Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Dicionário Financeiro Rendimento da poupança:...

Rendimento da poupança: como funciona

Sete em cada dez brasileiros investem na poupança, mesmo que seu rendimento não seja dos melhores.

A poupança é o investimento queridinho dos brasileiros: uma pesquisa da CNDL em parceria com a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) aponta que sete em cada dez brasileiros guardam dinheiro na caderneta de poupança. O que pouca gente sabe, no entanto, é que o rendimento da poupança é um dos mais baixos do mercado. (Post atualizado em setembro de 2019)

Não tem problema: existem opções tão seguras quanto a poupança que trazem mais retorno e são mais vantajosas.

Abaixo, explicamos tudo o que você precisa saber sobre o rendimento da poupança e por que ela não é a melhor opção para o seu bolso.

Qual é o rendimento da poupança?

Esta é a conta para calcular o rendimento da poupança:

Rendimento da poupança = 70% da Selic + TR (Taxa Referencial)

Há anos a Taxa Referencial vem sendo zero (ou próxima disso), portanto, comumente se fala que o rendimento da poupança é 70% da Selic, a taxa básica de juros da economia.

Rendimento da poupança hoje

De janeiro a julho de 2019, o rendimento da poupança mensal ficou em 0,3715% para depósitos feitos a partir de 4 de maio de 2012. Para depósitos até 3 de maio de 2012, o rendimento ficou em 0,5%.

Em agosto, entretanto, o rendimento da poupança caiu para 0,3434% para depósitos feitos a partir de 4 maio de 2012.

Isso aconteceu porque, no dia 31 de julho de 2019, o Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central) decidiu cortar a Selic de 6,50% para 6,00% ao ano.

Até o final do ano, entretanto, muita água pode rolar. A expectativa do mercado é que a taxa básica de juros caia ainda mais, o que impactará diretamente no rendimento da poupança. 

Em 18 de setembro de 2019, por exemplo, o Copom cortou a taxa Selic mais uma vez, caindo de 6% para 5,5% ao ano.

Saiba mais sobre o rendimento da poupança em 2019

Rendimento da poupança anual

Veja o rendimento anual da poupança desde 1995, considerando o rendimento absoluto, a inflação do ano e o ganho real.

AnoRendimento absoluto (%)Inflação (%)Ganho real (%)
20184,623,750,84
20176,612,953,55
20168,306,291,89
20158,1510,67-2,28
20147,166,410,71
20136,375,911,43
20126,475,840,60
20117,506,500,94
20106,805,910,94
20097,054,312,63
20087,905,901,89
20077,774,463,17
20068,403,145,10
20059,215,693,33
20048,107,600,46
200311,219,301,75
20029,2712,53-2,90
20018,637,670,89
20008,325,972,21
199912,768,943,50
199815,161,6513,28
199716,855,2211,05
199616,349,569,19
199540,3822,4114,69

Fonte: Banco Central

Conta poupança ou caderneta de poupança?

É importante explicar que o termo “poupança” pode estar relacionado tanto à conta poupança quanto à caderneta de poupança – diferentes, apesar de parecidas.

A caderneta de poupança é um investimento de baixíssimo risco controlado pelo governo federal para arrecadar recursos. Já a conta poupança é oferecida pelos bancos para que os correntistas possam aplicar na caderneta.

É exatamente por ser controlada pelo governo federal que há tão pouco risco – o que também explica o rendimento da poupança ser igualmente baixo.

Como o rendimento da poupança é calculado?

Como explicamos acima, o rendimento da poupança está ligado a duas taxas no mercado brasileiro: a Selic e a Taxa Referencial (TR).

Atualmente, o rendimento da poupança está fixado em 70% da Selic + TR e a liquidez do investimento é diária. Isso significa que você pode sacar os valores que investiu a qualquer momento.

Mas atenção: apesar de ter liquidez diária, existem datas específicas para sacar os valores investidos na poupança com todos os seus rendimentos – o aniversário da poupança.

O que é aniversário da poupança?

Na poupança, o rendimento é recebido a cada 30 dias, quando os depósitos fazem aniversário. Se alguma quantia for retirada antes da data de aniversário, perde-se o rendimento do período.

