Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro A Selic caiu para 3,75%....

A Selic caiu para 3,75%. O que isso significa?

A taxa básica de juros da economia foi reduzida novamente em março de 2020. A medida é uma forma de acelerar a economia. Entenda mais.

O Copom (Comitê de Política Monetária) se reuniu nesta quarta-feira, 18 de março de 2020, e decidiu reduzir a taxa Selic em 0,5 pontos percentuais, de 4,25% para 3,75%. Essa é a menor taxa Selic da história – ao longo de 2019, ela foi descendo desde os 6,5%.

Mas o que está por trás da decisão? Por que a Selic cai? E o que isso tem a ver com a vida das pessoas?

Por que a Selic caiu novamente?

A redução da Selic tem como grande objetivo estimular a economia. 

Hoje, com o avanço da epidemia de Covid-19, todos os setores vêm sendo afetados. É exatamente por conta desses impactos que o Copom decidiu reduzir a Selic, pensando em estimular a economia.

O Brasil não é o único país a tomar essa atitude: em março, o FED (Banco Central dos Estados Unidos), também reduziu sua taxa de juros em um ponto percentual, levando-a a quase zero.

A medida é parte dos esforços emergenciais que vêm sendo aplicados no mundo todo para ajudar a economia em tempos de crise. Canadá, Reino Unido, Japão, Suíça e membros da União Europeia são países que também anunciaram medidas emergenciais coordenadas com o Fed.

Aqui você entende melhor sobre o corte de juros do FED.

Taxa Selic hoje: como isso me afeta?

Com a última decisão do Banco Central, a taxa Selic hoje está em 3,75%. Toda vez que há uma mudança nela, podem haver impactos no dia a dia das pessoas comuns.

Com a Selic em baixa, a tendência é que as taxas de juros em geral diminuem e fiquem próximas deste patamar – na prática, o crédito pode ficar mais acessível, com taxas mais baixas.

Além disso, rendimentos atrelados à Selic também são afetados – quando ela cai, o mesmo acontece com a remuneração de, por exemplo, poupança, investimentos em Renda Fixa e títulos do Tesouro Direto.

Por que a Selic varia?

Podemos dizer que:

  • Ao aumentar a Selic, o objetivo é desacelerar a economia, impedindo a inflação de ficar muito alta;
  • E, ao baixar a Selic, o objetivo é estimular o consumo e aquecer a economia, aumentando a inflação quando essa está abaixo da meta.

Lembrando que nem sempre a inflação é ruim; na verdade, quando controlada, ela é um sinal de que a economia está aquecida e crescendo de forma saudável – exatamente por isso, todo país possui uma meta de inflação a ser alcançada no ano, que indica crescimento e bom andamento da economia.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.3

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post