Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro O que é taxa de câmbio e...

O que é taxa de câmbio e como ela é calculada

Todas as moedas estrangeiras têm uma taxa de câmbio em relação ao Real e outras moedas. Veja como ela funciona e entenda melhor como ela afeta os planos da sua viagem internacional.



Taxa de câmbio do dólar, do euro, da libra…  Sempre que se fala em moeda estrangeira, o termo está presente. Não é difícil entender o que é taxa de câmbio: basicamente, ela é o preço de uma moeda estrangeira em unidades da moeda nacional – no caso do Brasil, o real.

A taxa de câmbio reflete o custo de uma moeda em relação à outra, não importa quais sejam. É possível comparar a taxa de câmbio do real em relação ao dólar, em relação à libra ou a qualquer outra moeda em circulação.

Um exemplo: ao comprar dólar para viajar, a cotação encontrada é de R$ 4,15. Essa é a taxa de câmbio da moeda naquele momento.

Como a taxa de câmbio é calculada?

Diversos fatores podem aumentar ou diminuir a taxa de uma moeda estrangeira em relação a outra, mas o principal é a oferta e demanda da moeda. O dólar, por exemplo, é uma moeda forte e valorizada em relação à muitas outras pois diversas transações comerciais entre países de todo o mundo se baseiam nela. 

Além disso, fatores políticos e econômicos podem tornar uma moeda mais forte ou mais fraca, influenciando o preço final da taxa de câmbio.

As taxas de câmbio são definidas a partir desses fatores e dos regimes cambiais dos países, que determinam como ela será calculada. Esses regimes podem ser de três tipos:

Regime cambial fixo

No regime cambial fixo, a autoridade monetária do país – o equivalente ao Banco Central do Brasil – determina um valor fixo de uma moeda estrangeira em relação à sua moeda nacional. Ou seja: neste caso, a conversão é garantida pelo governo local pela taxa de câmbio determinada.

O grande objetivo desse regime cambial é estabilizar o valor de uma moeda em relação à outra mais estável. 

Flutuante

Este é o regime cambial em que as taxas de câmbio são determinadas sem intervenção ou controle do governo do país – no caso, somente de acordo com a oferta e demanda do mercado. 

É o mercado cambial que se autorregula e controla os preços das moedas – mas, se necessário, os governos podem intervir para tentar influenciar o preço das moedas. O dólar, euro, iene e outras das moedas mais negociadas aderem ao câmbio flutuante.

Atrelado

O regime cambial atrelado é uma junção do câmbio fixo e flutuante. Na prática, isso significa que  a taxa de câmbio de outra moeda varia diariamente conforme a oferta e demanda, mas dentro de faixas determinadas pelo governo. Com isso, o governo pretende manter o preço atrelado às faixas definidas.

Taxas de compra e venda

As taxas de câmbio variam conforme a operação da moeda – compra ou venda. 

  • Se uma pessoa física deseja comprar moeda estrangeira de alguma instituição autorizada a operar com câmbio – casas de câmbio, bancos, etc – a taxa oferecida será a de venda. 
  • Na situação contrária, na qual a instituição compra moeda estrangeira de pessoa física, a taxa será de compra.

No geral, a taxa de câmbio para venda sempre é mais alta –  ela envolve custos de serviço, segurança, (?)

E a PTAX?

Essas cotações de compra e venda são diferentes da cotação divulgada todos os dias pelo Banco Central, a chamada Ptax, para algumas moedas –  como o dólar e euro. A Ptax não é uma taxa obrigatória: ela serve como referência para as instituições financeiras que trabalham com câmbio.

Ela é calculada diariamente pelo Banco Central com base na média das taxas de compra e venda praticadas pelos bancos brasileiros. Ou seja: existem várias empresas e pessoas comprando e vendendo dólar no Brasil ao longo do dia, e Ptax é uma média dessas operações. 

Aqui explicamos mais sobre ela.

Dólar Comercial e turismo

É comum se confundir na hora de comprar moeda estrangeira. Isso porque, além dos preços de compra e venda, existem também as cotações comercial e turismo das principais moedas.

Usando o dólar como exemplo:

  • O dólar comercial só pode ser negociado por empresas ou instituições financeiras. Ele costuma ser mais barato justamente pelo volume das transações: como empresas ou instituições movimentam grandes quantias, o preço do dólar fica menor.
  • Já o dólar turismo pode ser comprado por pessoas físicas – por exemplo, na hora de conseguir dinheiro vivo para viajar. Na prática, ele costuma ser mais caro porque, entre outras coisas, o volume negociado em cada transação costuma ser menor.

Por isso, qualquer pessoa física que decida comprar  moeda estrangeira sempre pagará a cotação turismo dela. 

O turismo costuma ser mais caro do que o comercial não somente por conta do volume de transações, mas também porque as casas de câmbio e instituições precisam ter lucro para cobrir seus custos e pagar as taxas relacionadas às transações.

Por isso, quando for negociar a compra de qualquer moeda estrangeira em casas de câmbio, o consumidor precisa ficar atento ao VET, o Valor Efetivo Total, que já considera todos os custos além da taxa de câmbio em si.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.39

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post