Por exemplo, se você investir na poupança no dia 10 de um mês e sacar no dia 9 do mês seguinte, perderá todos os rendimentos do período, pois não completou o aniversário da poupança. Mas, se sacar no dia 10, o valor já incluirá os tais rendimentos.

Tem mais: os valores investidos nos dias 29, 30 e 31 terão como data de aniversário oficial o dia 1º do mês seguinte.

Outros investimentos de renda fixa, como o CDB e Tesouro Direto, podem permitir que você saque a qualquer momento, garantindo os rendimentos até o momento do saque – mas é sempre importante checar antes a liquidez de cada um.

Poupança e inflação

A inflação é uma velha conhecida dos brasileiros. De forma resumida, ela indica o aumento dos preços de uma série de produtos e serviços importantes no dia a dia das pessoas.

Na prática, a inflação faz com que seu dinheiro perca valor, já que ele não acompanha as altas nos preços. Uma inflação alta demais também distorce os preços – as pessoas perdem a noção de referência e têm dificuldade de acompanhar o que está barato ou caro. 

E o que o rendimento da poupança tem a ver com a inflação?

O dinheiro parado naturalmente perde valor por causa da inflação. No início do ano, uma nota de R$100 comprava uma série de produtos; ao final do mesmo ano, essa mesma nota comprará um pouco menos do que antes. Essa desvalorização acontece devido à variação da inflação.

Isso significa que o consumidor ganha mais (ou perde menos poder de compra) escolhendo investir seu dinheiro em vez de deixá-lo parado em uma conta corrente tradicional.

Vale a pena investir na poupança?

O rendimento da poupança é a melhor opção?

Resumindo tudo que falamos até agora: a poupança é um investimento seguro, com risco quase zero e que permite que os saques sejam realizados a qualquer momento, mas não vale a pena investir nela.

Existem dois principais motivos para a poupança não ser vantajosa:

  • O fato do rendimento ser creditado somente no “aniversário da poupança”, 30 dias depois do depósito. Ou seja: existe uma data específica, todo mês, em que o rendimento dos últimos dias 30 fica disponível.

    Você pode, sim, sacar antes desse prazo, mas perderá os rendimentos do período. Vale lembrar que as aplicações realizadas nos dias 29, 30 e 31 de cada mês terão como data de aniversário sempre o dia 1°.
  • Existem, além da poupança, outras opções de investimentos tão seguras quanto ela e com rentabilidade maior, como CDBs, títulos do Tesouro Direto e a NuConta, a conta digital do Nubank.

Além de render mais do que a poupança (100% do CDI) e oferecer liquidez diária (o seu dinheiro fica livre e rende todos os dias), a NuConta não tem tarifas de manutenção e tem transferências ilimitadas para qualquer instituição financeira.

Saiba tudo sobre a NuConta, a conta digital do Nubank

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Digite seu nome

Quero receber a newsletter
  • Shayla Carvalho Baptista Hayashi
    29 de agosto de 2019, 13h08
    Olá. Abri recentemente a NuConta. Tenho uma poupança do meu filho e gostaria de estar transferindo este dinheiro para a NuConta em busca de melhores rendimentos e também, se necessário, maior facilidade em manusear o próprio dinheiro. Gostaria de orientação na forma que devo fazer essa operação, no rendimento que ela me daria e etc. Agradeço.
    • Fala Nubank
      01 de outubro de 2019, 18h37
      Olá, Shayla! Que ótimo! Na NuConta o dinheiro do seu filho vai render mais do que na poupança. Aqui neste post respondemos esta e outras dúvidas! :) Abraços!
  • Kennedy Xisto Barros Peixoto
    15 de agosto de 2019, 19h05
    Se eu depositar o meu dinheiro na nubank terei que fazer uma declaração complicada na declaração anual do IR? Eu pergunto isso porque não sei como calcular os rendimentos para serem inseridos na declaração do IR.
    • Fala Nubank
      16 de agosto de 2019, 18h13
      Olá, Kennedy! Aqui explicamos como fazer a declaração da NuConta no imposto de renda. :) Abraços!