Imposto de Renda 2022: o que você precisa saber

A Receita Federal divulgou as informações sobre a temporada de 2022 do IR. Entenda ao lado.

A Receita Federal divulgou as informações sobre o programa e as regras do Imposto de Renda 2022. O prazo para a entrega das declarações vai de 7 de março, a partir das 8h, a 31 de maio, até 23h59.

Quem atrasar a entrega da declaração neste ano vai pagar uma multa de 1% ao mês sobre o valor do imposto devido, com mínimo de R$ 165,74 e máximo do imposto devido.

A partir deste ano, dá para usar a chave Pix para receber a restituição ou pagar o imposto. Outra novidade é a ampliação da declaração pré-preenchida para mais pessoas.

Novidades no  IR 2022

O programa do IR 2022 trouxe muitas novidades, como na ficha "Bens e Direitos", em que foram adicionados grupos de códigos. Também foram excluídos nove códigos nessa ficha e criados outros 13 códigos.

Novo programa

Precisa declarar o IR 2022, quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70. Ou seja, se a soma de tudo o que você recebeu ao longo de 2021 ficou acima desse valor, você precisa declarar.

Quem precisa declarar em 2022?

Também precisa declarar quem teve, até o último dia do ano passado, bens e direitos com valor acima de R$ 300 mil, como imóveis e investimentos, por exemplo.

Bens e direitos

Quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte,  acima de R$ 40 mil também deve declarar. São considerados isentos os rendimentos de investimentos como a poupança e Tesouro Direto, por exemplo.

Rendimentos isentos

Não importa se você não cumpriu os outros critérios de renda e rendimentos, se você entrou na Bolsa em 2021, mesmo se foi para comprar apenas uma ação, precisa declarar.

Comprou algum ativo na Bolsa de Valores em 2021

Quem vendeu imóveis ou veículos no ano passado, como carro ou moto, e teve lucro nessa operação, precisa declarar em 2022.

Lucro na venda de casa e carro