Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Investimentos Letras Financeiras: o qu...

Letras Financeiras: o que é esse tipo de investimento?

Conheça esse tipo de aplicação em renda fixa, que costuma ter retornos melhores e prazos de aplicação mais longos.



Se você tem dinheiro guardado e deseja investi-lo para fazer com que ele renda mais que a média de aplicações de renda fixa (como CDB, LCI e LCA), as letras financeiras, ou LFs, podem ser uma opção.

Letras financeiras são um tipo de investimento para quem busca uma rentabilidade estável e pode deixar o dinheiro aplicado a longo prazo.

Elas funcionam como os outros títulos de renda fixa, nos quais você empresta dinheiro à instituição financeira e recebe de volta com acréscimo remunerado. Mas existem diferenciais interessantes para os mais diversos perfis de investidor.

Esse conteúdo foi originalmente postado no blog da Easynvest. Em 17 de agosto de 2021, a Easynvest virou Nu invest e esse conteúdo foi transferido para o blog do Nubank.

O que são letras financeiras?

Letras financeiras são uma modalidade de investimento de renda fixa, ou seja, cujas regras de remuneração são definidas no momento da aplicação do título. Ao optar por essa aplicação, você já tem a informação de qual índice é usado para o rendimento dela.

Mas existe uma característica que difere bastante as letras financeiras de outros investimentos de renda fixa – seu prazo de aplicação mais longo.

O prazo de rentabilidade das letras financeiras costuma ser de, no mínimo, dois anos. E o valor inicial para aplicar nelas é de R$ 150 mil, ou seja, você precisa fazer um bom planejamento financeiro para não sofrer com a impossibilidade de sacar os rendimentos antes do tempo.

O que é letra financeira subordinada?

Para ser classificada como letra financeira subordinada, a emissão da LF deve contar com uma ordem de subordinação. Nesta ordem, o investidor tem sua remuneração ligada a outras dívidas da instituição, oferecendo mais vantagens a ela.

Essas vantagens aumentam a rentabilidade da LF, porém, também fazem com que o investimento mínimo passe a ter um valor igual ou superior a R$ 300 mil.

Quem pode emitir LF?

Este título pode ser emitido, segundo a Resolução nº4.733 de 27 de junho de 2019, por instituições financeiras autorizadas e que tenham como objetivo final a captação de recursos a longo prazo. 

Instituições financeiras que podem emitir letras financeiras:

  • Bancos múltiplos;
  • Bancos comerciais;
  • Bancos de desenvolvimento;
  • Bancos de investimento;
  • Sociedades de crédito, financiamento e investimento;
  • Caixas econômicas;
  • Companhias hipotecárias;
  • Sociedades de crédito imobiliário;
  • Cooperativas de crédito;
  • O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Para quem as letras financeiras são indicadas?

As características das letras financeiras já dão o caminho para que você entenda o perfil ideal para aplicar nelas: a pessoa com perfil poupador. Para quem tem uma boa quantia guardada, essa é uma opção muito segura e rentável..

É muito importante, no entanto, lembrar sempre que as letras financeiras têm um prazo de vencimento longo. Não é aconselhado, por exemplo, aplicar sua reserva de emergência em LFs, já que o dinheiro pode ficar preso em um eventual imprevisto.

Por isso, o planejamento financeiro pessoal é essencial antes de colocar dinheiro em uma LF. O ideal é sempre ter uma quantia separada para cobrir gastos imprevistos em investimentos seguros e de liquidez rápida. Podem ser opções certos títulos de renda fixa, como Tesouro Selic, CDB, LCI e LCA. Assim, além de guardar, essa quantia rende.

Saiba como criar uma reserva de emergência na conta do Nubank

Como funcionam as letras financeiras?

As letras financeiras têm características próprias e é interessante que você fique de olho nelas. Algumas delas têm rendimento pós-fixado, atrelado ao CDI. 

O CDI, ou Certificado de Depósito Interbancário, é uma taxa que varia todo dia útil. Para saber a taxa do dia, basta consultar o site da CETIP. É possível puxar um histórico e, desse modo, ver como seu dinheiro pode render durante o ano.

Outras letras financeiras são atreladas ao IPCA, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo. Uma vantagem delas é que isso ajuda a blindar seu investimento da inflação.

Você também pode encontrar rendimentos de letra financeira que são feitos de maneira prefixada, ou seja, têm taxa de juros definida antes da aplicação.

Letras financeiras são protegidas pelo FGC?

O FGC é o Fundo Garantidor de Crédito, um órgão não governamental mantido pelas instituições financeiras brasileiras. Trata-se de um fundo que garante o equilíbrio do sistema financeiro e auxilia empresas e investidores. As letras financeiras não têm proteção do FGC.

Isso não significa que elas sejam uma opção ruim de investimento. Na hora de fazer um investimento, você deve ficar de olho no histórico de crédito e solidez da instituição financeira por trás de cada aplicação.

O que considerar na hora de investir em letras financeiras?

Três pontos são muito importantes na hora de investir em letras financeiras: investimento, prazo mínimo e rentabilidade.

  • O investimento mínimo das LFs é alto, o que significa que nem todo mundo consegue aplicar nesse tipo de ativo. Para quem consegue, elas podem ser uma ótima opção de rentabilidade estável e acima da média de outros títulos em renda fixa.
  • O prazo não é menor que dois anos, ou seja, esse dinheiro ficará travado por todo esse tempo. O planejamento financeiro é essencial para não depender desse dinheiro durante este período.
  • Ao escolher uma letra financeira, é importante checar a rentabilidade. Por ter um prazo de vencimento tão longo, ela deve ser maior que outros títulos em renda fixa com maior liquidez, do contrário, pode não valer a pena.

O site do Banco Central tem uma calculadora para simular o rendimento do seu dinheiro atrelado ao CDI.

Para resumir, as Letras Financeiras têm rentabilidade superior à média das demais aplicações de renda fixa, o que permite diversificar seus investimentos sem correr riscos altos, aplicar facilmente e ter a projeção de retorno.

Mas existem diversos pontos de atenção e, principalmente, de com qual perfil de investidor você se identifica e opera.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

3.67

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post