Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Débito automático: como ...

Débito automático: como funciona? Vale a pena?

Algumas de suas contas podem ser pagas automaticamente na conta de alguma instituição financeira. Veja como o débito automático funciona.



Uma das possibilidades de se pagar contas recorrentes é usando o débito automático em conta. Dá para fazer isso com contas essenciais (água, telefone e energia), faturas do cartão de crédito e até mesmo mensalidades referentes à educação, por exemplo.

Basicamente, ele permite que o valor a ser pago por aquela conta seja descontado automaticamente do saldo disponível na conta bancária, sem que o titular tenha que tomar alguma ação.

Mas como funciona o débito automático, na prática? Vale a pena pra todo mundo? Abaixo, veja as respostas para essas e outras dúvidas.

Como pedir débito automático?

Para que o débito automático possa ser usado, é necessário que o titular da conta bancária autorize essa operação e peça à instituição financeira da conta onde o débito será feito.

O titular tem o direito de cancelar, quando quiser, essa forma de pagamento – o cancelamento da conta bancária também implica, por exemplo, no cancelamento do débito automático.

Vale lembrar que não são todas as instituições financeiras que operam o débito automático – e nem todas as empresas que receberão os recursos da conta são autorizadas pelo Banco Central para receber via débito automático.

É preciso que o titular da conta, ao solicitar o débito automático, informe quando quer que ele seja feito- pode ser na data de vencimento do pagamento ou antes dela. 

Vale dizer que cada instituição possui um processo de segurança e checagem de que quem está solicitando o débito é o mesmo titular da conta – especialmente para operações de crédito, como empréstimo e financiamento, por exemplo, quando isso vira uma regra especificada pelo Banco Central.

Débito automático – como funciona?

Basicamente, se você opta pagar uma conta com débito automático, ela sempre será programada para ser paga na data escolhida. Quando chega o dia, o valor é automaticamente debitado do saldo disponível na conta-corrente, conta salário ou conta de pagamentos escolhida. 

É importante lembrar que, no dia do débito, é necessário ter o valor disponível no saldo da conta; caso contrário, é possível que o pagamento não seja feito ou que, para quem possui esse produto disponível, seja usado parte do cheque especial.

Outro ponto é que não existe um horário específico para que o débito automático seja feito – ele pode acontecer nas 24 horas do dia escolhido. Na maioria das vezes, quando a data para pagamento escolhida cair em finais de semana, ele é antecipado para o último dia útil anterior. Mas isso pode variar de acordo com a instituição.

Vale lembrar: nem todas as instituições financeiras oferecem o débito automático. No Nubank, essa opção de pagamento ainda não está disponível.

Como cancelar o débito automático?

Toda pessoa que tiver contas no débito automático pode pedir que ele seja cancelado a qualquer momento. Para isso, é só pedir o cancelamento na instituição financeira onde ele é feito – na maioria das vezes, isso pode ser feito pelo próprio aplicativo ou internet banking. 

Nenhuma multa ou tarifa é cobrada quando o débito automático é cancelado – a única diferença é que você passa a ter que ativamente fazer o pagamento de suas contas, de forma manual; caso contrário, você pode ficar inadimplente.

Quais as vantagens do débito automático?

São três as principais vantagens desse meio de pagamento:

  • Não atrasar o pagamento da conta;
  • Não se esquecer de realizar o pagamento ou se preocupar com aquela despesa;
  • Normalmente, é uma função gratuita e sem cobranças adicionais.

Desvantagens do débito automático

O débito automático também pode ter as suas desvantagens – que, se não houver cuidado, podem passar despercebidas:

  • Cobranças indevidas, por exemplo, com valor errado debitado da conta;
  • Perda do controle financeiro: quanto mais contas você coloca no débito automático, mais fácil fica se esquecer de pagar aquelas que não estão nele – e, assim, fica fácil perder o controle das suas finanças.
  • Não ter o dinheiro em conta: quem não tiver entradas fixas de renda, ou não tiver uma boa organização, arrisca chegar no dia do débito automático sem fundos para cobrir aquela conta. E aí, de duas, uma: ou a conta vai ficar atrasada (e, se não checar, a pessoa é capaz de não reparar), ou entram em ação os juros altíssimos do cheque especial.

Débito automático: vale a pena?

É preciso ter alguns cuidados e atenções se você pensa em usar o débito automático – a maioria relacionada a ter um planejamento financeiro eficiente e ao acompanhamento dos seus gastos e extrato. No geral, seguindo essas dicas, ele pode ser uma ferramenta que ajuda e facilita sua vida financeira:

  • Tenha saldo suficiente para pagar. É importante sempre garantir, próximo da data de pagamento, que você possui o valor necessário em conta para ser debitado;
  • Sempre confirme se o valor foi debitado na data de vencimento; assim, no caso de qualquer problema, você pode entrar em contato com a instituição financeira;
  • Verifique se são cobradas taxas. A maioria das instituições oferece o débito automático sem taxas adicionais, mas pode acontecer – por isso, sempre confirme se este é o caso antes de aderir ao débito automático;
  • Fique de olho nas contas de valor variável. Contas como a fatura do cartão de crédito mudam de valor a cada mês – para não ter surpresas desagradáveis, sempre confirme se o valor de sua fatura é o mesmo que foi debitado de sua conta;
  • Saiba quais contas estão no débito automático e quais não estão. Pode acontecer de você confundir quais despesas são pagas com ele e quais não são; portanto, para evitar problemas, sempre tenha um controle de como cada uma é paga. 

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

2.94

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post