Black Friday

Black friday

Quais os direitos do consumidor?

10 de novembro de 2020

A Black Friday acontece no dia 27 de novembro

Nessa data e nas semanas anteriores crescem tanto as promoções quanto os problemas – como preços desonestos, falhas em entregas e atendimento ineficiente.

Com isso em mente, é importante conhecer seus direitos na hora de comprar um produto – especialmente considerando que, devido à pandemia, muitas compras serão online.

1

Pagar o preço anunciado

Em alguns sites, o preço anunciado muda no momento em que o cliente envia o produto para o carrinho.

O Procon orienta a sempre verificar os valores no carrinho virtual antes de fechar a compra. A regra é clara: o preço que vale é sempre o menor.

Se o produto apresentar um defeito não informado ou for diferente do que foi pedido, o consumidor pode solicitar a troca ou conserto. A loja tem até 30 dias para realizar a troca de produtos não duráveis e 90 dias para bens duráveis.

2

Possibilidade de troca

3

Direito de se arrepender

Comprou por impulso e não quer mais o produto? Tudo bem. O Código de Defesa do Consumidor garante o direito de solicitar o valor de volta – com a condição de não ter usado o produto. O prazo para comunicar a loja é de 7 dias após o recebimento.

4

Garantia de entrega

Se a compra for concluída, a loja não pode alegar falta de estoque. Isso vale para pagamentos feitos com cartão de crédito e boleto bancário (pago até a data de vencimento).

O estabelecimento é responsável por garantir a entrega e não pode culpar os correios ou outras empresas.

direitos?

Como reivindicar seus

A recomendação do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor é que o cliente primeiro tente entrar em contato com o fornecedor. Se mesmo assim o caso não for resolvido, pode registrar uma reclamação no Procon ou entrar com ação no Juizado Especial Cível.