Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Investimentos Aplicações financeiras: ...

Aplicações financeiras: o que são e quais são as melhores opções para investir?

Quer começar a investir e não sabe o que são aplicações financeiras? Entenda o conceito e veja quais são as opções que mais se encaixam no seu perfil.



Você decidiu investir o seu dinheiro e quer aprender mais sobre esse universo? Saber o que são as aplicações financeiras e tipos existem  é um dos primeiros passos que alguém que deseja fazer o dinheiro render. Afinal, existem muitas opções disponíveis  e, para escolher a melhor, é preciso conhecer as possibilidades, assim como o seu perfil de investidor.

As opções vão desde investimentos mais conservadores, como de renda fixa ou tesouro direto, até alternativas mais arriscadas e rentáveis, como ações da Bolsa. De qualquer maneira, para fazer uma escolha inteligente, é preciso entender, antes, alguns conceitos básicos.

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

Veja, a seguir, como funciona uma aplicação financeira.

Antes, o que é aplicação financeira?

Uma aplicação financeira nada mais é que um investimento. Ela não é o produto financeiro em si. O produto é o título ou o ativo oferecido pela instituição financeira, como uma ação de uma empresa, um fundo de investimento um CDB etc. 

Já a aplicação financeira é o investimento que você faz, ou seja, é quando você compra esse ativo ou título para ter uma remuneração em cima do valor aplicado.

Em outras palavras, a aplicação financeira é o produto de investimento comprado por você com o objetivo de que haja alguma rentabilidade.

Quais são os tipos de aplicações financeiras?

Existem diversos tipos de aplicações financeiras com diferentes tipos de benefícios. Antes de escolher qualquer uma delas, é preciso levar em consideração os seguintes fatores: 

  • Rentabilidade: é o retorno financeiro obtido com o investimento. Ou seja, o quanto você receberá pelo seu investimento ao fim de  determinado período;
  • Liquidez: é a rapidez com que você pode resgatar o dinheiro aplicado. Em aplicações de liquidez diária, por exemplo, você pode pegar o dinheiro de volta em até um dia útil
  • Risco: é a chance de que o seu retorno com o investimento seja menor que o esperado, ou até mesmo negativo.

Para decidir onde aplicar o seu dinheiro, você deve considerar esses três critérios observando o que importa mais para você.

Entendido isso, as opções de aplicações financeiras vão desde produtos mais conservadores, ou seja, que oferecem menor risco e menor rentabilidade, como renda fixa e tesouro direto, ou produtos mais rentáveis e com maior risco, como produtos de renda variável, incluindo  ações e fundos multimercado.

Ou seja, risco e rentabilidade são diretamente proporcionais quando o assunto é investimento. Logo, quanto maior o risco, mais rentável pode ser o investimento (mas não necessariamente ele será). Por outro lado, quanto menor o risco, menos potencial de rendimento o investimento tem.

Como saber em qual aplicação financeira devo investir?

Não existe uma resposta certa para essa pergunta. Afinal, depende do seu perfil de investidor e do tamanho do risco que você está disposto a correr.

O primeiro passo para saber em que investir é fazer um teste para descobrir o seu perfil de investimento na plataforma em que você pretende aplicar o seu dinheiro. Nesse teste, são feitas algumas perguntas que ajudam a direcionar quais ativos  serão oferecidos para cada tipo de pessoa. Essas perguntas incluem:

  • Quanto de dinheiro você já tem investido;
  • Há quanto tempo você investe;
  • Quanto de risco você está disposto a assumir com o seu dinheiro;
  • Além de outras perguntas que permitam à plataforma saber mais sobre você e sua relação com os investimentos.

É importante ser o mais sincero possível nessas respostas para que o perfil traçado seja, de fato, o seu. Se a sua resposta para alguma das perguntas for algo como “não tenho a menor ideia”, não tem problema. Você não será impedido de investir, mas a plataforma vai recomendar investimentos mais coerentes com o seu momento.

Quais são as melhores aplicações financeiras hoje?

Também não existe resposta certa para essa questão, porque as aplicações envolvem as três variáveis descritas acima: risco, rentabilidade e liquidez.

Ou seja, se você estiver disposto a correr mais riscos para ter maior rentabilidade, o caminho é a renda variável. Se for o contrário, é melhor seguir na renda fixa. 

Lembre-se que o primeiro passo para quem está começando no mundo dos investimentos é sempre construir uma reserva de emergência. Esse é aquele dinheiro que você tem disponível para a sua segurança. É ele que te salva na hora dos imprevistos, como um carro quebrado, celular pifado, gastos com saúde, entre outros problemas inesperados. 

O dinheiro da reserva pode ser colocado em aplicações financeiras conservadoras, de renda fixa, e com liquidez diária.

Veja a seguir alguns exemplos de acordo com cada perfil de investidor.

Melhores aplicações financeiras para 2021

Perfil conservador

Se o seu perfil de investimento é mais conservador, ou seja, você prefere não correr riscos, prefira títulos do tesouro prefixado e outros produtos de renda fixa como CDBs, LCIs, LCAs e letras de câmbio.

Perfil moderado

O perfil moderado tem algumas características do perfil conservador e do arrojado. Se identificou? O ideal é que você siga o caminho do meio. Títulos pós-fixados, debêntures, ações que pagam dividendos e fundos imobiliários podem ser boas opções de aplicações para você.

Perfil arrojado

Investidores arrojados são mais tolerantes aos riscos por buscarem mais rentabilidade. Ou seja, é o perfil que pode investir na Bolsa de Valores. Entre os investimentos favoritos dos arrojados estão ações, fundos multimercados, fundos de ações e fundos cambiais.

Não existe uma única resposta para saber exatamente qual é a melhor aplicação financeira hoje. Afinal, existem diferentes aplicações que são boas de diferentes maneiras para perfis diversos de investidores. E em todas elas existem riscos que precisam ser considerados.

Quer saber mais sobre investimentos? Leia também:

Descubra 6 vantagens de investir na Bolsa de Valores

O que é a B3 e como ela funciona?

Alta da Selic: quais os melhores investimentos com a subida dos juros?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.01

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post