Pular navegação

Golpe do cartão de crédito: quais são os tipos mais comuns e como evitar?

O golpe do cartão de crédito acontece quando alguém tenta usar o seu cartão se passando por você. Como evitar e o que fazer se for vítima.

Sabia que o cartão de crédito é o segundo meio de pagamento mais utilizado pelos brasileiros? Metade dos consumidores, inclusive, tem quatro ou mais cartões, segundo uma pesquisa feita pelo Serasa eCred em 2022. E mesmo com vários mecanismos de segurança para identificar e bloquear fraudes com a ferramenta, o golpe do cartão de crédito ainda faz vítimas.

Uma outra pesquisa, realizada pela empresa de segurança Kaspersky, identificou que dois em cada dez usuários de cartão de crédito já foram vítimas de golpes. Ainda que as instituições financeiras invistam em tecnologias para impedir que os crimes aconteçam, pessoas má intencionadas agem de forma articulada para enganar vítimas e fazer com que elas mesmas entreguem seus dados sem perceber.

Confira, abaixo, as principais táticas de golpe do cartão de crédito, como se proteger e o que fazer caso você seja vítima desse crime. 

Golpe do cartão clonado

O golpe do cartão clonado geralmente começa a partir de um vazamento de dados. Se o seu cartão foi clonado, provavelmente as informações dele (como o número, nome do titular, data de vencimento e código de segurança) foram expostas e usadas para realizar compras sem o seu consentimento. 

Sabe quando você empresta seu cartão de crédito para um amigo enviando uma foto dele por um app de mensagem? Ou quando você cadastra o seu cartão de crédito durante uma compra online em um site pouco confiável? Estes são exemplos de situações de risco para as suas informações. 

Pode ser que, durante uma transação em um ambiente pouco seguro, seus dados tenham sido vazados. Também é comum que um cartão seja clonado a partir de um golpe de phishing, que é quando um golpista te induz a fornecer uma informação ou realizar uma ação prejudicial para sua segurança de forma voluntária. 

Em geral, os criminosos criam páginas falsas com promoções e descontos que não existem para enganar clientes e fazê-los clicar em links maliciosos para roubar dados.

Também é importante considerar que, de modo geral, as instituições financeiras seguem políticas estritas de segurança da informação e proteção de dados, fato que impede que as informações dos cartões dos clientes sejam comprometidos nos ambientes monitorados por elas. 

https://www.youtube.com/watch?v=kMutL1EbVPA

Como evitar que meu cartão seja clonado?

Use sempre seu cartão virtual em compras online

O cartão virtual é uma das ferramentas mais seguras para quem deseja realizar transações pela internet. A cada nova compra você pode criar um novo cartão, com um número e código de segurança diferentes, e excluí-lo após a operação. Outra opção é deixar o cartão bloqueado e só desbloqueá-lo na hora de usar. Em caso de vazamento com o cartão virtual, mesmo que as informações dele sejam expostas por aí, você não compromete o seu cartão físico e tem mais praticidade e agilidade para resolver a situação.

Nunca compartilhe as informações do seu cartão de crédito com terceiros

Não mande fotos do seu cartão por apps de mensagem e não empreste para outras pessoas. Lembre-se de que, por mais que você confie em alguém, o cartão está registrado no seu nome e no seu CPF e, por isso, você é legalmente responsável por ele. 

Cuidado ao cadastrar o seu cartão em um novo site

Cadastrar seu cartão em um site de compras ou streaming é algo bem comum. Mas, na hora de realizar seu cadastro, tenha certeza de que o link é confiável e, se possível, cadastre somente seu cartão virtual. 

Se a promoção é boa demais, desconfie

Será mesmo que o celular dos seus sonhos está à venda por menos da metade em um site que você nunca ouviu falar? Pode ser que o link que você encontrou seja apenas uma isca criada para roubar seus dados bancários.

Não use wi-fi público para realizar transações bancárias

Além de serem um vetor de malware e vírus para o seu dispositivo, redes públicas, em geral, não precisam de autenticação para funcionar, algo que pode deixar a segurança de seus usuários mais vulnerável. 

Golpe com maquininha de cartão de crédito 

Muitos golpes de cartão de crédito acontecem durante compras presenciais, enquanto o pagamento é realizado com uma maquininha. O mais comum deles é o da maquininha quebrada. 

Na hora do pagamento, em vez de oferecerem um equipamento funcionando, tentam realizar a operação numa maquininha com o visor quebrado ou com pouca nitidez para que, ao digitar a senha, você não consiga saber qual valor realmente foi cobrado ali. Os fraudadores também costumam simular que a transação não foi concluída para que a cobrança seja feita duas vezes. 

https://www.youtube.com/watch?v=E5VeiIlj7rU

Os cartões de crédito também são alvos do golpe com a maquininha que bloqueia pagamentos por aproximação. Essa é uma tática que força os usuários a inserir o cartão na maquininha e digitar a senha – nesse momento, a máquina rouba o código numérico do cartão e permite que ele seja clonado. 

Como posso me proteger de golpes com maquininhas de cartão de crédito?

