Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Produtos Conta do Nubank Como é cobrado o IOF e ...

Como é cobrado o IOF e IR da conta do Nubank?

Dois impostos obrigatórios são cobrados dos rendimentos da conta do Nubank - e mesmo assim, ela é uma opção melhor que a poupança.

A conta do Nubank foi pensada para livrar os brasileiros da burocracia dos grandes bancos, das filas de agências e de taxas abusivas – por isso, ela é totalmente digital e sem taxas de manutenção.

Além dessas características, o dinheiro aplicado nela ainda rende diariamente a um taxa maior que a da poupança.

Sobre esse rendimento bruto, são cobrados somente dois impostos obrigatórios:

Esses dois impostos também são cobrados em outras modalidades de investimento.

É importante ressaltar que eles incidem somente nos rendimentos – e não sobre o valor inicial colocado na conta do Nubank.

Por exemplo: se você depositar R$ 100 na conta, não irá pagar impostos sobre esse valor – somente sobre o quanto ele render. Se em determinado período seu rendimento bruto for de R$ 5, os impostos incidirão somente sobre esse valor, não sobre o saldo total da conta.

Nosso aplicativo mostra o quanto você pagará de impostos no total e quanto é correspondente ao IR e ao IOF – abaixo, listamos as principais dúvidas sobre os impostos:

Em que momento o IOF e IR são cobrados na conta do Nubank?

O IOF é cobrado somente quando existe retirada de dinheiro da conta – em transferências, pagamento de fatura e pagamento de boleto, por exemplo.

Já o IR é cobrado logo que seu dinheiro começa a render: o saldo líquido da sua conta que aparece no app Nubank já teve o desconto do Imposto de Renda.

Qual o valor do IOF cobrado na conta do Nubank?

O IOF cobrado corresponde a uma porcentagem do rendimento, que varia de acordo com o número de dias que o saldo ficou depositado na conta, quando ocorre o saque dos valores depositados.

Essa porcentagem é regressiva, ou seja: quanto maior o número de dias que o valor não for resgatado, menor será a porcentagem do rendimento que incidirá o IOF.

Por exemplo:

  • Se o depósito for resgatado depois de 3 dias, o IOF será cobrado sobre 90% dos rendimentos.
  • Se o depósito for resgatado depois de 10 dias, será cobrado sobre 66% dos rendimentos.
  • Se o depósito for resgatado depois de 30 dias, não incidirá sobre os rendimentos.

A tabela do IOF regressivo pode ser conferida aqui.

Qual o valor do Imposto de Renda cobrado?

A alíquota do Imposto de Renda que incide sobre os rendimentos também varia de acordo com o prazo da aplicação. Ou seja: quanto mais tempo o dinheiro fica, menor a porcentagem de imposto de renda que incide sobre ele.

  • Prazo da aplicação de até 180 dias: alíquota de 22,5%
  • Prazo da aplicação de 181 a 360 dias: 20%
  • Prazo da aplicação de 361 a 720 dias: 17,5%
  • Prazo da aplicação acima de 720 dias: 15%

Mesmo com  IOF e IR, a conta do Nubank continua valendo a pena?

Mesmo com a cobrança desses impostos, a conta do Nubank continua sendo mais vantajosa do que a poupança – independentemente do número de dias que você levou para resgatar o saldo.

Por que?

O principal motivo é que a conta do Nubank rende diariamente. Como os impostos são cobrados somente sobre o rendimento, e não sobre o valor inicial, ela continua sendo mais vantajosa do que a poupança.

Além disso, os rendimentos podem ser resgatados a qualquer momento. Na poupança, se você sacar os valores depositados em menos de 30 dias, não receberá os rendimentos. Eles só podem ser resgatados depois do aniversário da poupança – isto é, depois de 30 dias.

Também vale lembrar que, depois de trinta dias na conta do Nubank, o IOF não é cobrado sobre os rendimentos – somente o Imposto de Renda incide. Como a rentabilidade é maior que a da poupança, os rendimentos serão maiores no momento do resgate.

E tem mais: a partir do dia 01 de setembro de 2020, a regra para ordem de retirada de depósitos na conta do Nubank – em outras palavras, quando você usa seu dinheiro para pagar contas, fazer transferências, uso no débito, etc – volta a ser aquela que prioriza o melhor rendimento para nossos clientes.

Ou seja: toda vez que você usar o dinheiro depositado na sua conta do Nubank, o depósito “retirado” será aquele que garante os melhores rendimentos líquidos para você.

Confira uma comparação mais profunda entre a conta do Nubank e a poupança.

A NuConta mudou de nome e agora é a conta do Nubank. Ela continua ajudando nosso clientes a simplificar suas vidas financeiras e oferecendo os mesmos benefícios. Explicamos mais sobre essa mudança aqui.

4.27

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post