Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro O que é CDI e como ele ...

O que é CDI e como ele pode afetar o seu dinheiro

O CDI é um termo bem comum no mercado financeiro. Veja como essa taxa pode influenciar o rendimento das suas economias

Você precisa saber o que é CDI. Afinal, a sigla – uma das muitas do mercado financeiro – pode afetar diretamente as suas economias. (Post atualizado em junho de 2019)

O CDI é uma taxa que determina o rendimento anual de diversos tipos de investimento. Portanto, entender o que é a taxa CDI é importante na hora de escolher o melhor lugar para deixar o seu dinheiro rendendo – o que, no fim das contas, influencia o quanto pode entrar no seu bolso.

Abaixo, você confere uma explicação bem detalhada sobre o que é CDI – mas, se estiver sem tempo para ler tudo, pule para o resumo no final do texto.

O que é CDI, afinal?

CDI é a sigla para Certificado de Depósito Interbancário – o nome dos empréstimos que os bancos fazem entre si para fechar o caixa do dia no positivo.

Como assim?

Por determinação do Banco Central, todo banco deve fechar o dia com mais dinheiro entrando do que saindo dele (em outras palavras: fechar o dia com saldo positivo).

Contudo, por diferentes motivos, nem sempre isso acontece — o número de saques no dia pode ter sido maior que o de depósitos, por exemplo.

Nesse caso, o banco precisa fazer um empréstimo para cobrir a diferença e deixar o caixa do dia positivo. Mas de quem eles pegam esse dinheiro emprestado? Dos próprios bancos.

Como todo empréstimo, os bancos também pagam juros que, neste caso, são definidos pela Taxa CDI.

Ou seja: o CDI é uma taxa que reflete o quanto os bancos estão ganhando de juros por emprestar dinheiro para outros bancos

Por isso, o CDI é normalmente classificado como uma taxa de juros no mercado financeiro.

O CDI é uma taxa diária, calculada pela B3 a partir das operações que foram feitas no dia. Com as taxas diárias, é calculada uma média mensal e anual do CDI – elas são as consideradas para o rendimento de investimentos. Em 2018, por exemplo, a taxa CDI do ano foi de 6,40%.

Porque o CDI afeta o seu dinheiro

Um cidadão comum não pode investir diretamente no CDI – mas os bancos e instituições financeiras usam a Taxa CDI para regular quanto rendem alguns tipos de investimento.

Existem diferentes tipos de investimento no mercado, mas os de renda fixa podem ser divididos em duas categorias:

  • Pré-fixado: são aqueles em que a taxa de rendimento já é estipulada na hora que o cliente escolhe aquela aplicação;
  • Pós-fixados: são aqueles definidos no vencimento da aplicação, por um índice de referência.

O CDI é justamente um dos índices de referência para alguns investimentos de renda fixa (veja mais sobre eles abaixo).

O CDI afeta quais investimentos?

Existem quatro investimentos principais que são afetados pelo CDI: o CDB, LCI, LCA e LC. Entenda as particularidades de cada um abaixo:

1. CDB – Certificado de Depósito Bancário

O CDB é um título de Renda Fixa emitido por instituições financeiras e bancos, muito conhecido no mercado financeiro. Assim como CDI é o título para emissão de empréstimos entre instituições financeiras, o CDB serve como título para os empréstimos de pessoas físicas aos bancos.

O CDB é categorizado segundo o tipo de rentabilidade em prefixados, pós-fixados e híbridos. Geralmente, quando são pós-fixados eles são atrelados a uma rentabilidade do CDI.

2. LCI – Letra de Crédito Imobiliário

Este título é emitido por bancos na hora de arrecadar capital para financiamento do setor imobiliário. Esses papéis de renda fixa são lastreados em créditos imobiliários garantidos por hipotecas ou alienação fiduciária, obtidas no ato do financiamento de um imóvel.

3. LCA – Letra de Crédito do Agronegócio

Parecida com a LCI, a LCA é um título emitido também por bancos, mas voltado para o financiamento do setor agrícola.

