Início Seu Dinheiro O que é IOF e como ele ...

O que é IOF e como ele afeta a sua viagem internacional

Entenda o imposto para não ter surpresas na fatura no fim do mês.

Antes de embarcar para o exterior vale perder alguns minutos para entender o que é IOF – o imposto que aumenta em mais de 6% os seus gastos com cartão fora do país.

O que é IOF – e por que ele importa

IOF é a sigla para Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Ele é cobrado pelo Governo Federal em diferentes situações – como operações de crédito, câmbio, seguro e algumas aplicações financeiras.

O valor do IOF varia conforme o tipo de operação realizada – mas ele só aparece na fatura do cartão de crédito quando o cliente realiza algum tipo de ação que é classificada como uma “operação financeira”.

Uma das situações em que o imposto aparece é quando há atraso no pagamento da fatura do cartão (Veja aqui todos os detalhes de quando o IOF pode aparecer na sua fatura).

Outra situação é justamente quando o cliente faz qualquer tipo de compra no exterior – seja pela internet em sites estrangeiros ou em lojas físicas.  E isso tem tudo a ver com o planejamento de viagens internacionais.

IOF para gastos no exterior

Quem utiliza o cartão de crédito no exterior, seja para gastos presenciais, saques ou compras online, paga imposto ao governo porque existe uma operação de câmbio envolvida nesse processo.

O IOF para gastos com cartão no exterior é de 6,38% sobre o valor das compras em Reais.

Se você fizer uma compra no exterior, precisa calcular quanto ela vai custar em Reais de acordo com a variação cambial e aplicar o imposto sobre este valor.

Um exemplo: uma compra no exterior equivalente a R$1.000 vai ser cobrada em sua fatura como R$ 1063,80 por causa do IOF. Para saber o IOF sobre cada movimentação, consulte sempre o Custo Efetivo Total do cartão.

Por isso é preciso incluir o IOF na hora de planejar os gastos de viagem. Lembre-se: o imposto aparece também quando você paga uma conta de restaurante, um hotel, ou compra uma lembrancinha no exterior.  

No vídeo a seguir, explicamos o que é o IOF:

Viajar com dinheiro vivo vale a pena?

Comprar dinheiro vivo (fazer aquisição de moeda em espécie) para a viagem tem um IOF menor: você paga 1,1% de imposto nesse tipo de operação, também sobre o valor em Reais. Por outro lado, sempre existe um risco envolvido ao carregar notas por aí.

O melhor conselho é se planejar.

Por exemplo, pode valer mais a pena usar o cartão de crédito dependendo das vantagens, pontos e milhas que você acumula com seus gastos.

E lembre-se: além do IOF, quem gasta no exterior com cartão de crédito está sujeito à variação cambial – a mudança de valor das moedas estrangeiras em relação ao Real.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Digite seu nome

Quero receber a newsletter