Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Dicionário Financeiro O que é uma empresa sec...

O que é uma empresa securitizadora?

Quando uma companhia deseja obter fundos do mercado público ou privado, não é necessário procurar um banco. Isso pode ser feito através da securitizadora. Entenda como.

Quando uma companhia tem valores a receber e não pode esperar todas as dívidas serem pagas para dar continuidade em seu negócio, a securitizadora entra em jogo. 

A securitizadora é a empresa que compra aquilo que as pessoas estão devendo à uma certa companhia, assim, esta recebe antecipado por uma dívida que ia receber só lá na frente. Em troca, a securitizadora fica com um pedaço do valor. Por exemplo, um cliente da sua empresa vai pagar R$ 1 mil reais daqui um mês, mas você precisa do dinheiro agora. Uma securitizadora te pagaria R$ 900 hoje e receberia do cliente os R$ 1 mil daqui um mês.

Essas dívidas são transformadas em títulos e negociadas com investidores. Abaixo, entenda melhor como funciona.

O que é securitizadora?

A securitizadora é uma empresa – caracterizada como Sociedade Anônima – responsável por obter bens de uma companhia. Esses ativos financeiros são transformados em títulos mobiliários (ações). 

Quer um exemplo prático?

Um estabelecimento vende certa quantidade de mercadoria para um cliente, que opta por realizar o pagamento à prazo. Ao invés de esperar todas as parcelas serem pagas, a companhia vende o débito para a securitizadora e recebe o valor antes. 

O que é securitização?

Os termos securitizadora e securitização caminham juntos – não dá para separar um do outro.  A expressão tem origem americana e, nos Estados Unidos, está ligada à prática de hipoteca. 

Aqui no Brasil, portanto, securitização nada mais é que o processo de conversão de ativos de uma empresa em títulos mobiliários possíveis de serem negociados.

Em palavras mais simples: securitização é uma maneira de transformar ativos financeiros individuais sem liquidez em títulos mobiliários com liquidez.

Como funciona a securitização?

No processo de securitização, existem três partes envolvidas: a empresa, a securitizadora e os investidores.

Empresa: a companhia que vai oferecer os direitos dos créditos à securitizadora, vendendo a dívida para que a mesma seja transformada em investimento.

Securitizadora: é a empresa responsável por comprar a dívida da companhia, usá-los para emitir títulos mobiliários e deixar os títulos disponíveis para serem negociados por investidores, por meio da emissão dos Certificados de Recebíveis Imobiliários e Agrícolas (CRI e CRA).

Investidores: é ele que aplica nos títulos, gerando recursos e possibilitando à securitizadora pagar a companhia da qual comprou a dívida.

Vale dizer que os investidores podem ser pessoas físicas ou jurídicas, responsáveis pela cobrança individual das dívidas.

Quer saber mais sobre o mundo dos investimentos? Leia também:

O que é um ETF e como funciona esse tipo de investimento?

O que você precisa saber para investir em dólar?

Bull market e Bear market: o que o touro e o urso têm a ver com o mercado financeiro

O que é esse tal pregão da bolsa de valores?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post