Nunca realize pagamentos em maquininhas quebradas

Se a maquininha aparenta ter algum problema, não permita que o seu cartão seja utilizado e nem digite sua senha para realizar uma transação. O mesmo vale para maquininhas com baixa visibilidade no painel de leitura do valor de pagamento;

Preste atenção nas mensagens de erro no painel da maquininha

No golpe que bloqueia pagamentos por aproximação, é possível visualizar a mensagem "ERRO APROXIMACAO INSIRA O CARTAO". Caso você identifique uma mensagem suspeita, tente outras formas de pagamento, como Pix e dinheiro. 

Golpe da troca de cartão

O golpe da troca de cartão também acontece em compras presenciais, geralmente em ambientes movimentados como festas de rua (alô, carnaval) e festivais. Na hora do pagamento, que pode acontecer em meio à muvuca, o falso vendedor pega o cartão da vítima e troca por outro sem que ela perceba. 

Como posso me proteger do golpe da troca de cartão?

Personalize seu cartão

Que tal colocar um adesivo no seu cartão de crédito? Você pode usar algo pequeno, mas chamativo, que te permita identificar o cartão rapidamente caso ele seja trocado por outro. Na hora de escolher o adesivo, é importante tomar alguns cuidados: não escolha peças com relevo e nem cubra partes importantes como o chip e a tarja magnética. Confira aqui outras dicas para personalizar o seu cartão de crédito.

Não entregue seu cartão para outras pessoas

Nunca dê o seu cartão de crédito para que outra pessoa o manuseie durante o pagamento. Desse modo, você não o perde de vista.

Se possível, esconda sua senha

Se você não conseguir pagar por aproximação ou se o valor da transação exigir que você digite a senha, tente digitá-la de maneira que outras pessoas não consigam ver sua combinação.

Golpe da loja falsa

Você acaba de realizar uma compra e, aparentemente, a loja é confiável. Instantes depois, você recebe a nota fiscal e o comprovante de venda do produto. Até aí tudo bem. O problema é que, depois de alguns dias, sua mercadoria ainda não chegou e o valor já foi computado. 

Você tenta abrir contato com o lojista, mas nenhum canal de atendimento responde ao seu chamado. E agora? Na maioria dos casos, isso é um indicativo de que você sofreu o golpe da loja falsa. 

Em geral, os golpes em que a venda é cancelada e o consumidor sofre prejuízo também podem ser caracterizados como phishing, já que as vítimas são levadas a confiar em um estabelecimento que, na verdade, é comandado por fraudadores que utilizam as informações do cartão de crédito.

Como posso me proteger do golpe da loja falsa?

Procure pela reputação da empresa

É importante fazer uma pesquisa minuciosa antes de fechar qualquer negócio em empresas não muito conhecidas. Consulte o histórico da empresa onde você fará a compra e não clique em links promocionais compartilhados pelas redes sociais e apps de mensagem – caso tenha encontrado um preço interessante em algo que você deseja comprar, procure pela oferta diretamente no site do lojista.

Sempre desconfie de promoções boas demais

Vale a pena repetir: promoções em que o preço dos produtos está muito abaixo do mercado podem ser uma isca para roubo de dados.

Confira o link do site de compras

O endereço da página em que você está navegando é mesmo o da marca que você conhece?

Golpistas costumam usar pequenas variações de nomes conhecidos para enganar os clientes. Eles colocam uma letra ou palavras a mais no endereço do site ou e-mail, por exemplo. Antes de clicar ou se cadastrar em um site, tenha certeza de que ele é seguro.

Para saber se um site é seguro, você pode consultar a lista de sites não confiáveis do Procon. Ela está sempre atualizada. Além disso, o Reclame Aqui é outro bom lugar para se buscar referências sobre uma empresa.

Como saber se um site é falso? Aprenda aqui

Caí em um golpe com o meu cartão de crédito. O que faço?

Se você foi vítima de um golpe com o seu cartão de crédito, existem alguns passos importantes a serem seguidos:

Avise sua instituição financeira e bloqueie o cartão de crédito imediatamente

Essa dica é importante em qualquer situação de emergência envolvendo sua conta e seus cartões. Abrir um chamado em um dos canais oficiais de atendimento do seu banco é fundamental para agilizar a resolução do problema e receber o suporte adequado. Em geral, dentro do app da instituição você também pode reportar as compras que você não reconhece e bloquear o cartão para que os golpistas não façam novas cobranças. Caso as compras tenham sido realizadas com um cartão virtual, exclua o cartão – neste caso, não será necessário trocar o cartão físico.

Registre um boletim de ocorrência

Após bloquear e notificar seu banco em um dos canais oficiais de atendimento, entre em contato com a polícia para registrar um boletim de ocorrência. Hoje em dia já é possível fazer isso pela internet – descubra aqui como fazer um B.O no seu estado.

Troque suas senhas

É importante mudar suas senhas após uma situação de golpe ou exposição de dados. Neste caso, a senha que deve ser alterada é a do seu cartão de crédito. Na hora de pedir por um novo cartão, você pode consultar o time de atendimento da instituição para saber como fazer isso.

Leia também:

Golpes no Instagram: conheça os mais comuns e aprenda a se proteger

Novos golpes? Descubra como os criminosos têm dado uma outra cara para golpes antigos

Golpe do Pix: como funciona e como evitar cair nessa?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Navegue
    Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossaPolítica de Privacidade.Ao continuar a navegar, você concorda com essa Política.