Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Dicionário Financeiro Remessa internacional: o...

Remessa internacional: o que é e como fazer?

Pessoas físicas e jurídicas podem enviar dinheiro para outro país por meio de instituições financeiras e corretoras de câmbio. Descubra como fazer.



Fazer um DOC, uma TED e um Pix é fácil, você provavelmente já sabe o caminho. Mas como é possível mandar dinheiro para uma conta bancária fora do Brasil? A remessa internacional nada mais é que uma transferência feita de uma conta de um país para outro. Ou seja, enviar ou receber dinheiro do exterior por meio de instituições financeiras e corretoras de câmbio.

Uma remessa internacional pode ser realizada por diversas razões, como:

  • Realizar compras no exterior;
  • Enviar e receber pagamentos de ou para amigos e familiares em outros países;
  • Investir fora do Brasil;
  • Pagar por serviços realizados no exterior; 
  • Entre outros motivos.

Mas como acontece uma remessa internacional? Quais taxas estão envolvidas? Entenda os detalhes abaixo.

Como funciona uma remessa internacional?

Para realizar uma remessa internacional, são necessários alguns processos:

  • Como as moedas são diferentes, é preciso convertê-las de acordo com o câmbio do dia (por exemplo: calcular quanto uma quantia em reais equivale em dólares).
  • Além disso, existem impostos e cobranças específicos para operações desse tipo, e instituições financeiras têm leis diferentes em cada país. Então, é preciso um processo unificado para que a transferência aconteça de acordo com as regras nacionais e internacionais.

É por isso que uma pessoa não pode simplesmente enviar dinheiro de sua conta para o exterior com um TED ou Pix, como faria entre duas instituições brasileiras.

Quem pode fazer uma remessa internacional?

Uma transferência ou remessa internacional pode ser realizada tanto por pessoas físicas quanto por pessoas jurídicas (empresas). Basta que apresentem os documentos exigidos pelo Banco Central.

Além das remessas internacionais serem necessárias para enviar dinheiro para familiares ao redor do mundo, a transferência para outro país também é comum para pagamento de cursos e serviços no exterior. Empresas, por exemplo, podem usar a remessa internacional para pagar pela importação de produtos.

Quanto custa fazer uma remessa internacional?

Para realizar o envio de qualquer quantia para outro país, os bancos costumam cobrar três taxas: a administrativa, a SWIFT (Nos casos em que a taxa é isenta, o valor aparece zerado) e a de câmbio. Além delas, existem também tributos federais como Imposto de Renda e  IOF (Imposto sobre Operações Financeiras).

Também estão incluídos alguns tributos, que podem variar de acordo com as características de cada operação.

Nas transferências pela Remessa Online iniciadas pelo Nubank, por exemplo, as tarifas funcionam da seguinte forma:

  • Custo (ou taxa administrativa): também conhecida como spread, a taxa cobrada pela Remessa Online é calculada a partir de 1,3% do valor da transação, dependendo do tipo de moeda e valores enviados. Pelo aplicativo do Nubank, ela tem o desconto exclusivo de clientes Nu.
  • Tarifa bancária: em transações em euro ou dólar, a tarifa é de R$ 5,90 para remessas de até R$ 2.500 (ou o equivalente em outra moeda). Se o valor for superior a R$ 2.500, não tem tarifa. Para outras moedas, essa tarifa varia, e o valor de isenção começa a valer a partir de R$ 5.500. Mas ela sempre será apresentada de forma transparente na plataforma.

O desconto para clientes Nubank vale para todos os casos, independentemente da moeda. 

Como fazer uma remessa internacional com o banco?

As remessas internacionais podem ser feitas por meio de instituições financeiras e também por corretoras de câmbio:

  1. Acesse o Internet Banking da sua instituição;
  2.  Entre na sua conta e escolha a ordem de pagamento internacional;
  3. Informe o nome e dados bancários do beneficiário;
  4. Adicione o valor da transferência;
  5. Confirme os dados da transação.

Vale dizer que o dinheiro pode levar até 5 dias úteis para cair na conta do beneficiário, dependendo do país de destino, moeda e valor da transferência.

Como enviar dinheiro para o exterior pelo Nubank?

Também é possível enviar dinheiro para o exterior por meio de plataformas de transferências internacionais. No caso do Nubank, a parceria é com a  Remessa Online.

Enviar dinheiro para o exterior pelo Nubank é simples:

  1. Na tela principal do aplicativo do Nubank, toque em “Transferir Internac.”;
  2. Preencha o valor que deseja enviar;
  3. Selecione o país de destino e o simulador irá mostrar o valor convertido;
  4. Toque no botão “Continuar”
  5. Você entrará automaticamente na plataforma da Remessa Online para acessar ou criar sua conta;
  6. Se não tiver uma conta, faça o cadastro simples na plataforma, para valores de até R$ 37.500,00 por dia, com um limite anual de R$ 75.000,00 (ou o completo, para transferências maiores); 
  7. Selecione a história da transferência (a categoria em que ela se encaixa);
  8. Informe os dados da conta de destino;
  9. Confirme o valor enviado;
  10. Faça uma transferência via TED para a conta indicada pela Remessa Online (vale lembrar que fazer TED pelo Nubank é gratuito).

Importante: a transferência em si é realizada pela Remessa Online. A parceria com o Nubank oferece mais comodidade ao permitir que você comece o processo de uma forma simples e intuitiva pelo nosso app, além de gerar um desconto no custo dataxa administrativa.

Veja mais detalhes aqui.

Qual a quantia máxima permitida para enviar para o exterior?

Até US$3 mil (pouco mais de R$15 mil, na cotação atual) é considerado uma movimentação de baixo valor. Se você precisar enviar uma quantia mais alta do que esse limite estipulado pelo Banco Central, será necessário apresentar seu Imposto de Renda. Sendo assim, seu limite é definido de acordo com a sua declaração de IR. 

É importante ressaltar que o limite total de envio por CPF é de R$ 65mil por ano.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.43

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post