Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Poupança: o que saber an...

Poupança: o que saber antes de investir

Ela existe desde 1861. Veja se uma ideia de quase dois séculos atrás é a melhor opção para o seu dinheiro de hoje.



A poupança é uma velha conhecida dos brasileiros na hora de guardar dinheiro. Em fevereiro de 2018, dados do Banco Central indicavam que 85% de todos os investidores do país possuíam uma conta poupança – na época, isso representava um total de 62,6 milhões de contas abertas.

De forma resumida, a poupança é uma modalidade de conta bancária atrelada a um dos investimentos mais tradicionais do Brasil: a caderneta de poupança.

Apesar de segura, ela está longe de ser a melhor opção para quem quer juntar dinheiro. Para entender o porquê, é preciso saber um pouco mais sobre como a poupança funciona.

Se você está sem tempo de ler todo o conteúdo, pule para o resumo ao final da página para não perder as informações mais importantes.

O que é a poupança?

Antes de tudo, é importante saber que o termo “poupança” pode estar relacionado à conta poupança e à caderneta de poupança. Essas são coisas diferentes, apesar de parecidos.

A caderneta de poupança é um investimento de baixíssimo risco, controlado pelo governo federal para arrecadar recursos. Já a conta poupança é oferecida pelos bancos para que os correntistas possam aplicar na caderneta.

Ou seja: a conta poupança é um intermediário entre os correntistas dos bancos e a caderneta de poupança.

A poupança é tão antiga quanto a República Federativa do Brasil: ela foi criada em 1861, mesmo ano em que D. Pedro II assinou o decreto que abria a Caixa Econômica Federal. A caderneta de poupança foi criada nesse mesmo momento.

Todos os bancos brasileiros são obrigados, por lei, a não cobrar nenhuma taxa para que a conta poupança seja aberta ou mantida, e sua rentabilidade é a mesma em todas as instituições financeiras que a oferecem.

De fato, ela é o investimento favorito dos brasileiros: a caderneta de poupança fechou 2018 com R$ 797 bilhões em recursos, segundo dados do Banco Central divulgados no início de 2019.

Qual a diferença entre conta corrente e conta poupança?

As duas são oferecidas pelos bancos brasileiros e estão atreladas: na maioria dos bancos, clientes que já possuem uma conta corrente contam também com uma conta poupança.

A conta corrente é por onde os clientes de bancos recebem salários, fazem transações para outras contas e instituições e gerenciam seu dinheiro no dia a dia. Ou seja, os clientes de uma conta corrente têm direito a um cartão de débito para realizar saques, seja em caixas automáticos do banco ou 24 horas, e todos os gastos feitos nesse cartão usam o saldo da conta corrente.

Além disso, as contas correntes devem ser oferecidas, obrigatoriamente, com uma cesta de serviços com custos que variam conforme o que está incluído nela — número de TEDs e DOCs gratuitos, talão de cheques, entre outros. Obrigatoriamente, a opção mais básica de conta corrente oferecida por um banco será gratuita.

A conta poupança, por sua vez, não é voltada para o uso e controle diário do dinheiro. Como o nome sugere, ela é usada para guardar e poupar dinheiro.

A poupança não dá direito a um cartão de débito ou a transferências via TED ou DOC, por exemplo. Para sacar o dinheiro da poupança é preciso, primeiro, transferi-lo de volta para uma conta corrente.

Existe ainda mais uma grande diferença entre a conta poupança e a conta corrente: o quanto seu dinheiro rende nelas.

  • A conta poupança está atrelada à caderneta de poupanças e, portanto, o dinheiro depositado nela rende enquanto está parado;
  • Já o saldo da conta corrente, independente de quanto tempo ficar parado, não vai render.

Resumidamente: deixar seu dinheiro na poupança vai fazê-lo render, mesmo que pouco; na conta corrente, não.

Qual o rendimento da poupança?

O rendimento da poupança está atrelado à taxa Selic, uma das taxas básicas da economia, e também à Taxa Referencial (TR), calculada diariamente pelo Banco Central.

