Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Empreender Primeiros Passos Como usar o YouTube a fa...

Como usar o YouTube a favor dos seus negócios?

Consultora de inovação do Nubank, Monique Evelle dá dicas para começar a usar a plataforma, e apresenta curso gratuito sobre o tema de 12 a 16 de julho.

Por Monique Evelle, consultora de inovação do Nubank

Quando você precisa aprender sobre alguma coisa, onde busca um tutorial? E como faz para assistir aquele clipe novo do seu artista preferido? Se procura por um review de produto, onde encontra? Provavelmente você respondeu para todas: “No YouTube, é claro”.

Assim como você, mais de 100 milhões de brasileiros acessaram mensalmente o YouTube em 2020. Isso é praticamente metade da população do Brasil inteiro. E, de acordo com uma pesquisa da consultoria de mídia ComScore, 91% dos brasileiros aumentaram seu tempo de uso da plataforma.

Diante desses números, você, que tem um negócio, já deve ter começado a calcular as múltiplas oportunidades que isso pode gerar. O uso inteligente da plataforma tem poder, sim, para potencializar sua marca e trazer bons resultados.

Quer saber mais? Veja abaixo 5 dicas práticas de como criar conteúdos para seu negócio no YouTube.

Mas antes… Formalize o seu negócio

Se você se interessou em potencializar o negócio, deve ser uma pessoa empreendedora. Então é hora de pensar como empreendedor.

Antes de planejar qual seria o melhor conteúdo, existem algumas burocracias no caminho que precisam ser resolvidas. A primeira, e mais importante, é a formalização.

Você pode começar sendo um Microempreendedor Individual (MEI), um tipo de micro empresa pensada para pessoas que trabalham por conta própria, como manicures, eletricistas, entre outras dezenas de atividades.

Formalizando o negócio como MEI, você passa a ter um CNPJ registrado, e consegue emitir nota fiscal, tem os benefícios do INSS, acessa os serviços e produtos bancários para pessoa jurídica, e também pode contar com auxílio maternidade e doença. É uma segurança importante para quem está começando.

Aproveite e leia MEI: tudo o que você precisa saber antes de se tornar um.

Comunique-se com a persona ideal

Na cabeça de empreendedores, já deve ser mais ou menos claro quem é a persona ideal do seu cliente, ou seja, o seu público-alvo. Criar uma persona não apenas facilita a comunicação do seu negócio, mas também te orienta no desenvolvimento do que você vai oferecer a elas.

A representação de um cliente ideal para o seu produto ou serviço pode ser baseada em pesquisas. Ou, então, para definir a persona do seu cliente, utilize o Mapa de Empatia. É uma ferramenta que te ajuda a entender o perfil da pessoa que pode se interessar pelo que você vende. Com o mapa, você conseguirá imaginar o que eles gostam, quais são as suas necessidades, sonhos, receios e desejos em relação ao seu negócio.

Com essa definição em mãos, você consegue ter clareza de quais os melhores temas para discutir em seu canal do YouTube.

A consultora de inovação do Nubank, Monique Evelle

Mais comunidade, menos audiência

Calma, calma! Eu sei que audiência importa. Mas não adianta ter audiência se ela não puder ser transformada em uma comunidade, que se converta em vendas.

Criar uma comunidade online com seus clientes pode ser uma forma de aumentar a conscientização sobre o produto ou serviço, além de criar relacionamentos mais profundos com os clientes e construir uma boa reputação na sua área de atuação.

Quanto mais você se concentra em formar uma comunidade, mais fiel a sua audiência se torna. Como consequência, você vai saber produzir conteúdos com foco nos interesses, desafios e metas do seu cliente, que você já conhece.

Crie hábitos saudáveis para você e para a sua empresa

Pare, reflita e tente responder: como está a sua saúde mental e emocional? Ela será capaz de te motivar a continuar, ou pode te paralisar a qualquer momento do processo?

Essa percepção faz com que a gente planeje um canal no YouTube considerando o que realmente importa. Para compartilhar conteúdos que sejam interessantes e potencializar o seu negócio, você precisa estar bem.

Para alcançar um estado de bem estar, siga algumas dicas a seguir:

  • Tente tornar o ambiente em que você trabalha e grava seus vídeos mais confortável;
  • Reserve 2 dias da semana para criar os conteúdos;
  • Utilize ferramentas para agendar o lançamento de seus conteúdos, sem precisar ficar online 24 horas;
  • Peça ajuda quando necessário. Você não precisa fazer tudo sozinho ou sozinha;
  • Foque em seu conteúdo e nunca compare seu início com o momento de ninguém;
  • Trabalhe para construir a sua marca.

Construa a sua marca

Existem milhares de canais no YouTube. Por isso, é importante que você trabalhe para construir a sua marca e a da sua empresa.

Entenda que marca pessoal não é uma balela, e muito menos uma maquiagem. É uma promessa que será cumprida, é um relacionamento inteiro, é a sua palavra. Para começar a construir sua marca pessoal e da sua empresa, tente responder às seguintes perguntas:

  • O que você realmente entrega para o mundo? 
  • Quais são seus atributos e talentos? 
  • Por que você faz o que faz?
  • Quais sentimentos e emoções você quer passar?
  • O que você já fala que é único? 
  • De quais assuntos você nunca cansa de falar?
  • Como você se relaciona? 
  • Quais histórias você quer contar? 
  • Como você pode dividir essa história em micro histórias?

Curso gratuito sobre criação de conteúdo no YouTube 

Entre os dias 12 e 16 de julho de 2021, acontece o curso online “Profissão Criador: Potencialize seu negócio através do YouTube”.

Durante cinco dias, grandes profissionais do mercado irão debater sobre estratégias, melhores práticas e estudos de caso para potencializar seu negócio no YouTube.

O evento terá criadores como Isabela Gladys, Monique Evelle e Nathaly Dias, do canal Blogueira de Baixa Renda. É uma iniciativa do próprio YouTube em parceria com a plataforma educativa Inventivos e a consultoria Youpix. 

Confira abaixo a agenda completa do evento, que acontece sempre às 18 horas:

12 de julho: O que todo empreendedor precisa saber

13 de julho: Como potencializar os negócios por meio do YouTube?

14 de julho: Convertendo conteúdo em vendas

15 de julho: Transformando clientes em comunidade

16 de julho: Atendimento digital de clientes.

As inscrições podem ser feitas no site da plataforma Inventivos, neste link.

Leia mais:

O boom dos MEIs na pandemia: um estudo do Data Nubank

Plano de negócio: como começar a definir metas e estratégias?

Quer começar um negócio? Responda estas 3 perguntas antes

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.75

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post