Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Guardar Dinheiro Dar nome às suas metas ...

Dar nome às suas metas financeiras pode te ajudar a poupar

"Guardar dinheiro" é muito vago. Entenda como nomear seus objetivos pode te ajudar a atingi-los.

Guardar dinheiro não é fácil para a grande maioria das pessoas – e por uma série de motivos. Mas mesmo quem pode e quer economizar parte do orçamento muitas vezes não consegue colocar essa meta em prática. 

Existem explicações científicas sobre por que pode ser tão difícil pensar em poupar a longo prazo – mas não é impossível. Uma estratégia para atingir suas metas financeiras pode ser nomeá-las.

Nomear as metas? Como assim?

Pode parecer besteira, mas dar nome aos seus objetivos financeiros é muito mais poderoso do que simplesmente dizer que quer guardar dinheiro.

Afinal, geralmente juntamos dinheiro para realizar alguma meta: viajar, reformar o imóvel, casar, comprar um apartamento, abrir o próprio negócio… Por que, então, não dar nome às nossas economias?

Abaixo, veja como isso pode te ajudar a poupar!

1- Nomear suas metas ajuda a torná-las mais reais

“Guardar dinheiro” é vago. “Viajar para a praia no final do ano” ou “reformar a sala” não.

É por isso que uma das primeiras dicas para começar a guardar dinheiro é entender por que você está fazendo isso. O dinheiro vai ser usado para quê? Como você vai se sentir ao realizar esse objetivo? 

Responder essas perguntas ajuda a tornar essa meta mais real e palpável. Além disso, sempre que você olhar para a conta onde está o dinheiro, lembrará exatamente por que está fazendo isso.

2- É mais fácil traçar um plano para atingi-las

Quando você dá um nome para sua meta, você sabe exatamente onde quer chegar. Não é uma busca sem fim como “guardar dinheiro”, é uma jornada com destino certo. Por isso, traçar um plano para chegar lá fica mais simples.

Uma pessoa que quer fazer uma viagem de fim de ano para um destino específico, por exemplo, sabe quanto isso custará, quanto tempo terá até viajar, quanto precisará guardar até lá e qual o prazo final.

Com isso em mente, é mais simples pensar num plano para terminar o ano exatamente onde gostaria de estar. 

Neste post, falamos sobre as metas SMART e como elas podem te ajudar a traçar objetivos mais claros

3- Você pode lidar com cada meta de uma forma diferente

Apesar de todos os sonhos parecerem igualmente importantes, no fundo eles provavelmente têm prioridades diferentes.

Ao dividir a grande meta “guardar dinheiro” em pequenos objetivos específicos, é possível tratar cada um com um peso diferente.

“Reformar a sala”, por exemplo, pode ser mais importante do que “comprar um celular novo”. Caso surja uma emergência e você precise gastar um dinheiro, poderá tirar da conta do celular – e não da reforma. 

4- É mais fácil acompanhar sua evolução

Depois de dar nome às metas financeiras e traçar planos para atingi-las, será muito mais simples acompanhar a evolução de cada uma e fazer ajustes, se necessário.

Quer aprender mais sobre guardar dinheiro?

Essa não é uma tarefa simples, mas veja alguns conteúdos que podem ajudar:

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.67

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post