Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro A Black Friday vai mudar...

A Black Friday vai mudar na pandemia?

Aumento de compras online e menos tempo em lojas físicas: quais as previsões para o maior evento de descontos do ano.

Filas gigantes em frente às lojas, correria e até empurra-empurra para garantir aquele produto que você esperou entrar na promoção para adquirir. Essa cena sempre foi comum durante a Black Friday, data que movimenta o comércio por conta das ofertas tentadoras concentradas em apenas alguns dias. 

Porém, 2020 não é um ano comum – e cenas como essa também não devem ser vistas na edição que acontece no dia 27 de novembro. Por conta da pandemia do novo coronavírus, além da mudança de rotina e renda da população, o comércio também trabalha com novas regras e horários de funcionamento. As recomendações continuam exigindo cuidado, mesmo com a flexibilização e reabertura de vários estabelecimentos ao redor do país.

Mas, afinal, a black friday vai mudar na pandemia?

Tendência de aumento nas compras online

O varejo online brasileiro faturou cerca de R$ 3,2 bilhões na Black friday 2019, segundo dados da Ebit Nielsen, entidade que mede a reputação das lojas virtuais por meio de pesquisas com consumidores. Para o E-commerce Brasil, a Black Friday deste ano deve crescer 20% em relação às vendas do ano passado.

Desde o início da pandemia, em março de 2020, 86% dos brasileiros conectados à internet realizaram compras online. Por esse motivo, a expectativa do comércio é que essa tendência continue.

Vale dizer que, com o fim do ano se aproximando, muitos consumidores devem aproveitar as ofertas da data para garantir os presentes de Natal.

E as compras presenciais?

Na black friday deste ano, as compras presenciais devem mudar. Segundo uma pesquisa feita pela McKinsey & Company, 30% dos entrevistados afirmaram que, ao optar pela compra presencial, devem passar menos tempo dentro das lojas e 26% diz visitar o comércio menos frequentemente, só quando necessário.

É importante lembrar que os estabelecimentos precisam cumprir as recomendações de reabertura: o uso de máscara e a disponibilização de álcool em gel, por exemplo, são obrigatórios.

O horário de funcionamento varia de acordo com cada cidade, por isso, o ideal é verificar as informações e evitar aglomerações.

Que tal usar o cartão virtual para compras pela internet?

Para quem decidir aproveitar a black friday de casa, o uso do cartão virtual pode ser uma boa opção – já que as transações podem ser feitas pela internet.

No Nubank, por exemplo, o uso do cartão de crédito virtual cresceu 31% entre os dias 24 de março e 24 de abril, quando diversas cidades brasileiras já seguiam as recomendações de distanciamento social. 

O cartão virtual é uma opção desenvolvida para oferecer mais segurança e praticidade ao cliente na hora de realizar compras em sites e aplicativos nacionais e estrangeiros. Na prática, ele é um cartão de crédito ou de débito que pode ser usado somente em gastos feitos pela internet. 

Ele possui uma sequência de números, um código verificador e uma senha, e pode ser gerado no aplicativo das instituições financeiras ou ser uma imagem já disponível de forma online para o cliente.

Vale ressaltar que para ter um cartão de crédito virtual é necessário ter uma versão física no banco escolhido. Para a função débito, não é necessário.

Quer dicas para se preparar para a Black Friday e realizar compras online com segurança? 

Leia também:

Black Friday: saiba quais são os direitos do consumidor

5 dicas para usar seu cartão Nubank na Black Friday

6 dicas para aproveitar a Black Friday com segurança

BlackFraude? Como garantir que uma oferta vale a pena?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post