Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Investimentos O que é CRA?

O que é CRA?

Saiba tudo sobre o título de renda fixa que financia o agronegócio, e que pode ser uma boa opção de investimento a longo prazo.



CRA, CRI, Fundos, Fundos de fundos, Fundos de Investimento Imobiliário…. são tantas opções que você possivelmente fica confuso na hora de investir caso sejam os seus primeiros passos nesse novo mundo. 

O CRA, ou Certificado de Recebíveis do Agronegócio, financia um dos setores econômicos mais importantes do Brasil: o agronegócio. Tanto é que no ano passado, por meio da Lei 13.986, passou-se a permitir a emissão de CRAs também fora do Brasil.  

Entenda como funciona e como investir em CRAs.

O que significa CRA?

CRA é a sigla para Certificado de Recebíveis do Agronegócio, um tipo de investimento que funciona de maneira similar ao Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI). A diferença está no setor: o CRA é um título de renda fixa que representa a promessa de um pagamento futuro referente ao setor do agronegócio.

O que é um investimento CRA?

Imagine uma empresa, do setor agropecuário, que precisa levantar capital para investir em maquinários, industrializar seus produtos ou até mesmo aumentar sua comercialização. Para financiar o projeto, ela contrata uma empresa securitizadora para adiantar o valor – como um empréstimo. 

A securitizadora transformará essa dívida em papéis, e depois irá ofertá-los no mercado para serem comprados pelos investidores, que esperam retornos financeiros em troca. Esses papéis recebem o nome de Certificado de Recebíveis do Agronegócio (CRA). 

Os tipos de estrutura de um CRA também podem variar e impactar de formas diferentes o risco do seu investimento. O investimento com estrutura pulverizada tem risco vinculado a uma carteira de crédito de diversos devedores, como os agricultores. Já a estrutura corporativa vincula o risco a uma empresa que utilizou da emissão para financiar a sua operação. 

Rentabilidade

Os Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) possuem uma relativa previsão de quanto o dinheiro irá render no ato da compra do título, assim como a maioria dos investimentos em renda fixa. Para isso, existem tipos diferentes de remuneração:

Pré-fixada

Nessa modalidade você sabe exatamente, desde a compra do título, o quanto receberá de rendimento lá na frente, quando chegar a data de vencimento do investimento. 

Pós-fixada

Da mesma forma que na pré-fixada, o investidor tem uma previsão de quanto irá receber na data de vencimento do título. Mas, nesse caso, é necessário atrelar a rentabilidade desse investimento a um índice econômico, como o Certificado de Depósito Interbancário (CDI), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), ou até mesmo ser vinculado ao dólar

Assim como outros investimentos em renda fixa, quanto maior o tempo de vencimento do título, maior será a rentabilidade e, logo, maior será o ganho. 

CRA tem imposto de renda?

Um dos principais atrativos dos Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA) é o fato de serem isentos de imposto de renda e IOF para Pessoas Físicas. Ou seja, são aplicações com rentabilidade líquida, sem descontos, algo pouco comum em investimentos de renda fixa.

Já os impostos para Pessoas Jurídicas segue uma tabela regressiva: 

  • 22,5% até 180 dias corridos;
  • 20,0% entre 181 e 360 dias corridos
  • 17,5% entre 361 e 720 dias corridos;
  • 15,0% após 720 dias corridos.

Ou seja, o CRA será uma boa opção de investimento para pessoas jurídicas caso esse título seja resgatado em um longo prazo. 

CRA tem FGC?

Essa é uma das desvantagens em investir em Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRA), em comparação com a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA), por exemplo. O CRA não tem cobertura FGC.

Basicamente, o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) protege o patrimônio de investidores em até R$ 250 mil caso a instituição financeira, a qual você comprou um título de dívida, venha a quebrar. Como o CRA não é emitido por bancos e instituições financeiras, e sim por empresas privadas (em sua maioria securitizadoras), o investimento em CRA não é contemplado pelo FGC. 

É seguro investir em CRA?

Todo investimento possui seus riscos, alguns mais, outros menos. Investimentos em renda fixa tem um menor risco, como é caso do CRA. Caso avalie que investir em CRA é uma boa opção para o seu perfil de investidor, vale a pena consultar as agências de rating e entender a classificação de risco daquele título que você pretende investir. Isso vai te trazer maior segurança em suas escolhas. 

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post