Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Dicionário Financeiro Como funciona o débito a...

Como funciona o débito automático?

O serviço permite o pagamento automático de contas recorrentes usando o saldo da conta. Tire suas dúvidas.



Débito automático é um serviço oferecido por bancos e outras instituições financeiras para quitar automaticamente contas recorrentes (como de água e luz) usando o saldo em conta do cliente. Mas como funciona o débito automático na prática? Como faz para usar? Tem como cancelar? Entenda essas e outras questões abaixo.

Como funciona o débito automático?

O débito automático funciona como um meio de pagamento automatizado para contas frequentes, como de água, luz e telefone. Em vez de pagar o boleto de forma manual, a pessoa autoriza o débito automático e a instituição financeira faz o pagamento automaticamente todos os meses usando o saldo da conta.

Dessa forma, a pessoa garante que as contas vão ser pagas em dia sem precisar se preocupar com diversas datas de vencimento ao longo do mês – nem correr o risco de pagar multa e juros por atraso no pagamento. 

No Brasil, o débito automático é utilizado por 23% da população como uma forma de pagamento, segundo a pesquisa do Banco Central “O brasileiro e sua relação com o dinheiro“. Por outro lado, para apenas 1% da população esse método está entre os utilizados com mais frequência.

Quais contas podem ser pagas no débito automático?

De forma geral, o débito automático pode ser utilizado para quitar contas frequentes. Os exemplos mais comuns são luz, água, gás, telefone, internet e alguns tributos, como o IPTU.

Dependendo da instituição financeira, também é possível pagar outras contas em débito automático, como condomínio, mensalidade de escola e cursos de longa duração. 

Como colocar uma conta em débito automático?

O processo para colocar uma conta em débito automático varia. Em algumas instituições financeiras, como o Nubank, é possível automatizar o pagamento de contas diretamente pelo app. Para isso, a pessoa só precisa do código do débito automático (que pode ser encontrado no boleto da empresa que emite a cobrança ou entrando em contato com ela).

Saiba tudo sobre o débito automático Nubank

Em outras, o cliente precisa optar pelo débito automático na empresa que emite a cobrança, indicar os dados da conta e, só depois, confirmar a operação por algum canal de atendimento da instituição (como internet banking ou caixa eletrônico).

Antes de optar pelo débito automático, portanto, é importante conferir como funciona esse processo na sua instituição financeira.

É possível cancelar o débito automático de uma conta?

Sim, é possível cancelar o débito automático de uma conta. O processo para fazer isso, entretanto, também pode variar de acordo com cada instituição financeira.

No Nubank, por exemplo, dá para cancelar o débito automático de uma conta diretamente pelo app e com apenas alguns cliques. Veja como fazer.

Vale entender como isso funciona na sua instituição para garantir que o débito automático realmente foi cancelado.

O que acontece se não tiver dinheiro na conta para o débito automático?

Se a pessoa cadastrar um boleto em débito automático e, no dia do pagamento, não tiver dinheiro na conta, existem duas possibilidades:

  1. Caso o cliente tenha limite no cheque especial, a conta será paga usando esse recurso. O problema é que esse tipo de crédito tem juros altíssimos e pode impactar bastante o orçamento se não for quitado de forma rápida, por isso esta não é a melhor opção.
  2. Se o cheque especial não estiver disponível, o pagamento não será realizado e o cliente deverá quitar o boleto manualmente. Caso isso seja feito após a data de vencimento, também serão cobrados multa e juros pela empresa emissora da cobrança.

“Paguei uma conta que estava em débito automático. E agora?”

Se você pagou manualmente uma conta que estava em débito automático e não consegue pausar o pagamento automático naquele mês, o boleto será quitado duas vezes e você ficará com crédito na empresa que emitiu a cobrança.

Agora, se a sua instituição oferece a opção de pausar o débito automático por certo período, você pode fazer isso antes do pagamento para evitar a cobrança dupla. No Nubank, por exemplo, é possível fazer isso com apenas alguns toques no app (veja como desativar o débito automático no Nu).

Dá para transferir o débito automático de uma instituição para outra?

Se você cadastrou uma conta em débito automático na instituição X, mas mudou de ideia e quer realizar o pagamento pela Y, o processo de troca pode variar. Por isso, é essencial checar como funciona em cada caso.

No Nubank, por exemplo, é necessário primeiro cancelar o débito automático na instituição antiga para depois cadastrá-la no Nu.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post