4. LC – Letra de Câmbio

Este título é um pouco diferente, pois é emitido por instituições financeiras não-bancárias, as conhecidas financeiras.

Quer um exemplo?

O que significa dizer que um CDB rende 100% do CDI?

Quando falamos que um CDB rende 100% do CDI, queremos dizer que ele terá exatamente a mesma rentabilidade do CDI até o vencimento da aplicação.

Ou seja, se no acumulado do período em que o dinheiro ficou aplicado o CDI foi de 11,60%, o CDB renderá esses mesmos 11,60% pelo mesmo período.

Alguns títulos também podem render abaixo ou acima do CDI. Por exemplo, se um título rende 90% do CDI, ainda considerando que a variação deste foi de 11,60%, o título renderá 10,44%, que representa 90% do valor do CDI.

Na NuConta, a conta digital do Nubank, o seu dinheiro rende 100% do CDI automaticamente — uma taxa bem maior que a poupança. Você pode acompanhar o rendimento diário no aplicativo e calcular o quanto vai ganhar ao longo do tempo. Saiba tudo sobre a NuConta aqui.

Como é composta e calculada a taxa CDI?

Entender como a taxa CDI é composta e calculada não te ajudará a escolher melhor onde investir seu dinheiro. Mas, se você está curioso, aqui vai uma breve explicação.

O CDI é a taxa de juros cobrada nos empréstimos interbancários. Ela é divulgada diariamente pela Cetip (Central de Custódia e Liquidação Financeira de Títulos), empresa sem fins lucrativos que registra as operações realizadas entre os bancos.

Como os empréstimos acontecem diariamente, eles são de curtíssimo prazo — pagamento em um dia — e têm taxas prefixadas.

Existe uma média das taxas diárias desses empréstimos, a chamada CDI Over. A taxa CDI usada para indicar a rentabilidade anual é determinada, portanto, a partir da conversão do CDI Over diário em uma taxa anualizada, calculada com base nos 252 dias úteis que, em média, um ano tem.

Por isso a taxa CDI varia diariamente e, para escolher melhor seus investimentos, é importante acompanhá-las. Vale a pena dar preferência aos que rendem, no mínimo, 100% dela, como a NuConta.

Qual é a relação entre o CDI e a Selic?

A taxa CDI e a Selic andam de mãos dadas. A Selic é a taxa básica de juros da economia, definida a cada 45 dias pelo COPOM, o Comitê de Política Monetária do Banco Central.

A Selic é mais famosa que o CDI, especialmente porque ela é considerada nas operações de empréstimo de dinheiro de bancos e pessoas físicas ao governo federal. É importante saber que os valores das duas taxas estão sempre próximos.

Mas por quê? Se a Selic for muito maior que a Taxa CDI, os bancos podem preferir emprestar dinheiro ao governo, e não ao outros bancos, já que assim terão uma rentabilidade maior.

Por outro lado, se a Taxa CDI estiver muito acima da Selic, a remuneração dos títulos que usam essa taxa sobe, o que também não é interessante para os bancos.

“Não li, resume, por favor?”

  • A sigla CDI significa Certificado de Depósito Interbancário;
  • São emitidos apenas entre instituições financeiras para equilibrar seus caixas;
  • Pessoas físicas não podem investir no CDI – mas o CDI afeta diretamente o quanto rendem diversos tipos de aplicação (como o CDB);
  • A Taxa CDI é o principal indexador de ativos de Renda Fixa;
  • Sua cotação vai sempre andar lado a lado com a Taxa Selic.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Digite seu nome

Quero receber a newsletter
  • Matias
    17 de maio de 2019, 22h49
    Perfeito! Nubank sempre deixando tudo muito mais simples.
    • Alex
      26 de abril de 2019, 19h20
      Brilhante explicação, parabéns pela divulgação de conhecimento transformador do nosso dinheiro.
      • André Azevedo
        04 de abril de 2019, 13h55
        Nubank não fala, desenha. Nubank é o futuro!
        • Daniel
          12 de março de 2019, 12h32
          Sou 100% Nubank, meu melhor cartão <3, não troco por nada!! Sempre me salva no piores momentos.