Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início O Nubank Parcelamento mandatório...

Parcelamento mandatório da fatura Nubank: como funciona

Entenda melhor quando a fatura é automaticamente parcelada em caso de atraso e o que você pode fazer se não quiser esta opção.

Pagar o valor inteiro da fatura é sempre o ideal. Mas imprevistos acontecem e, às vezes, isso acaba não sendo possível. Se esse for o seu caso, fazer um parcelamento é melhor do que ficar em atraso e entrar no rotativo.

Porém, é preciso ficar atento: existem situações em que o parcelamento da fatura é obrigatório:  de acordo com o Banco Central, nenhum cliente pode utilizar o crédito rotativo por dois ciclos de fatura consecutivos. 

Entenda melhor abaixo como funciona o parcelamento mandatório.

Como funciona o parcelamento mandatório?

Esse parcelamento ocorre automaticamente quando o cliente  já está usando o crédito rotativo. Ou seja, fez um pagamento parcial na fatura anterior e deseja fazer um pagamento parcial novamente

Por determinação do Banco Central, nenhum cliente pode utilizar o crédito rotativo por dois ciclos de fatura seguidos. Em outras palavras: se em determinado mês o usuário já tiver um valor no rotativo e for realizar um pagamento parcial, a fatura será obrigatoriamente parcelada em até 24x, em alguns casos. com IOF (imposto obrigatório) e uma taxa de juros menor que os do rotativo.

Veja quando vale a pena parcelar a fatura do cartão.

O que acontece se eu não quiser o parcelamento mandatório?

Para que o parcelamento não aconteça, é necessário pagar o mínimo dos gastos do mês atual e também o valor que ficou em aberto do mês anterior.

Ou seja, a soma do valor do rotativo (valor não pago da fatura anterior) + o valor mínimo (que inclui juros e IOF de rotativo) da fatura atual,  que aparece para o cliente em azul no aplicativo.

  • Clique em “Gerar boleto” e depois em “Alterar valor”. Nesse momento, nós mostramos no app qual o valor mínimo a ser pago para evitar o parcelamento.

Lembrando que é sempre melhor pagar o valor inteiro da fatura. Assim, você evita dores de cabeça e juros maiores.

Quer parcelar a fatura do cartão de crédito Nubank? Veja aqui como fazer isso.

Coronavírus e IOF zerado

Antecipação da volta do IOF

Inicialmente, a medida valeria por 90 dias, mas uma série de prorrogações estenderam sua validade até dezembro. Porém, a volta do IOF em operações de crédito foi antecipada para 27 de novembro. O motivo foi financiar a isenção da tarifa de energia do Amapá. 

O estado foi atingido por um apagão de 22 dias e os moradores dos municípios afetados terão isenção da conta de luz dos últimos 30 dias.

Em um decreto publicado na noite de 25 de novembro de 2020, no Diário Oficial da União confirmou a retomada do IOF nas operações de crédito para custear os R$80 milhões necessários para isentar os moradores da cobrança.

Como ficam os empréstimos?

Quem contratou um empréstimo enquanto o IOF estava zerado terá a alíquota zerada até a parcela final. Por exemplo, caso você tenha contratado um empréstimo de 12 parcelas no dia 20 de novembro de 2020, o IOF não será cobrado durante todo esse período referente ao contrato.

Ficou com alguma dúvida? É só entrar em contato com a nossa equipe de atendimento, disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, pelos canais oficiais – como chat, e-mail e redes sociais.

3.95

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post