Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Limite do cartão de créd...

Limite do cartão de crédito: por que cada pessoa recebe um diferente?

Entenda o que as instituições financeiras levam em consideração na hora de liberar um limite de cartão de crédito pré-aprovado para os clientes.



ilustração de uma bateria com carga passando do meio.

“Meu limite não é compatível com a minha renda”; “Minha prima tem um limite muito maior que o meu e ela é mais nova”; “Não consigo aumentar meu limite”‘.

Quando o assunto é cartão de crédito, o tópico limite sempre vem à tona. Para entender por que cada pessoa recebe um valor diferente é importante compreender também como funciona o limite do cartão e o que as instituições financeiras levam em consideração na hora de fornecer uma quantia pré-aprovada para cada cliente.

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

Descubra, abaixo, porque cada pessoa tem um limite do cartão de crédito diferente.

Como funciona o limite do cartão de crédito?

Primeiro é preciso entender o funcionamento do cartão. Ele é um tipo de empréstimo que dura, geralmente, um mês. A instituição financeira te empresta um dinheiro que é dela, e você pode utilizar esse valor para efetuar compras (à vista ou parceladas). 

No fim dos 30 dias, é necessário pagar por esses gastos. É importante realizar os pagamentos dentro do prazo, ou seja, até a data de vencimento da fatura. Em caso de atraso, serão cobrados juros e, dessa forma, o valor devido acaba crescendo.

O limite do cartão é o valor máximo que a instituição financeira libera para o cliente usar no crédito.

Por exemplo: se você tem R$ 500 de limite, pode gastar essa quantia no seu cartão. Vale dizer que em compras parceladas o total da transação é cobrado no seu cartão, e não o valor de cada parcela.

Mas como assim?

Por exemplo: se você fez uma compra de R$ 300 e parcelou em três vezes de R$ 100, é a quantia total de R$ 300 que será cobrada do seu limite.. Em outras palavras, quem tem um limite de R$ 500 e faz uma compra de R$ 300, fica com R$ 200 disponível no cartão. 

O valor será restabelecido conforme os pagamentos forem efetuados mensalmente.

Por que cada pessoa recebe um limite do cartão de crédito diferente?

Basicamente porque a instituição financeira precisa ter confiança de que a pessoa para quem ela está emprestando dinheiro é capaz de manter os pagamentos em dia.

Existem alguns fatores que diminuem esse grau de confiança e dificultam o acesso ao cartão:

  • Nome negativado: Ter o nome negativado (ou “nome sujo”, como também é chamado) significa que o cliente foi apontado em uma ou mais listas de proteção ao crédito – como as do Serasa, Boa Vista e outros birôs de crédito brasileiros. Isso acontece, por exemplo, se houver atraso no pagamento de contas – aluguel, água, luz e etc – ou inadimplência de uma dívida;
  • Comprovação de renda: Esse não é o principal fator considerado pelas instituições financeiras e bancos na hora de aumentar o limite. No entanto, é importante ter em mente que, para ter um limite maior, é preciso demonstrar que você vai conseguir pagar as faturas;
  • Histórico de dívidas: Quem já teve o nome sujo irá encontrar mais dificuldade para conseguir um aumento de limite, mesmo que a dívida já tenha sido quitada. Isso acontece porque o sistema dos bancos e instituições financeiras pode levar em conta o histórico da pessoa e essa confiança precisa ser reconstruída;
  • Score baixo: O Score é um indicador do seu perfil financeiro definido pelo Serasa, e pode ser consultado por empresas e bancos. Ele é uma pontuação entre 0 e 1000 que indica a probabilidade de alguém atrasar ou não o pagamento de uma conta. Quanto mais próxima a pontuação estiver de mil, melhor é o perfil financeiro da pessoa.

Todos esses fatores indicam quanto a instituição pode confiar no cliente que deseja ter crédito. É por isso que uma pessoa que ganhe menos do que você pode ter um cartão com limite maior. A junção dos fatores da análise de crédito é que vai tomar essa decisão de acordo com os algoritmos. 

Quer saber como aumentar o limite do seu cartão de crédito? Veja as principais dicas

Ainda não ouviu o episódio 64 do Semanada? Clique abaixo para conferir.

Leia mais:

Limite Nubank: tire suas dúvidas

Vale a pena antecipar as compras parceladas no cartão Nubank?

Quando vale a pena usar a opção de parcelamento de compras específicas no Nubank?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

3.89

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post