Pular navegação

Meios de pagamento: um guia completo com tudo o que você precisa saber

Entenda quais são os tipos de pagamento digital mais populares, porque é importante para o seu negócio diversificar os métodos e quais as principais tendências desse universo. Confira as vantagens e desvantagens de cada um e saiba como escolher.

A forma de pagar pelas suas compras também vem sendo impactada pela nova era da inovação digital. A transformação vem acontecendo como um todo na sociedade e no mercado, e a busca por soluções de pagamento mais ágeis, fáceis e seguras está cada vez maior.

No e-commerce, a influências dessas mudanças de comportamento tem ganhado mais destaque com o surgimento de novos meios de pagamento online. Por isso, não trata-se apenas de inovação, mas de melhores formas de atrair e fidelizar os consumidores para o seu negócio. 

A conclusão é simples: lojas virtuais que oferecem métodos e serviços de acordo com as tendências conquistam mais clientes. 

Veja, no texto abaixo, tudo sobre os tipos de pagamento online, por que diversificar os meios e entenda mais sobre o futuro desse mercado. 

O que são os meios de pagamento? 

Os meios de pagamento são as diferentes alternativas para uma pessoa pagar por uma compra. No Brasil, existem Pix, dinheiro físico, cartão de crédito e débito, transferência bancária, entre outros. Especialmente no comércio eletrônico, é importante oferecer opções variadas para o cliente, respeitando as formas de pagamento favoritas dele.

O resultado é um e-commerce mais acolhedor, com foco em uma experiência completa, um aumento na base de clientes, maior taxa de conversão e mais segurança para as jornadas de compra.

Seja nos meios de pagamento online, à vista ou instantâneos, é fundamental focar no que realmente importa: o cliente satisfeito. Assim, a seguir você confere quais são as principais formas de pagamento disponíveis no mercado. 

Conheça os principais meios de pagamento

Cartão de crédito ou débito 

Os cartões são parte da rotina de compras dos brasileiros. O uso é intuitivo e versátil, permitindo compras à vista ou parceladas para clientes. Já para os varejistas, as taxas operacionais de liquidação e de antecipação desse meio de pagamento são mais elevadas e menos atrativas. 

Os riscos de fraude também são mais altos, principalmente quando se fala em cartões de débito. Mesmo com a aprovação rápida, os índices de conversão e desistência da compra também são pontos a serem considerados, já que dependem do limite de crédito do consumidor, bandeira do cartão e bancos aceitos pela plataforma. 

Saiba como agir em casos de fraude, roubos e emergências. 

Pix

O Pix é um meio de pagamento instantâneo, simples e inovador. Em pouco mais de dois anos desde seu surgimento, o potencial de aceitação do serviço já é enorme e ele se tornou o meio de pagamento mais utilizado entre os brasileiros. Para o varejo, as vantagens dessa forma de pagamento são imensas, já que o Pix traz um sistema mais inclusivo, menos burocrático e mais agilidade. 

Diferente dos boletos, o pagamento é aprovado na hora que a transação é feita, independente do dia da semana ou horário. A transferência pode ser realizada a partir do aplicativo da instituição financeira de preferência do consumidor, por meio de uma chave Pix (e-mail, CPF, CNPJ ou código gerado aleatoriamente), QR Code (apontando a câmera do smartphone para o código) ou pela função Copia e Cola

Saiba tudo sobre o Pix, como ele pode ser usado e as principais novidades.

Se você quer saber como fazer Pix com o Nubank, veja o vídeo abaixo. 

https://www.youtube.com/watch?v=Wvz0Yiss4Go

Boleto bancário 

O boleto bancário é um dos meios de pagamento mais utilizados pelas pessoas no Brasil, de acordo com o Banco Central, principalmente por conta da sua acessibilidade. Com ele, o cliente não necessita ter conta em nenhum banco específico e pode realizar o pagamento em uma lotérica, agência bancária ou até mesmo pelo aplicativo do banco de preferência. 

Para o lojista, além da dinâmica mais lenta de aprovação e conciliação, a demora de até 3 dias para liquidar, deixando o estoque parado, existe também uma taxa de emissão e o uso de ferramentas específicas para a transação, que tornam essa forma de pagamento menos prática e ágil.

