Pular navegação

LCI e LCA no Nubank: entenda como funciona e saiba como investir pelo app

LCI e LCA são títulos de renda fixa isentos de Imposto de Renda e com proteção do FGC. Saiba como investir pelo app do Nunbank.

Mulher negra sentada em uma cadeira de escritório, sorrindo, segurando com a mão direita a pata esquerda de um pequeno cachorro que está sentado no chão próximo de um vaso grande de plantas e uma tigela de água, há uma cortina na parede direita, ao fundo uma mesa com um notebook e um quadro na parede com um desenho de casas.

O Nubank nasceu, em 2013, para acabar com a complexidade do sistema financeiro e devolver às pessoas o controle sobre o próprio dinheiro. Uma das maneiras de fazer isso é com uma experiência cada vez mais completa de investimentos, com opções de produtos que fazem sentido para diferentes perfis. Por isso, os nossos clientes podem investir em LCI e LCA pelo aplicativo do Nubank. 

A LCI (Letra de Crédito Imobiliário) e a LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) são títulos de renda fixa emitidos por instituições financeiras. Eles são usados para captar recursos para os setores imobiliário e do agronegócio, respectivamente, e são isentos de Imposto de Renda (IR). Além disso, esses investimentos têm proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) para valores de até R$ 250 mil por CPF e instituição financeira.

Por enquanto, as LCIs e LCAs estão disponíveis para um grupo de clientes e serão liberadas aos poucos para mais pessoas. Mantenha o seu aplicativo atualizado.

Confira, abaixo, mais detalhes sobre o investimento em LCI e LCA pelo app do Nubank.

Como investir no Nubank? Conheça todas as opções de investimentos que existem no app

Como investir em LCI e LCA pelo app do Nubank?

No app do Nubank, o cliente encontra várias opções de LCIs e LCAs com diferentes prazos de vencimento e rendimentos. Para facilitar, é possível filtrar os títulos pelo prazo de vencimento ou rendimento.

Todas as etapas para investir trazem informações claras e descomplicadas. Conheça o passo a passo:

  • Abra o seu app e role a tela para baixo até a seção de investimentos – ela está na aba de Planejamento do seu app, identificada pelo símbolo do cifrão ($);
  • Na próxima tela, toque em “Investir” e depois em “Investimentos”;
  • Em seguida, role até LCI e LCA e clique em “Acessar”;
  • Uma lista de títulos vai aparecer para você. Escolha o que deseja investir e toque em “Aplicar”;
  • Depois, digite o valor que pretende aplicar e finalize o fluxo colocando sua senha de quatro dígitos.

Investimentos realizados até às 15h de dias úteis são processados no mesmo dia. Depois desse horário e aos sábados, domingos e feriados, a conclusão acontece no próximo dia útil.

Para ver a sua aplicação antes da conclusão, basta entrar na tela de investimentos e clicar em “Em processamento”. Assim que o processo for concluído, você poderá ver o valor na tela principal do seu app.

Simulador ajuda a calcular o rendimento

Os clientes que investem em títulos pré-fixados pelo app do Nubank podem usar um simulador no momento da aplicação para saber exatamente quanto poderão resgatar se levarem o título até o vencimento.

Quais os impostos e taxas para investir em LCI e LCA pelo app do Nubank?

Por serem usadas para incentivar setores importantes da economia brasileira, as LCIs e LCAs são isentas de Imposto de Renda. O Nubank também não cobra taxas de administração ou de corretagem para esses investimentos.

Importante: mesmo não havendo tributação ou incidência direta do Imposto de Renda sobre as aplicações em LCI e LCA, todas as pessoas que possuam esses investimentos têm que fazer a  declaração do Imposto de Renda. Lembrando que nem sempre será necessário pagar o imposto, mas informá-lo à Receita é obrigatório, caso o investidor atenda a algumas regras.

Clique aqui para saber quais são as regras e conferir um passo a passo para declarar LCI e LCA no IR.

IOF

LCI e LCA também têm incidência de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), em caso de venda do ativo em menos de 30 dias após sua aquisição.

A alíquota do IOF é aplicada de acordo com uma tabela regressiva, que vai do primeiro ao 30º dia do resgate. Ou seja, se o investidor espera mais de 30 dias para resgatar o dinheiro, também não há cobrança de IOF. Caso contrário, o valor do imposto diminui diariamente: vai de 96% do rendimento se o resgate for feito em um dia a 3% para 29 dias. 

Confira aqui a tabela completa do IOF.

O que são LCI e LCA?

