Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Dicionário Financeiro CDI diário: o que é e ...

CDI diário: o que é e o que isso tem a ver com seu dinheiro?

Entenda o que significa e qual a diferença entre o CDI diário e o anual, o mensal e a taxa CDI.

Entender o que é CDI é como abrir uma bonequinha russa: quando você acha que acabou…Olha outra ali dentro.

Afinal, tem o CDI, a taxa CDI, o que é 100% do CDI, o CDI anual e o CDI mensal, sobre os quais já explicamos por aqui.

Mas ainda falta um: o CDI diário, que basicamente é uma taxa calculada a partir das operações interbancárias feitas no dia e que baseia todas as outras.

Abaixo, explicamos melhor o que é este conceito e resumimos os outros para você.

Primeiro, me lembra o que é CDI?

Claro!

O CDI, ou Certificado de Depósito Interbancário, nada mais é que um título de empréstimo emitido de um banco para outro.

Isso acontece porque, por uma regra do Banco Central, todo banco deve fechar o dia com saldo positivo – ou seja, com mais dinheiro entrando do que saindo.

Quando isso não acontece, o banco precisa pegar dinheiro emprestado de outro banco para fechar o dia com saldo positivo.

Esse título de empréstimo emitido pelo banco é chamado de Certificado de Depósito Interbancário (CDI) e precisa ser pago pelo outro banco em até 24 horas – por isso é considerado de curtíssimo prazo.

Como em todo empréstimo, o banco também precisa pagar juros. A média dessas taxas de empréstimo praticadas entre bancos é que dá origem a taxa CDI, que pode ser diária, mensal ou anual.

Entenda tudo sobre o CDI e como ele pode afetar seu dinheiro.

E o que é o CDI diário?

Considerando que os empréstimos entre bancos precisam ser pagos em 24 horas, a taxa CDI é calculada diariamente pela B3 (a bolsa de valores oficial do Brasil) a partir das operações feitas no dia.

É dessa taxa calculada diariamente que nasce o CDI diário. A partir dele, é calculada uma média mensal e anual do CDI, que são consideradas para o rendimento de investimentos de renda fixa.

Em 2018, por exemplo, a taxa CDI anual foi de 6,40%.

Vamos relembrar tudo sobre CDI?

A gente sabe que são muitos conceitos e que nem sempre é fácil lembrar de todos eles. Veja, resumidamente, cada um abaixo:

  • CDI: o Certificado de Depósito Interbancário nada mais é que um título de empréstimo de curtíssimo prazo emitido de um banco para outro.
  • Taxa CDI: da taxa média de juros praticada nesses empréstimos diários entre bancos é que nasce a taxa CDI, calculada como a média anual do CDI.
  • CDI anual: média anual do CDI calculada a partir das taxas mensais. Até o mês de julho deste ano, o CDI 2019 era de 3,66%.
  • CDI mensal: média mensal do CDI calculada a partir das taxas diárias. Em julho de 2019, o CDI mensal ficou em 0,57%.
  • 100% do CDI: um investimento que rende 100% do CDI terá exatamente a mesma rentabilidade da taxa CDI no mesmo período. Por exemplo: se durante um ano em que o dinheiro ficou aplicado o CDI foi de 6,40%, ele renderá esses mesmos 6,40% naquele período.

Falando em CDI…

Que tal aprender o que significam outros termos financeiros e como cuidar de suas finanças pessoais?

Se você também se perde nas siglas e no complexo “economês”, temos uma seção exclusiva de dicionário financeiro.

Já para quem quer organizar as finanças pessoais, tem conteúdos sobre planejamento financeiro, morar sozinho, viagens e mais.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Digite seu nome

Quero receber a newsletter