Em outubro de 2022, o Nubank lançou o limite adicional do cartão de crédito para pagar boletos. Assista ao vídeo e confira a novidade.

https://www.youtube.com/watch?v=0tFlKVtSFqQ

Transferência bancária

Durante muito tempo, o envio de pagamentos entre contas só podia ser feito por TED e DOC, sendo uma possibilidade para oferecer ao cliente no e-commerce. Essas transações ainda existem e possuem limitação de horário e valor, além das taxas agregadas a cada uma delas, que são adicionados ao valor transferido. 

NuPay 

O meio de pagamentos do Nubank é um novo jeito de fazer compras no crédito e débito no e-commerce, mirando em uma experiência ainda mais inovadora e segura.  De forma simples e rápida, o pagamento é feito diretamente no aplicativo do Nu, sem a necessidade de digitar os dados bancários no ambiente do e-commerce. O cliente pode escolher entre usar o débito em conta ou o crédito em até 24 parcelas. 

Para os varejistas, os benefícios do NuPay vão desde reduzir os custos operacionais a oferecer reconciliação simplificada, além de aprovar os pagamentos na mesma hora. O NuPay ainda aumenta o poder de compra, já que pode disponibilizar um limite de crédito extra para os clientes. 

Como implementar as formas de pagamento no e-commerce?

Adotar um meio de pagamento para o seu e-commerce exige um sistema específico. Além disso, a tecnologia que vai tornar possível o pagamento digital para o seu negócio também deve garantir comodidade e segurança. 

Hoje, existem três opções no mercado. Abaixo você pode entender como cada uma delas funciona, para facilitar a sua escolha. 

Gateway ou plataforma de e-commerce 

Os gateways de pagamento funcionam como as maquininhas de cartões nas lojas físicas. O cliente seleciona a bandeira do cartão, insere os dados, e o sistema verifica se há saldo. Com a compra autorizada, o dinheiro da venda entra diretamente na conta bancária escolhida pelo gestor do e-commerce. 

Nesse caso, tudo acontece na mesma página, o que faz com que o cliente permaneça no site por mais tempo. Para isso, você vai precisar cadastrar bancos e operadoras de cartão – e esse processo pode levar mais tempo e ser mais caro.

Os gateways também podem oferecer as opções de boleto bancário, Pix ou transferências, além do cartão de crédito. Em alguns casos, as plataformas de e-commerce já possuem os gateways embutidos, como a plataforma VTEX.

Integração direta via API

Nessa ferramenta, a loja virtual tem um canal de integração direta com as operadoras de cartão de maneira simples, por meio de uma API (Interface de Programação de Aplicativos, tradução para Application Programming Interface).

Esse método de interligar sistemas padroniza as conexões e o compartilhamento de informações. Mas, nessa opção de implementar as formas de pagamento, o varejista é o responsável pela checagem da viabilidade de compra do cliente. 

Apesar do menor custo para operações, leve em conta que a segurança das transações será sua responsabilidade, o que exige uma infraestrutura potente de tecnologia interna e um time técnico disponível para fazer a integração. 

Intermediadores 

Como o próprio nome já diz, são empresas que fazem a intermediação do pagamento recebido pelo seu e-commerce. Quando a compra é realizada, o cliente é redirecionado ao site do intermediador para concluir com o meio de pagamento desejado.  

Cada transação tem uma taxa para o lojista e todos os processos de análise de crédito e segurança da compra ficam por conta da empresa terceirizada. Qualquer divergência é rapidamente barrada pelo sistema. 

Por que é importante diversificar as formas de pagamento?

O primeiro e principal motivo é simples: múltiplos meios de pagamentos aumentam as taxas de conversão de vendas e a satisfação dos clientes, e ainda fortalece o movimento de inclusão financeira.

Nesse contexto de transformação digital que vem acontecendo no mundo, o e-commerce brasileiro também se fortaleceu: só em 2021, o faturamento subiu 26,9% em relação ao ano anterior, de acordo com um estudo da Neotrust. Por isso, com tanto dinheiro sendo movimentado, é preciso redobrar a atenção aos meios de pagamento que serão oferecidos para a compra online. 