LCA é a sigla para Letra de Crédito do Agronegócio e LCI significa Letra de Crédito Imobiliário. Ambas são emitidas por instituições financeiras, mas com objetivos diferentes. Enquanto a primeira busca recursos para financiar as atividades do setor do agronegócio, a segunda vai captar dinheiro para incentivar o mercado imobiliário.

Na prática, ao investir em LCA e LCI, as pessoas “emprestam” dinheiro para que uma instituição financeira possa oferecer crédito que incentive o desenvolvimento desses dois grandes setores, considerados estratégicos para o crescimento econômico.

Como acontece em todo investimento, em troca desse “empréstimo” o investidor recebe de volta o valor investido mais os juros. 

Como funcionam as LCIs e LCAs?

As LCIs e LCAs são investimentos de renda fixa que têm uma data de vencimento que é determinada no momento de compra do título. Já o rendimento pode ser pré fixado, pós-fixado ou ainda híbrido. Confira mais detalhes sobre cada modalidade.

Prefixado

Neste caso, o rendimento do título tem uma taxa fixa, que não muda até a data do vencimento. Ela é acordada na hora da compra e o investidor já fica sabendo quanto irá receber de volta quando resgatar o investimento. Por exemplo, uma LCA que rende 7% ao ano, sempre vai entregar ao investidor um rendimento de 7% ao ano, não importa o que aconteça no mercado.

Pós-fixado

Nesta modalidade, a rentabilidade acompanha um indexador da economia. Por exemplo, os títulos que seguem o CDI, que é a taxa de juros para empréstimo entre os bancos e que fica bem próxima da taxa básica de juros Selic. Ou ainda o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial do país.

Híbrido

Um título com rentabilidade híbrida combina características dos títulos pré e pós-fixados. Ou seja, a remuneração do título é parte pós-fixada e parte prefixada. Neste caso, não há como saber exatamente de quanto será o rendimento. Um exemplo de título híbrido é o Tesouro IPCA+, que apresenta parte da rentabilidade atrelada à variação da inflação no período e outra fixa, definida no momento da compra.

Clique aqui para saber mais sobre o funcionamento das LCIs e LCAs.

Quais as diferenças entre LCI e LCA?

A principal diferença entre LCI e LCA é o setor que cada uma financia. Como o próprio nome diz, uma contribui para o financiamento e desenvolvimento do mercado imobiliário, e a outra para o mercado do agronegócio.

A rentabilidade, o prazo da aplicação e o valor de investimento inicial também são diferentes entre as duas letras de crédito. Inclusive, esses são fatores importantes que devem ser considerados na hora de decidir em qual opção investir.

Uma outra característica dos títulos de LCI e LCA é que esses títulos têm prazos de vencimento pré-determinados, com liquidez a partir de 6 meses na maioria dos casos. Normalmente, quanto maior o prazo, maior a rentabilidade – mas, por outro lado, a liquidez é menor, já que o investidor demora mais tempo para ter o valor investido de volta. Por isso, não é considerado um bom investimento para a reserva de emergência, por exemplo.

Quais as vantagens de investir em LCI e LCA?

  • Rentabilidade. As taxas de rentabilidade da LCI e da LCA costumam ser bem próximas às do CDI, que é referência quando o assunto é renda fixa. Por isso, elas são uma alternativa para aproveitar os momentos em que a taxa de juros está mais alta; 
  • Diversificação. Essa estratégia significa basicamente colocar o seu dinheiro em diferentes lugares, incluindo investimentos e setores distintos. As LCIs e LCAs podem ajudar na diversificação das suas aplicações, pois elas financiam dois setores estratégicos para a economia brasileira. Para reforçar essa diversificação, é indicado aplicar em títulos emitidos por instituições financeiras diferentes; 
  • Proteção do FGC. LCIs e LCAs são investimentos de baixo risco. Além disso, elas têm proteção do Fundo Garantidor de Créditos. Ele funciona quase como um seguro para os investimentos e cobre valores de até R$ 250 mil por CPF ou CNPJ, para cada instituição financeira ou conglomerado financeiro, com um limite de R$ 1 milhão a cada quatro anos;
  • Isenção de imposto. Uma das principais vantagens desta aplicação é que o rendimento não tem incidência ou tributação de Imposto de Renda.

Leia também:

Investimentos no Nubank: tudo que você precisa saber

Ações, BDRs e ETFs no Nubank: como funcionam?

CDBs no Nubank: tudo o que você precisa saber

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossaPolítica de Privacidade.Ao continuar a navegar, você concorda com essa Política.