Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Investimentos Descubra 6 vantagens de ...

Descubra 6 vantagens de investir na Bolsa de Valores

Diversificação, bonificações e muito mais. Conheça essas e outras vantagens sobre a Bolsa de Valores.



Ao pensar em investir na Bolsa de Valores, talvez você ainda tenha aquela visão do passado. Lembra logo das típicas cenas que aparecem em filmes com correria, pessoas gritando e painéis cheios de números. De fato, essa é a imagem que muita gente tem. 

O mundo dos investimentos ficou mais prático e acessível. Mês após mês, a Bolsa brasileira (B3) bate recorde de pessoas começando a investir e o número aproximado de investidores já alcançou 3,8 milhões. 

Mas também é comum a disseminação de informações falsas sobre a B3. Talvez você até já tenha ouvido falar por aí que “investimento é só para quem tem muito dinheiro” ou que “a Bolsa de Valores é um jogo de sorte e azar”. 

Para fugir dos mitos que envolvem o mercado financeiro, também é importante entender que ele pode oferecer muitas vantagens a quem investe. Por isso, confira abaixo seis vantagens de investir na Bolsa.

1. A Bolsa tem muito mais que ações

Investir na Bolsa abre um leque de possibilidades de produtos. Lá é possível aplicar em ações, fundos imobiliários, fundos de índice (ETFs), BDRs, contratos futuros, entre outros.

Por outro lado, esses são investimentos de renda variável, ou seja, em que não é possível prever com antecedência de quanto será o rendimento. Por isso, eles exigem mais cuidados na hora da escolha. 

Está receoso e se questionando em qual tipo de ativo aplicar? O perfil de investidor serve justamente para isso. É um teste aplicado pelas corretoras de valores que com base nas suas respostas direciona os tipos de investimentos adequados ao seu perfil. 

Se está disposto a correr riscos, se você busca ganhos no longo ou curto prazo e muitas outras informações que vão te ajudar a aplicar de acordo com o seu perfil e não ter surpresas ou decepções com o resultado.

Depois de conhecer seu perfil de investidor, seus limites e recomendações, você tem à disposição outra grande vantagem da Bolsa de Valores: a oportunidade de diversificar seus investimentos. 

Ou seja, você não precisa aplicar em apenas uma categoria, como por exemplo, em ações. São muitos ativos, opções e oportunidades para alocar seu dinheiro e obter retorno.

Quanto mais diversificada for uma carteira, mais chances de retorno e menos possibilidades de frustrações você terá.

É possível diversificar uma carteira de investimentos aplicando parte do patrimônio em ações e outros ativos de renda variável, por exemplo. No entanto, uma boa diversificação envolve aplicações em investimentos mais conservadores, como a renda fixa. É importante equilibrar. 

Perfil de investidor: quais são e como funcionam

2. É possível investir na Bolsa com pouco dinheiro

Muitas pessoas ainda acreditam que apenas ricos e milionários investem na Bolsa de Valores. Esse é um dos maiores mitos do mercado financeiro, afinal, qualquer pessoa pode abrir uma conta em uma corretora de valores e começar a investir em ações e outros ativos.

Não existe um valor mínimo para investir na Bolsa. O valor para o investimento irá depender do tipo de ativo escolhido e da quantidade. Portanto, como não há um valor mínimo para investir em ações, é possível ter rentabilidade investindo R$ 100.

Algumas empresas possuem ações que podem custar R$ 30. 

Os investidores também podem usar o mercado fracionário – onde é possível comprar entre 1 e 99 ações. Entretanto, caso o investidor encontre uma empresa com ações valendo R$ 1, este será seu valor mínimo. 

Claro que existem diversas empresas que são negociadas por um valor maior e a operação pode ficar mais cara.

Como investir na Bolsa com pouco dinheiro 

3. Possibilidade de bonificações 

Existem diversas oportunidades no mercado de investimentos, como por exemplo ações que pagam uma pequena parcela dos seus lucros para quem as compra. Além de ser recompensado pela valorização desses ativos, é possível receber parte dos lucros da empresa no formato de bonificações e de pagamento de dividendos.

Os dividendos são uma remuneração que os acionistas recebem com base nos lucros da companhia. A quantidade de papéis que cada investidor possui determina a porcentagem de dividendos que receberão. 

O que é a Bolsa de Valores e como ela funciona

4. Investir em empresas internacionais 

Outra oportunidade da Bolsa de Valores é investir em grandes empresas internacionais sem precisar sair do país.

Isso é feito por meio dos BDRs (Brazilian Depositary Receipts, em português Certificado de Depósito de Valores Mobiliários), que são títulos financeiros emitidos e negociados no Brasil e representam ativos de grandes empresas estrangeiras. Com um BDR, é possível investir em empresas como Disney, Google, Facebook, entre muitas outras.

Outra opção são os ETFs (em inglês, Exchange Traded Funds). Conhecidos por serem fundos de investimentos baseados em índices (como o Ibovespa, principal indicador da B3) e negociados como uma ação.

Existem ETFs baseados em índices de indicadores estrangeiros, como o S&P 500 dos EUA, que reúne as 500 maiores empresas do mundo.

Conheça os tipos de ações 

5. Praticidade na palma da sua mão 

Operar na Bolsa de Valores de forma totalmente online já é possível há alguns anos. Hoje, as operações de compra e venda de ativos podem ser feitas de forma totalmente digital, sem burocracia e com muita segurança. 

Para operar na Bolsa, o investidor precisa acessar uma plataforma digital de investimentos disponibilizada pelas corretoras de valores – essa plataforma é chamada de Home Broker. É por meio dele que os investidores têm acesso aos investimentos. 

Todo o processo é feito de forma online pelo celular ou computador e com muita segurança, na palma da sua mão. 

6. Investir na Bolsa pensando no futuro 

Muitas pessoas têm dúvida se compensa mais deixar o dinheiro rendendo na poupança ou se investi-lo é a melhor opção. Além de fazer seu dinheiro render, investir na Bolsa pode ser uma ótima forma de se organizar financeiramente para o futuro. 

Muitos investidores que buscam conforto na aposentadoria escolhem investir pensando no longo prazo e na rentabilidade futura. 

Por mais que seja tradicional e segura, a poupança é pouco rentável no longo prazo. E, a cada ano que passa, vem perdendo espaço entre os brasileiros que pensam em guardar dinheiro e aumentar o patrimônio. Já os investimentos na Bolsa são fundamentais para obter ganhos acima da inflação e rentabilidade no longo prazo. 

Importante: É recomendável começar a investir na Bolsa só depois da construção de uma reserva de emergência. Ou seja, para quem não tem nenhuma economia, o ideal é começar a reserva de emergência, mantendo um valor sempre disponível em investimento que não deve desvalorizar, como aplicações de renda fixa, de baixo risco e com liquidez diária (possibilidade de sacar em até um dia útil).

Se você está dando seus primeiros passos na Bolsa, comece investindo pouco e sempre diversifique, ou seja, não coloque todos os ovos em uma mesma cesta. Vá entendendo como funciona o mercado e, depois que estiver habituado, arrisque mais.

E vale lembrar: o desempenho do passado não define o do futuro. Ou seja, não é porque o valor de uma ação vem subindo que ela necessariamente vai continuar se valorizando.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

3.81

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post