Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Investimentos Corretora de valores: o ...

Corretora de valores: o que é e como funciona?

Antes de decidir investir, você precisa escolher uma corretora de valores para aplicar o seu dinheiro. Saiba como essas instituições financeiras funcionam.



Um dos primeiros passos antes de começar a investir é decidir por onde você irá aplicar seu dinheiro. Essa decisão implica em escolher uma corretora de valores, pois será por meio dela que você irá aplicar seu dinheiro nos investimentos.

Mas, afinal, qual é o papel de uma corretora?

Imagine um shopping center. Lá, você encontra lojas que oferecem diversos produtos. Roupas, acessórios, comida etc. Você anda pelos corredores do shopping e olha as vitrines até escolher uma das lojas. Ao entrar, analisa os produtos e vê aqueles que mais agradam. Com as corretoras não é muito diferente.

Uma pessoa (investidor) vai até a corretora, analisa os produtos que estão sendo oferecidos e escolhe aqueles que mais combinam com seu perfil.

Assim como em um shopping ou loja, no mercado financeiro há diversos tipos de investimentos e produtos. Alguns são mais conservadores, outros mais arrojados, com diferentes possibilidades de retorno e prazos de resgate.

Esse conteúdo foi originalmente postado no blog da Easynvest. Em 17 de agosto de 2021, a Easynvest virou Nu invest e esse conteúdo foi transferido para o blog do Nubank.

O que é e como funciona uma corretora de valores?

Uma corretora de valores faz a intermediação entre os investidores e o mercado financeiro – ou seja, a Bolsa de Valores, os bancos, empresas, fundos de investimento e até o próprio governo. A partir dela, as pessoas podem adquirir os produtos financeiros que mais se adequem ao seu perfil.

Ou seja, assim como o shopping, ela agrega uma série de produtos que podem ser comprados (investidos). Os investidores olham para o que está disponível e efetuam a compra por meio da conta que têm na corretora.

Meu dinheiro está seguro em uma corretora?

Resposta rápida: sim. Para garantir a segurança de todos os clientes e de seus investimentos, as corretoras de investimentos seguem normas das principais instituições e órgãos regulamentadores do mercado.

Entre essas instituições estão a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o Banco Central do Brasil (Bacen), a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) e a Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos Privados (CETIP).

Como regra, toda corretora é obrigada a registrar todos os títulos comprados nas instituições responsáveis.

Como escolher uma corretora de valores?

Alguns critérios que podem te ajudar a escolher uma corretora de valores confiável são o cadastro na CVM, as certificações, as taxas cobradas e a reputação. Entenda mais:

Cadastro na CVM

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) é uma instituição responsável pela fiscalização e regularização dos investimentos feitos no país. Assim, para escolher uma corretora de valores, é imprescindível que ela esteja cadastrada na CVM e autorizada a atuar no mercado financeiro brasileiro.

Para saber se uma corretora está cadastrada, é só pesquisar por seu nome no site da comissão.

Certificações

As corretoras confiáveis têm uma série de certificações que ajudam as pessoas a escolher entre elas.

O mais comum é o Selo CETIP, que garante que a corretora está registrando e identificando as aplicações com o CPF ou CNPJ do investidor. Ou seja, o selo atesta que as operações mediadas pela corretora são seguras e transparentes.

Além disso, a B3 (Bolsa de Valores brasileira) tem uma série de certificados em seu Programa de Qualidade Operacional (PQO). Essa é uma iniciativa para avaliar e reconhecer a qualidade dos serviços prestados pelas corretoras e bancos que atuam nos mercados administrados pela B3. O PQO abrange mais de 120 instituições financeiras e já certificou mais de 12 mil profissionais do mercado.

Estes são os selos de algumas das certificações mais importantes para as corretoras. Normalmente, eles estão na parte inferior dos sites.

Taxas cobradas pelas corretoras

Existem algumas taxas cobradas por corretoras de investimentos, como a taxa de corretagem e a taxa de custódia. Conhecer bem os custos envolvidos e o que há por trás desses valores é muito importante na hora de escolher uma instituição para aplicar o seu dinheiro.

Em alguns casos, as taxas são cobradas para que se possa garantir um melhor atendimento, mas isso não é uma regra. O Nu invest, por exemplo, tem uma experiência completa e de qualidade sem cobrar taxa de corretagem.

As taxas que podem ser cobradas pelas corretoras de investimento:

  • Taxa de corretagem: quando existe, é cobrada em cima de cada operação realizada na Bolsa de Valores. Normalmente, quanto mais operações o investidor faz, menor a taxa de corretagem.
  • Taxa de custódia: é cobrada nos casos em que se faz necessário o registro ou armazenamento de títulos ou ações. Essa taxa também varia de acordo com o volume de movimentações e pode ocorrer até mesmo isenção em alguns casos. Ela se aplica principalmente a títulos públicos, mas pode ser cobrada para ativos de renda fixa ou variada. É cobrada pela Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC). 
  • Emolumento: nada mais é do que a taxa da Bolsa de Valores. O valor da tarifa é calculado de acordo com o volume negociado das ações.
  • Taxas de abertura e manutenção de conta: algumas corretoras também podem cobrar valores sobre abertura e manutenção de conta. Isso varia de corretora para corretora, então é importante que o investidor esteja atento. No Nu invest, você não paga nada para abrir ou manter a sua conta.

Reputação da corretora

Pesquise por comentários e rankings da corretora na internet. Tanto os usuários quanto os meios de comunicação do mercado financeiro terão informações relevantes que te ajudarão a escolher uma corretora de investimentos.

Uma dica é participar da NuCommunity, onde as pessoas compartilham suas experiências e aprendizados sobre investimentos e outras questões de educação financeira.

Atendimento de qualidade

Seja você um investidor iniciante ou experiente, um suporte de qualidade e preocupado com o usuário é indispensável.

Transparência nas ações, clareza em todos os processos e um atendimento que se mostre disponível e pronto para resolver dúvidas e trazer sugestões são algumas das características de um suporte que vai te ajudar a obter os melhores resultados em seus investimentos.

Variedade de investimentos

Quanto maior a variedade de investimentos, mais fácil é para o investidor diversificar sua carteira de investimentos. Dessa forma, as estratégias de investimento ficam mais robustas e o investidor pode fazer movimentações mais ousadas.

Veja como abrir uma conta Nu invest

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post