Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Investimentos Como escolher um fundo d...

Como escolher um fundo de investimento?

Com tanta opção no mercado, como escolher os fundos que melhor atendem aos seus objetivos? Saiba o que você deve analisar.



Hoje existem milhares de fundos de investimento abertos no mercado. Com tantas opções disponíveis, como escolher um fundo de investimento com potencial de fazer o seu dinheiro render?

Entenda a seguir o que analisar.

Esse conteúdo foi originalmente postado no blog da Easynvest. Em 17 de agosto de 2021, a Easynvest virou Nu invest e esse conteúdo foi transferido para o blog do Nubank.

Conheça seu perfil de investidor

No mercado de Fundos de Investimento existem produtos que atendem diversos perfis. Eles vão desde o mais conservador até o mais arrojado. Assim, analise primeiramente o seu perfil de investidor para entender quanto risco você deve tomar.

Defina seu objetivo

Você quer investir a curto, médio ou longo prazo? Investimentos de curto prazo requerem fundos com estratégias mais conservadoras. Por outro lado, em investimentos de médio e longo prazo, é possível avaliar fundos que possuam funcionamento mais complexo.

Escolha o tipo de fundo

Existem vários tipos de fundos de investimento: fundos de renda fixa, de ações, multimercado, imobiliários, cambiais, e por aí vai. Cada um tem características que servem para diferentes tipos de estratégia.

Evite comparações

Fundos de diferentes tipos não são como duas geladeiras em que você pode comparar item a item. No geral, eles são estruturas complexas, com diferentes estratégias e potenciais de retorno.

Se for comparar diferentes fundos, faça isso com os que têm características parecidas. 

Conhece alguns fundos semelhantes e quer compará-los? Você pode utilizar o comparador de fundos da Investnews para ver suas possibilidades de rentabilidade.

Procure saber o máximo possível sobre o fundo

Essa parte requer tempo e paciência. O histórico de retorno de um fundo de investimento é uma informação importante, sem dúvidas. Mas não é a única a ser levada em conta.

É preciso saber e entender onde o fundo aloca os recursos e se ele busca superar ou acompanhar algum índice (Ibovespa, CDI ou taxa Selic). Também verifique taxas de administração, performance e prazos de resgate.

Analise o histórico

Os administradores e gestores também são obrigados a divulgar informações diariamente sobre cada fundo. Ou seja, valor da cota, patrimônio líquido e movimentação de ativos. Rentabilidade por cota e outras informações também devem ser periodicamente informadas aos investidores.

Busque esses dados e os alinhe com uma estratégia que reflete de verdade suas metas e seu perfil de investidor.

De olho nas taxas

A maioria dos fundos tem taxa de administração. Já a taxa de performance funciona como uma comissão pelos bons resultados do fundo, o que gera uma conciliação de interesses entre o gestor e o investidor.

As taxas impactam diretamente na rentabilidade dos fundos, por isso, é importante ficar com o olho aberto.

Atente-se aos prazos de resgate

O prazo de resgate, em geral, está ligado à estratégia do fundo. Por exemplo, um fundo DI é capaz de devolver o dinheiro para a conta do investidor até um dia útil após a solicitação do resgate. 

Já nos fundos com estratégia mais complexa, o prazo pode chegar a meses e até mais de um ano. Por isso, avaliar os prazos de liquidez, ou seja, a velocidade com que você vai receber o seu dinheiro de volta, é fundamental. Isso vai evitar que você tenha surpresas diante de um imprevisto. 

Da mesma forma, os valores de entrada, retirada e permanência mínima são tão importantes quanto os prazos de resgate.

Confira a tributação do Imposto de Renda

Os fundos de investimento podem ter regras de tributação diferentes. Fundos classificados como de longo prazo seguem a tabela regressiva do Imposto de Renda. Em síntese, eles são os mais comuns no mercado e têm estratégias de investimento para prazos maiores do que 365 dias. 

  • 22,5% para aplicações de até 180 dias;
  • 20% em aplicações de 181 dias a 360 dias;
  • 17,5% em aplicações de 361 dias a 720 dias;
  • 15% em aplicações de 721 dias ou mais.

Os fundos de ações são exceção. Eles têm alíquota de Imposto de Renda de 15% em qualquer tempo de aplicação.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.2

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post