crédito ou dos serviços ligados a ele – claro, seguindo as diretrizes do Banco Central e de outros órgãos reguladores.

Todas as informações sobre cobranças precisam estar claras no contrato do cartão. Em geral, há uma tabela com as tarifas e o Custo Efetivo Total (CET) que o cliente paga.

Como a operadora do cartão ganha dinheiro?

A empresa que está oferecendo o cartão de crédito – seja ela um banco, uma operadora ou uma fintech – tem algumas formas diferentes de ganhar dinheiro por este serviço.

De forma resumida, existem 3 categorias de cobranças que permitem às operadoras de cartão ganhar dinheiro:

  • Taxas de transação: paga pelos lojistas. Os estabelecimentos comerciais desembolsam uma taxa para oferecer o serviço de pagamento por crédito aos clientes (que é dividida entre a maquininha, a bandeira e a operadora que emite o cartão).
  • Tarifas ou taxas de manutenção: muitos cartões cobram de seus clientes anuidades, além de uma série de taxas (para saques, para pagamento de contas, etc)
  • Juros: é o que o usuário do cartão paga ao atrasar a sua parcela. Aqui entra, por exemplo, o crédito do rotativo e algumas das taxas mais altas do mercado.

Para o cliente, as duas últimas categorias fazem muita diferença na hora de escolher qual é o melhor cartão de crédito.

Quais taxas podem ser cobradas do cliente?

As operadoras, bancos ou fintechs que emitem cartões de crédito podem cobrar diferentes tipos de tarifas de manutenção ou taxas, dependendo da categoria de cartão de crédito que você escolher.

Existem dois tipos de categoria: básico e diferenciado

  • O cartão de crédito básico é um cartão comum para compras
  • O cartão de crédito diferenciado oferece programas de benefícios ou recompensas.

Se a instituição cobrar algum tipo de anuidade, ela é obrigada a oferecer o cartão de crédito básico com valor menor do que o cartão diferenciado.

Taxas de cartão de crédito básico

Existem cinco tipos de tarifas de cartão de crédito básico que podem ser cobradas dos clientes:

  • Anuidade: embora existam opções de cartões sem anuidade, muitas operadoras e banco ainda incluem essa taxa. Ela pode cobrada em uma única parcela ou dividida ao longo do ano
  • Avaliação emergencial de crédito: taxa paga pelo cliente quando gasta mais do que o limite
  • Pagamento de contas: taxa paga quando o consumidor paga fatura ou boleto no cartão (luz, água, etc.);
  • Saque: valor pago a cada saque em dinheiro feito com o cartão de crédito no Brasil ou exterior;
  • Segunda via do cartão: taxa cobrada para emissão de um novo cartão em caso de perda, roubo, furto etc.

Quer se livrar de todas essas taxas? Conheça o cartão de crédito Nubank: gratuito, sem anuidade, sem taxas abusivas e sem letras miúdas no contrato. Saiba mais sobre o Cartão Nubank ou peça o seu.

Taxas de cartão de crédito diferenciado

Um cartão de crédito diferenciado oferece serviços adicionais, como programas de milhagens, seguros, clube de vantagens, descontos para compras, etc…

Neste caso, não existe um limite máximo para as taxas cobradas pelas instituições financeiras.  Entre as tarifas mais comuns dentro dessa categoria de cartão estão:

  • Anuidade mais alta do que o cartão de crédito básico
  • Taxa de envio de mensagem automática sempre que houver movimentação com o cartão;
  • Taxa de personalização do design ou layout do cartão;
  • Cobrança de segunda via para emitir um novo cartão de crédito em caso de roubo ou perda.

Vale lembrar que, antes de assinar qualquer serviço, é sempre bom checar os benefícios reais oferecidos pelos programas de vantagens. Uma análise mais detalhada pode te ajudar a entender se o programa oferecido vale a pena para o seu perfil.

Juros do cartão

Os juros aparecem na fatura do cartão quando o usuário atrasa o pagamento de alguma parcela, ou de parte dela.

Além disso, em caso de inadimplência, o usuário também pode ter que pagar taxas de atraso (a chamada mora) além das multas de atraso.

Como os juros dos cartões de crédito no Brasil são os maiores do mundo, é importante ficar atento e manter os pagamentos em dia.

Uma das taxas de juros mais conhecidas é o chamado crédito rotativo – que aparece quando o cliente paga apenas o mínimo da fatura (ou entre o mínimo e o valor total) e deixa o restante da conta “rolando” para o próximo mês.

O problema do rotativo são as taxas altíssimos – não à toa, o cliente não pode ficar mais de 30 dias no crédito rotativo. Após esse prazo, a instituição é obrigada a entrar em contato e oferecer outras opções com taxas menores.

Precisa de mais informações detalhadas sobre cobranças e taxas de cartões? O Banco Central possui uma FAQ detalhada com os direitos do consumidor e as obrigações das operadoras e bancos.

“Não li. Resume, por favor?”

Não deu tempo de ler o post inteiro? A gente resume.

Antes de solicitar cartão de crédito, é bom saber que:

  • O cartão de crédito é como um tipo de empréstimo – você usa ao longo do mês e precisa pagar a fatura no final. São cobrados juros em caso de atraso.
  • As operadoras ou bancos podem cobrar diferentes taxas, dependendo do tipo de cartão: básico (para compras) ou diferenciado (que oferece também benefícios ou vantagens, como programas de milhagens)
  • Anuidade é uma das taxas que os cartões cobram dos clientes – mas já existem opções no mercado de cartão de crédito sem anuidade para quem quer se livrar dessa (e de outras tarifas abusivas).
  • Os juros do cartão de crédito no Brasil são os mais altos do mundo. Fique atento às taxas cobradas pela sua operadora ou banco e não atrase o pagamento da fatura.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Comentários

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *