Pular navegação

Cartão de crédito para menor de 18 anos: quando vale a pena liberar essa ferramenta?

O cartão de crédito para menor de 18 anos pode ensinar os jovens sobre autonomia e controle financeiro, mas é preciso haver supervisão. Confira as dicas.

no fundo cinza, a imagem preta e branca de uma maquininha de cartão. Ao lado, um retângulo roxo no formato de um cartão.

Liberar um cartão de crédito para menor de 18 anos pode ser uma decisão complexa para pais e mães. No entanto, se houver responsabilidade entre todos os envolvidos, essa pode ser uma ferramenta importante para adolescentes aprenderem sobre controle financeiro e como traçar planos para o próprio dinheiro.

Existem evidências claras que ensinar crianças sobre dinheiro traz benefícios. Os primeiros resultados de um estudo de longo prazo do Banco Central mostraram, por exemplo, que crianças que receberam educação financeira tendem a se tornar adultos menos endividados  (leia mais aqui).

Uma pesquisa do Serasa em parceria com a Opinion Box mostrou que 85% dos pais pesquisados ensinam os filhos sobre a importância de ter uma relação saudável com o dinheiro. Além disso, 76% deles afirmam explicar para as crianças a importância de poupar e investir. Por outro lado, segundo pesquisa da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), o endividamento atinge 78,3% das famílias brasileiras. Do total, 86,8% têm dívidas no cartão de crédito.

Ou seja: dar um cartão de crédito para uma pessoa menor de idade não tem apenas a ver com a praticidade de ela poder pagar seu próprio lanche com os amigos sem ter que pedir para os pais. Mais do que isso, tem a ver com estabelecer uma relação de autonomia com o jovem, ensinando desde cedo sobre o que significa ter crédito e como usá-lo com responsabilidade.

E para isso, é claro, é preciso haver um acompanhamento de perto das pessoas responsáveis pelo dinheiro.

Se você tem filhos e está pensando se liberar um cartão de crédito para menor de 18 anos é uma boa ideia, confira, abaixo, informações que podem te ajudar nessa decisão.

Cartão de crédito para menor de 18 anos: é possível ter um?

No Brasil, não é permitido que menores de idade tenham um cartão de crédito próprio. Porém, é possível, sim, liberar um cartão de crédito para menores de 18 anos de idade. Muitas instituições financeiras oferecem, por exemplo, um cartão adicional como alternativa. Ele é conectado ao limite e ao CPF do titular do cartão principal.

O cartão adicional vem com o nome do menor de idade e tem o limite compartilhado, mas o responsável pelo pagamento da fatura é o titular. Com o cartão em mãos, o usuário poderá fazer compras de forma independente, sem precisar pedir autorização do titular para realizar transações.

Além dessa opção, alguns bancos e instituições financeiras disponibilizam acesso a uma conta. No Nubank, por exemplo, jovens de 10 a 17 anos podem ter a conta do Nu, comprar com um cartão com função débito no seu nome e até usar as Caixinhas para começar sua jornada financeira. Basta ter a autorização da mãe, pai ou responsável legal.

Saiba mais: Conta para menor de 18 anos no Nubank: tudo que você precisa saber

Cartão de crédito para menor de 18 anos: dicas e cuidados

Para o educador financeiro Rafael Fábio, 42, o cartão de crédito para menor de 18 anos pode ser um bom jeito de os pais acompanharem a maturidade e conhecerem os gastos dos filhos. Mas é preciso ter atenção na hora de liberar a ferramenta. 

Abaixo, confira algumas dicas e cuidados, segundo o profissional.

4 dicas para quem quer liberar um cartão de crédito para menor de 18 

1. Criar a responsabilidade nos filhos para administrar um cartão de crédito

"Desenvolver a responsabilidade para ganhar, guardar e gastar o dinheiro é o segredo para futuros cidadãos com menos problemas financeiros. Nada melhor do que usar um caso real para já identificar possíveis talentos ou correções a serem feitas". 

2. Definir um limite de gastos semanal para evitar descontrole nos gastos

"Um controle semanal dos gastos nessa fase é fundamental para evitar surpresas, mostrar o real valor do dinheiro e evidenciar até o impacto dos preços no dia a dia".

3. Conversar abertamente sobre poupar e investir

"Isso deve ser feito antes de liberar o cartão. Assunto como contas da casa, despesas com mercado e gastos com combustível devem ser discutidas entre pais e filhos. Saber quanto custa um pacote de feijão e um tênis, por exemplo, muda o jogo quando a conversa é aberta e todos estão comprometidos com o resultado".

4. Comparar os gastos feitos dentro do mês com uma compra mais estratégica

"Utilizar exemplos reais pode ajudar o adolescente a entender o valor do dinheiro. Imagine que ele gastou R$300 em fast food no mês. Seria interessante mostrar que, se ele gastar apenas R$100 e guardar os outros R$200 para fazer uma viagem com os amigos no fim ano ano, em 12 meses seriam R$2.400,00 para uma experiência que, certamente, será mais divertida". 

Conselhos para quem quer  liberar um cartão de crédito para menor de idade

1. Conheça os hábitos de consumo dos seus filhos

"Conhecer o comportamento de consumo dos filhos é fundamental. Assim, você evita surpresas, como descobrir que ele gastou R$200 em um jogo novo na internet ou que gastou o dinheiro do mês em uma roupa da moda".

2. Tenha um alerta no celular sempre que o cartão for usado em compras

"Reatividade é fundamental quando falamos em gastos. Ao menor sinal de uso indevido do cartão, vale uma conversa com o jovem, a fim de alinhar as expectativas".

3. Cobre prestação de contas semanal dos gastos

"Prestar contas é um exercício de construção de maturidade e habilidades nos adolescentes. Como eles não produzem dinheiro, podem não entender e nem sentir a dificuldade que é trabalhar e ganhá-lo durante o mês. Dar satisfação vai ajudá-los a compreender isso". 

4. Defina um limite máximo de gastos

"Esse limite é importante para que a gestão financeira seja trabalhada no adolescente. Se o dinheiro acabou, será necessário privar-se de alguns consumos. Dessa forma, ele certamente terá mais controle nas próximas vezes".

5. Combine que tipo de compras podem ser feitas

"Faz parte do acordo de confiança entre pais e filhos ter regras claras e definidas. Qualquer alteração precisa ser comunicada e discutida. O ideal é que o dinheiro seja gasto de forma responsável (lazer, roupa nova e itens necessários)". 

Vale a pena menor de idade ter cartão de crédito?

Para Rafael, pode valer a pena ter um cartão de crédito liberado pelos pais nessa idasde, para já criar esse tipo de responsabilidade. "Nesse momento da vida ele já pode votar, já está terminando o colegial e se preparando para a faculdade. Logo, precisa de habilidade para lidar com o dinheiro", conclui.

O Nubank tem cartão de crédito para menor de 18 anos de idade?

Sim. Jovens de 10 a 17 anos de idade podem ter acesso a um cartão de crédito do Nubank por meio de um cartão adicional. A opção permite que clientes do Nubank compartilhem o limite e disponibilizem um valor para aquele amigo ou familiar (inclusive menor de idade). Para isso, é necessário que ele tenha a conta para menores de 18 anos e que o cartão de crédito adicional seja solicitado pelo seu responsável legal que abriu sua conta Nubank.

O titular do cartão principal pode visualizar as compras do cartão adicional e os detalhes de cada transação. Além disso, ele também recebe notificações de todas as operações realizadas com o cartão extra.

Como pedir o cartão de crédito adicional do Nubank para menor de 18 anos?

  • Na tela inicial do app do Nubank, toque em “Meus cartões”;
  • Em seguida, toque em “Pedir cartão adicional”;
  • Insira as informações solicitadas sobre a pessoa que vai receber o cartão adicional (como CPF e qual o seu relacionamento com ela);
  • Defina um valor máximo de gastos para o cartão adicional. E atenção: esse valor será “descontado” do limite do cartão principal; ;
  • Pronto! É só esperar o cartão chegar e acompanhar a entrega pelo aplicativo.

Saiba todos os detalhes: Conta para menor de 18 anos no Nubank: tudo que você precisa saber

Leia também: 

Controle Parental: tudo sobre a ferramenta da conta do Nubank para menor de 18 anos 

Como e quando começar a dar dinheiro para as crianças?

Quanto custa ter um filho no Brasil? Veja quais são as principais despesas dessa conta

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.