Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Investimentos Swing trade: o que é ess...

Swing trade: o que é esse tipo de operação e como ela funciona

Estratégia de investimento pode ser usada por quem busca ganhos na Bolsa no curto e médio prazos. Saiba como funciona.



Existem muitas formas de se investir na Bolsa de Valores. E, em todas elas, o prazo é sempre um elemento importante. Afinal, é possível comprar e vender ações no mesmo dia, no chamado day trade, ou mantê-las por meses, anos e até décadas. Para quem não quer fazer day trade, mas ainda assim focar no curto e médio prazos, existe o swing trade, um tipo de operação na Bolsa que não demora mais do que algumas semanas. 

Entenda abaixo o que é o swing trade, quais as vantagens, riscos, e outros detalhes para aplicar na Bolsa.

O que é swing trade?

O nome vem do inglês, e quer dizer literalmente “comércio de balanço”. Swing trade nada mais é do que  operações de compra e venda de ações (e outros ativos de renda variável) com foco no curto e médio prazos. Na prática, é um tipo de investimento na Bolsa de Valores que dura entre dois dias e algumas semanas.

O objetivo no swing trade é aproveitar as oscilações nos preços dos ativos financeiros em um determinado período de tempo. Ou seja, os investidores compram ações esperando que elas se valorizem no curto e médio prazos.

Assim, é possível ter lucro ao vender o ativo por um preço maior do que foi pago, recebendo os valores de forma mais rápida do que um investimento de longo prazo. 

Quem realiza esse tipo de operação costuma  ser chamado de “swing trader”. 

Como funciona o swing trade?

Para ganhar dinheiro com o swing trade, as pessoas acompanham as tendências do mercado. Em outras palavras, o objetivo é aproveitar variações no preço, identificando ativos financeiros que podem se valorizar em um prazo de dias ou semanas. 

Para encontrar esse tipo de tendência, é utilizada a análise técnica, também chamada de análise gráfica. Nessa modalidade, são observados gráficos com o histórico de preços dos ativos. Analisando as altas e baixas, é possível tomar decisões de compra e de venda.

O swing trade é uma estratégia que pode ser feita com ações e outros ativos, como contratos futuros e opções. 

Qual a diferença entre day trade e swing trade?

A duração das operações financeiras é a grande diferença entre day trade e o swing trade. No day trade, a compra e venda de ações é feita em um único dia. Essas operações são de curtíssimo prazo, podendo durar algumas horas ou até mesmo alguns minutos.

No swing trade, o investimento dura mais do que isso, podendo chegar a alguns dias ou semanas.

A diferença no prazo também indica o nível de dedicação que a operação vai exigir. Como o período de investimento é muito curto, os day traders precisam se manter focados nas movimentações do mercado, analisando gráficos com dedicação máxima. O day trader também precisa acompanhar de perto a volatilidade diária, ou seja, o sobe e desce constante das ações. Para isso são observados intervalos de um, cinco, 30 ou 60 minutos.

Já quem faz o swing trade se preocupa com as tendências do mercado (que pode estar subindo ou caindo) de modo geral. Nessa modalidade, os gráficos também são usados para decidir qual ação comprar. A diferença é que no swing trade os gráficos costumam mostrar a variação no preço de um ativo em intervalos maiores, de um dia inteiro ou uma semana, por exemplo.

Vale lembrar que a análise técnica exige muito conhecimento e tem altíssimo risco. Por isso, pense bem antes de usá-la para tomar decisões de investimento.

O que é Day Trade? É furada? Veja como funciona

Vantagens do swing trade

Uma das grandes vantagens do swing trade em relação ao day trade é que, por ter um tempo de duração maior, não exige uma dedicação exclusiva do investidor. É possível conciliar as análises com outras atividades, embora isso não reduza a necessidade de se manter atento ao investimento.

O prazo de alguns dias ou semanas também permite que a pessoa verifique se a tendência de alta realmente vai se concretizar, dando alguma margem para manobras – por exemplo uma venda de um papel que está caindo muito.

Outra vantagem é o custo menor em comparação ao day trade. O investimento em ações está sujeito a algumas tarifas (como a taxa de corretagem, já zerada por diversas corretoras), e as taxas cobradas pela B3. Esses valores são cobrados a cada operação. Por isso, quem faz day trade costuma ter um grande gasto com as tarifas. Como no swing trade são realizadas menos operações, o custo também é menor. 

Em uma comparação com os investimentos de longo prazo, o swing trader pode aproveitar todos os movimentos do mercado, adquirindo ações que estão temporariamente desvalorizadas.

Riscos do swing trade

Qualquer tipo de investimento envolve riscos. As aplicações na Bolsa de Valores são de renda variável, ou seja, sem retorno previsível, quando não é possível saber quanto o dinheiro irá render. 

