Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Transação negada: entend...

Transação negada: entenda por que a sua compra não foi finalizada

Seja online ou presencialmente, há vezes em que o cliente não consegue adquirir a mercadoria.



Ir até a loja, escolher o produto que quer levar, chegar no caixa para pagar e ser surpreendido com a mensagem: transação negada. Essa situação pode ser confusa e, às vezes, constrangedora. Mas engana-se quem pensa que falta de limite é o único motivo pelo qual uma compra não é finalizada.

Listamos aqui outros motivos que podem causar uma transação negada e explicamos o que fazer em cada uma das situações.

1. Cartão bloqueado

Algumas vezes, o próprio cliente bloqueia o cartão de crédito por algum motivo e esquece disso. O bloqueio também pode ser feito pela instituição emissora do cartão após um comportamento estranho ou tentativa de fraude ser detectada. Se isso aconteceu por engano, entre em contato para reverter o bloqueio.

2. Informações incorretas

Ao realizar uma compra online, o consumidor deve ficar atento a seu cadastro. Muitas vezes a compra pode ter sido negada porque a pessoa digitou alguma informação diferente dos dados registrados no sistema do cartão de crédito. Data de vencimento, número do cartão, código de segurança e nome impresso precisam ser preenchidos corretamente. Se a compra foi recusada, volte ao cadastro para verificar se algum deles está com erro.

3. Falta de limite

Uma transação pode ser negada quando o valor da compra ultrapassa o limite disponível no cartão de crédito do usuário. Ou seja, se o produto que o cliente quiser adquirir custar R$500,00 e ele tiver apenas R$400,00 de limite liberado, a transação não será finalizada.

Se passar por uma situação dessa, o ideal é entrar em contato com a instituição financeira e tentar negociar um aumento de limite para esse caso específico, ou efetuar o pagamento de uma outra forma (dinheiro ou outro cartão, por exemplo). Os critérios para liberar o valor extra vão variar de acordo com cada empresa.

4. Indisponibilidade 

Ocorre quando há um problema de conexão entre a loja em que o cliente está realizando a compra e o adquirente. Nesses casos, o sistema pode estar em manutenção. Assim, o consumidor só conseguirá finalizar a transação quando a situação for resolvida.

5. Timeout

O timeout nada mais é do que um atraso na comunicação entre dois serviços que dependem da rede de internet para funcionarem. No caso de compra negada, o problema é entre o adquirente e banco ou bandeira emissora do cartão de crédito. O ideal é aguardar um pouco e tentar efetuar a transação novamente.

6. Movimentações realizadas fora do país

Uma compra pode ser negada quando o cliente faz uma transação no exterior. Isso acontece pois o sistema entende que, por ser uma moeda estrangeira – diferente da utilizada normalmente pelo usuário – talvez não seja o cliente usando o cartão. E, por questões de segurança, o cartão de crédito é bloqueado para evitar outras movimentações na conta.

Essa situação pode ser resolvida entrando em contato com o atendimento da emissora do cartão.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Peça aqui o seu Nubank

2.78

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post