Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro LCI e LCA: o que são e ...

LCI e LCA: o que são e como investir em cada uma

Os títulos de Renda Fixa que financiam atividades imobiliárias e de agronegócio não são tão comuns, mas têm suas vantagens. Conheça.

Quando se fala de investimentos de Renda Fixa, o LCI e o LCA aparecem como algumas das opções mais populares. Mas o que são essas siglas? Vale a pena investir nelas?

O que é LCI? E o que é LCA?

LCI e LCA são, respectivamente, as siglas para Letra de Crédito Imobiliário e Letra de Crédito do Agronegócio. Elas são títulos de renda fixa emitidos por bancos e cujos recursos captados – o dinheiro de quem investe nos títulos – são usados para financiar atividades do ramo imobiliário e atividades do agronegócio. 

Como acontece com todo o investimento, em troca desse “empréstimo”, o investidor recebe pagamento de juros, que são estabelecidos no momento da compra do título. A data de vencimento também é determinada quando o título é comprado.

Os títulos são tanto prefixados – aqueles em que já se sabe, logo ao investir no título, o quanto receberá de rendimento até o seu vencimento – quando pós-fixados – que têm parte de seu rendimento atrelado a um indexador que varia, como o IPCA ou até mesmo o CDI.

Diferença entre LCI e LCA

As únicas grandes diferenças entre LCI e LCA são o setor que financiam – imobiliário ou do agronegócio – além de, claro, a rentabilidade, prazo da aplicação e aporte inicial. Normalmente, esses são os fatores que devem ser considerados ao investir em algum deles.

Uma característica dos títulos de LCI e LCA é a baixa liquidez – ou seja: depois de investir, pode demorar para conseguir resgatar seu dinheiro. Isso varia conforme o banco emissor do título, mas, no geral, o investimento só pode ser resgatado na data de vencimento. Algumas instituições podem oferecer o resgate total ou parcial depois de 90 dias de aplicação, mas isso não é regra.

Normalmente, quanto maior o prazo de vencimento, maior a rentabilidade – mas, por outro lado, menor a liquidez, já que o investidor demorará mais tempo para resgatar o valor investido.

Vale dizer: como outros investimentos em Renda Fixa, a LCI e LCA têm cobertura do FGC (Fundo Garantidor de Créditos).

Impostos e taxas da LCI e LCA

Uma das vantagens da LCI e LCA é a isenção de Imposto de Renda. Isso significa que os rendimentos não são tributados – mas não necessariamente isso faz com que a LCI e LCA rendam mais.

É importante avaliar o rendimento e também o valor do investimento mínimo, além de compará-los com outros investimentos, para decidir se vale ou não a pena para seu perfil.

LCI e LCA são seguras?

Esses são títulos de Renda Fixa considerados seguros. O risco maior é de a instituição financeira que o emitir quebrar ou entrar em falência – e, mesmo neste caso, existe a cobertura do FGC de até R$ 250 mil por CPF. 

De qualquer forma, é importante investir em bancos ou emissores que tenham uma classificação de risco – ou rating – melhor. Quanto maior a nota de rating, no geral, menor as chances de falência ou de a instituição quebrar. 

Vale a pena investir em LCI e LCA?

Tudo depende de seus objetivos financeiros e de seu perfil, mas, basicamente: LCI e LCA são investimentos seguros de renda fixa, com boa rentabilidade, mas que oferecem praticamente nenhuma liquidez. 

Ou seja: se você precisar resgatar o seu dinheiro antes do vencimento, vai perder os rendimentos.

Por isso, não são os mais indicados para quem ainda não possui uma reserva de emergência, onde o dinheiro deve estar sempre disponível para resgate. Ela é interessante para quem possui objetivos de médio a longo prazo, alinhados com o prazo de vencimento dos títulos. 

Além disso, vale ressaltar que a aplicação mínima nos títulos de LCI e LCA pode ser mais alta que os de CDBs, fundos de Renda Fixa e certamente de títulos do Tesouro Direto.

Mas, novamente: tudo depende da avaliação que você faz de sua vida financeira e do quanto eles se encaixam com ela. 

Como investir em LCI e LCA

Bancos e corretoras de investimentos oferecem LCI e LCA. Investir nos títulos é simples: basta ser cliente ou ter uma conta em alguma instituição que ofereça, ter saldo disponível para tal e aplicar. 

Nem todas as instituições oferecem esses títulos, já que financiam setores específicos da economia, então, antes de tudo, é bom pesquisar. E, claro: prestar atenção à data de vencimento e todas as características do título antes de de fato aplicar.

Quer saber mais sobre conceitos básicos de investimento?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.56

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post