Por isso, o rendimento da poupança varia quando a Selic aumenta ou diminui.

Até maio de 2012, a poupança rendia 0,5% + TR ao mês. Desde o dia 4 de maio do mesmo ano, o cálculo de seu rendimento passou a ser de dois tipos:

  • Se a Selic estiver acima de 8,5% ao ano: a poupança rende 0,5% sobre o valor depositado + TR;
  • Se a Selic estiver igual ou abaixo de 8,5% ao ano: a poupança rende 70% da Selic + TR.

A Selic é decidida pelo Copom (Comitê de Política Monetária) a cada 45 dias. Em outubro de 2021, ela ficou em 7,75%. Nessa taxa, a caderneta de poupança rende 5.425% ao ano.

Vale a pena investir na poupança?

A poupança é um investimento seguro, com risco quase zero e que permite que os saques sejam realizados a qualquer momento.

É melhor deixar o seu dinheiro na poupança do que parado em uma conta corrente sem rendimento. Mas, no geral, não vale a pena investir na poupança.

Existem dois principais motivos para a poupança não valer a pena:

  • O fato de que o rendimento é creditado somente no “aniversário da poupança”, 30 dias depois do depósito. Ou seja: existe uma data específica, todo mês, em que o rendimento dos últimos 30 dias fica disponível. Você pode, sim, sacar antes desse prazo, mas perderá os rendimentos do período. Vale acrescentar que as aplicações realizadas nos dias 29, 30 e 31 de cada mês terão como data de aniversário sempre o dia 1°.

Você pode, sim, sacar antes desse prazo, mas perderá os rendimentos do período.

  • Existem, além da poupança, outras opções de investimentos tão seguras quanto ela e com rentabilidade muito maior. Os CDBs (confira aqui o que são) e os títulos do Tesouro Direto são algumas das opções.

Conta do Nubank

A própria conta do Nubank rende mais do que a poupança.

O dinheiro depositado na conta do Nubank rende diariamente 100% do CDI (um índice muito usado na economia que determina o rendimento anual de diversos tipos de investimento – veja tudo sobre o CDI aqui).

Na prática, qualquer investimento que renda mais de 70% do CDI já rende mais do que a poupança.  

Além disso, você pode sacar o seu saldo da conta do Nubank a qualquer momento e sem perder seus rendimentos. Sobre seu dinheiro, são descontados somente o Imposto de Renda e o IOF, impostos obrigatórios.

Em nosso site, você pode calcular seus rendimentos na conta simulando um depósito. Ele mostra também o quanto esses rendimentos são superiores à poupança.

“Não li. Resume, por favor?”

  • A conta poupança é oferecida pelos bancos para que os clientes possam investir na caderneta de poupança (uma aplicação do governo que existe desde 1861);
  • Conta corrente não é a mesma coisa que a conta poupança. A primeira é usada para movimentar o dinheiro, mas o dinheiro parado nela não rende. Já na poupança o dinheiro depositado rende, mas ela não oferece alguns dos serviços da conta corrente, como TED, DOC e cartão de débito;
  • O rendimento da poupança está atrelado a duas taxas da economia: a Selic e a Taxa Referencial (TR). Desde 2012, o rendimento da poupança é calculado de duas formas diferentes: se a Selic estiver acima de 8,5% ao ano, ele será de 0,5% sobre o valor depositado + TR ; se a Selic estiver igual ou abaixo de 8,5% ao ano, será 70% da Selic + TR;
  • A poupança rende todos os dias, mas você só pode resgatar esse dinheiro do rendimento a cada 30 dias – o chamado “aniversário da poupança”. Você é livre para tirar o dinheiro quando quiser mas, se tirá-lo antes do aniversário, não receberá nenhum rendimento referente aos últimos 30 dias;
  • Existem opções tão seguras quanto a poupança, mas com rendimento muito maior que o dela. A conta é um deles.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.27

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post