Por isso, a tecnologia se torna a principal aliada, facilitando tanto para quem compra quanto para quem vende. E uma boa experiência do cliente no e-commerce está diretamente ligada aos métodos de pagamento disponibilizados. 

A variedade torna o ambiente da loja digital mais atrativo, e, quanto maior a facilidade, a agilidade e a segurança na hora de finalizar a compra, menor o abandono de carrinhos. 

Qual o futuro dos meios de pagamento para e-commerce? 

Para o Nubank, o futuro já começou. As formas de pagamento variadas, democráticas e simplificadas já fazem parte da realidade de centenas de empreendedores. Além das plataformas de pagamento, o Nu tem outras soluções que já funcionam mundo afora. Saiba quais são elas:

Buy Now, Pay Later

Conhecida também como BNPL, é uma nova forma de pagamento que, como o nome já diz, consiste em "comprar agora, pagar depois". Essa solução independe de instituições financeiras e permite que o consumidor adie um pagamento sem pagar juros por isso. 

A tecnologia e a inteligência artificial são as responsáveis por viabilizar esse meio de pagamento. A análise de crédito é totalmente digital e permite o acesso facilitado a compras, sem intermediários de instituições financeiras. 

Essa tendência é bastante popular no exterior e vem aparecendo no mercado brasileiro de forma adaptada. Na prática, funciona como um empréstimo para que o consumidor pague via Pix, transferência bancária, cartão de crédito ou débito.

Assista ao vídeo abaixo e saiba mais sobre Buy Now, Pay Later:

https://www.youtube.com/watch?v=Ng2H0RDnsrI

Carteiras digitais 

Um aplicativo que armazena todos os seus dados para pagamento, como cartões de crédito, débito – e, em alguns casos, até dinheiro –, é uma das maiores tendências para os meios de pagamento. 

Os e-wallets, ou carteiras digitais, necessitam apenas de um celular, smartwatch ou qualquer outro dispositivo digital para realizar a transação. 

É um método simples, rápido e seguro, já que todos os dados são criptografados por mecanismos de proteção, então a loja virtual (ou física) não tem acesso às informações. 

Confira no vídeo como funciona uma carteira digital:

https://www.youtube.com/watch?v=86_ujIXxvp0

Criptomoedas 

Bitcoin, Etherium, entre outras criptomoedas, farão parte do futuro dos meios de pagamento nas lojas virtuais. Esse dinheiro eletrônico ganhou adeptos pelo mundo e chega até os lojistas por ser um ativo financeiro com baixa tarifa e ausência de impostos. 

No entanto, ainda não possui uma instituição de controle e não há intermédio de sistemas bancários para a sua movimentação, por isso existem ressalvas.

Entender um pouco mais sobre criptomoedas é fundamental antes de fazer uma compra. Para conhecer melhor, confira o episódio 50 do podcast Semanada:

https://www.youtube.com/watch?v=Th1tNxMa2kY

Meios de pagamento contribuem para o sucesso nas vendas 

Os meios de pagamento para e-commerce são peças-chave para o sucesso das compras online. Quando interligados a tecnologias funcionais e de acesso democrático, garantem mais tranquilidade para o lojista (que não precisa se preocupar com o fluxo das transações financeiras). Além disso, eles proporcionam uma experiência única para quem está do outro lado da moeda: os clientes finais. 

Soluções simplificadas, com pagamento rápido e seguro são as maiores tendências do e-commerce e saber tudo sobre elas é o primeiro passo para conquistar cada vez mais consumidores para a sua loja.

Leia também:

O que é solução de pagamento para empresas? 

Vale a pena aceitar cartões de crédito e débito no seu negócio? 

Cartão de crédito PJ: 6 motivos para a sua empresa ter um

Este texto faz parte da missão do Nubank de lutar contra a complexidade do sistema financeiro para empoderar as pessoas – físicas e jurídicas. Com a conta PJ queremos ajudar donos de pequenos negócios, empreendedores e autônomos a focarem no que realmente importa. Saiba mais e peça sua conta PJ do Nubank.

Navegue