Na prática, a tendência do mercado pode não se concretizar, desvalorizando o seu investimento e fazendo com que você perca dinheiro. Por isso, é um tipo de investimento considerado de alto risco.

Antes de começar a investir, é importante conhecer o seu perfil de investidor para entender se essa é uma aplicação indicada para você. Além disso, busque construir uma reserva de emergência, que terá um baixo risco de desvalorização e estará sempre disponível para um imprevisto. 

Também é recomendado conhecer bem o mercado, acompanhar o desempenho das ações e ter agilidade para agir caso alguma coisa não saia como o esperado. Existe ainda o risco do investidor prolongar demais o investimento na tentativa de ganhar um pouco mais. Caso a tendência mude, você pode perder o lucro que havia sido alcançado.

Para reduzir as chances de perdas, é recomendado usar ferramentas stop loss e stop gain. Elas são ordens de compra e de venda que podem ser programadas pelo investidor no home broker para encerrar uma operação automaticamente. 

Stop loss (“interrompa o prejuízo”, em português) 

É um mecanismo que limita o prejuízo máximo que você pode ter, caso o preço de uma ação caia até certo ponto. Com ele, o investidor pode escolher um valor específico que, caso seja atingido, as ações serão vendidas automaticamente – impedindo maiores perdas.

Stop gain (“interrompa os ganhos”, em português)

Processo que automatiza a venda dos papéis caso eles valorizem até certo valor. Dessa forma, o day trader não precisa se preocupar em ficar acompanhando a variação de perto e garante seus lucros obtidos antes de uma possível queda chegar.

Como operar swing trade?

Para fazer swing trade, é necessário cumprir algumas etapas. Além disso, é um tipo de investimento que exige tempo e esforço, pois as operações são de curto e médio prazos. Confira algumas informações importantes para operar swing trade.

Conta em uma corretora de valores

Para investir na Bolsa e fazer swing trade, é preciso ter uma conta em uma corretora de valores. Essa é a instituição que faz a intermediação entre os investidores e o mercado financeiro – ou seja, a Bolsa de Valores, os bancos, empresas, fundos de investimento e até o próprio governo. Todo o fluxo de compra e venda de ações é realizado por uma corretora de valores, como o Nu invest, por exemplo, ou por uma distribuidora de valores.

Estudar análise técnica

O principal mecanismo para identificar tendências de curto prazo no mercado financeiro são os gráficos. Por isso, é importante estudar essa modalidade de análise para investir com segurança.

Existem vários cursos que ensinam a leitura de gráficos. Você também encontra informações sobre análises técnicas no nosso canal do YouTube Sala ao vivo Nu invest.

Acompanhar as notícias da economia e da política

A formação do preço das ações e outros ativos financeiros envolve diversos fatores. O sobe e desce é influenciado por uma série de questões, que vão desde o desempenho financeiro da empresa até acontecimentos na política nacional e internacional. Esses fatores acabam afetando a demanda dos investidores por ações. O desempenho da economia no Brasil e no mundo também impacta diretamente os investimentos. 

Por isso, acompanhe o noticiário para identificar esses acontecimentos, principalmente aqueles relacionados à empresa em que você investe ou pretende investir. Uma fonte para esse tipo de informação é o portal de notícias Investnews

Tributação no swing trade

Quem investe em ações precisa declarar os investimentos no Imposto de Renda (IR). No swing trade e nas operações de longo prazo, lucros com vendas de ações de até R$ 20 mil em um único mês são isentos de IR para a pessoa física. Entretanto, acima desse valor o investidor deve pagar 15% sobre os ganhos.

Mas essa isenção não vale para quem faz day trade, cujo imposto é de 20% sobre o lucro líquido já descontado o custo de corretagem. 

O pagamento do Imposto de Renda de ações deverá ser realizado até o último dia útil do mês seguinte à operação, via DARF, o Documento de Arrecadação de Receitas Federais. O investidor só precisa gerar o documento e pagar como se fosse um boleto comum.

Importante destacar que a categoria renda variável não é composta só de ações. De acordo com a definição da Receita Federal, o mercado de renda variável inclui todas as operações realizadas nas Bolsas de Valores, de mercadorias, de contratos futuros, ouro e outros ativos financeiros.

E o que é position trade?

Também chamado de “buy and hold”, o trade position é um investimento de longo prazo, ou seja, sem prazo previsto para a venda da ação ou outro ativo. É o famoso “comprar e esquecer”, na tradução para o português.

Nesse caso, além da valorização dos papéis em si, o investidor pode também lucrar com o pagamento de juros, dividendos e bonificações. Mas apesar de ter a possibilidade de manter os ativos por décadas, o investidor pode negociar suas ações a qualquer momento se achar necessário.

Como comprar ações na Bolsa de Valores? Guia para começar

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post