Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro O que são debêntures?

O que são debêntures?

Um tipo de investimento em renda fixa que é emitido por empresas - essas são as debêntures.

Um tipo de investimento de renda fixa que vem ganhando espaço nos últimos anos são as debêntures, que oferecem uma rentabilidade maior que a média dos demais produtos de renda fixa e risco proporcional. 

Basicamente, as debêntures são títulos de empresas emitidos para que ela possa captar, com os investimentos recebidos, capital para investir em algum projeto. Esses títulos possuem características próprias e que variam entre si, além de poderem ser de diversos tipos.

Parece complexo? Entenda, abaixo, o que são debêntures.

O que são debêntures?

Debêntures são títulos de dívidas, de médio e longo prazo, emitidos por empresas para financiar projetos, aumentar capital, reestruturar dívidas, entre outras finalidades. Isso porque é mais vantajoso emitir este título do que, por exemplo, contratar empréstimos com instituições financeiras – é uma captação mais barata e, às vezes, mais barata.  

Ao comprar uma debênture, o investidor empresta seu dinheiro para a empresa e recebe de volta uma remuneração definida no momento da aplicação. Esse é um investimento de renda fixa, já que logo no momento da compra de uma debênture o investimento sabe de quanto será o rendimento. 

É importante dizer que as debêntures são emitidas diretamente com as empresas, sem intermediários. É ela quem define as condições de pagamento, prazo da debênture (de médio ou longo prazo), a remuneração e as condições gerais.

Investir em debêntures

Antes de tudo, vale dizer que as debêntures são investimentos de renda fixa: apesar de possuirem taxas prefixadas ou pós-fixadas, já se sabe (ou se tem uma ideia) de qual será o rendimento anunal daquele título.

Ao investir em debêntures, o investidor se torna um credor da empresa, já que comprou um título de dívida. Isso significa que ele possui valores a serem recebidos da empresa, o que acontece no momento do resgate da debênture.

Apesar de ser emitida pela própria empresa, o investimento em uma debênture é feito por meio de uma corretora de investimentos – é preciso ter uma conta aberta em uma para poder investir. 

Além do rendimento oferecido, outro fator a se prestar atenção é o prazo do investimento: normalmente, o prazo mínimo de uma debênture é de dois anos, mas ela pode ser mais longa. Ess característica deve estar alinhada aos seus objetivos financeiros e planejamento. 

Outro ponto importante a se prestar atenção é a empresa que emite a debênture: ela pode ser tanto de capital fechado quando aberto (com ações na bolsa), contanto que não sejam bancos. Saber o histórico da empresa, seu momento atual, principais números e indicadores dão uma boa visão do risco do investimento, que também deve ser um fator decisivo para o investimento.

Tipos de debêntures

Existem diversos tipos de debêntures com características diferentes entre si – e que fazem diferença no resultado final do investimento. Os principais são: 

  • Debêntures Conversíveis: são debêntures que, em determinado prazo ou no vencimento do título, podem ser convertidas em ações da empresa. 
  • Debêntures não conversíveis ou Simples: como o próprio nome sugere, elas não podem ser convertidas em ações; quem compra esses títulos, portanto, recebe o valor pago mais a rentabilidade do período de validade; 
  • Debêntures Permutáveis: no venimento do título, o investidor pode escolher por receber, como forma de pagamento, ações ou ativos da empresa ao invés do valor aplicado+juros. 

Debêntures incentivadas

Um quarto tipo são as debêntures incentivadas, as mais conhecidas no mercado e que merecem uma explicação mais aprofundada. São aquelas em que a empresa utiliza o dinheiro captado com as debêntures para a execução de obras de infraestrutura e, por isso, obtém vantagens fiscais – que são repassadas para o investidor. 

Esse tipo de debênture é isento de IOF e Imposto de Renda, diferente das demais, que contam com ambas as tributações. As debêntures simples, por exemplo, têm o regime de tributação regressivo do Imposto de Renda.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post