Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Como foi o primeiro dia ...

Como foi o primeiro dia do Pix? Veja se ele funcionou bem

Segundo o Banco Central, mais de 1 milhão de transações foram feitas via Pix no dia 16 de novembro.

O Pix, novo meio de pagamentos instantâneos do Banco Central, foi lançado para todos os usuários das instituições que o oferecem nesta segunda-feira, 16 de novembro. 

A partir de agora, qualquer um pode fazer transferências e pagamentos instantâneos usando esse novo meio – a qualquer momento, em qualquer dia da semana e, para pessoas físicas, quase sempre gratuitamente. 

Por isso, não à toa, o primeiro dia do Pix foi cheio de novidades e números animadores – ainda que também tenha passado por algumas instabilidades.

Mais de 1 milhão de transações

Segundo o Banco Central, mais de 1 milhão de pagamentos ou transferências foram feitos pelo Pix no dia 16 de novembro: foram 1.005.028 transações até às 18h do primeiro dia.

No total, foram movimentados mais de R$ 777 milhões pelo Pix, considerando as transações que foram liquidadas – isto é, que foram concluídas.

Outros dois números relevantes foram divulgados pelo Banco Central:

  • O valor médio das transações do Pix foi de R$ 773,43, considerando todas as transações liquidadas até as 18h do dia 16;
  • O total de chaves cadastradas até o momento já passa de 73 milhões; vale lembrar que cada usuário pessoa física pode registrar até cinco chaves por conta, portanto, esse número não representa o número de pessoas que registraram chaves.

Instabilidades pontuais

Nos primeiros dias do Pix, pode acontecer de as instituições que oferecem o Pix apresentarem instabilidades no sistema. 

No dia 16, segundo o Banco Central, ocorreram “incidentes pontuais esperados para o primeiro dia de operações amplas”. O BC afirma que, no geral, as operações ocorreram de forma normal, com números que expressam a efetividade do Pix.

Pagamentos programados e cashback no radar

Em coletiva de imprensa realizada nesta segunda-feira, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse que o Pix vai oferecer novas funcionalidades – pagamentos programados (como o agendamento de um Pix) e cashback para os usuários são algumas delas. 

Não existe uma previsão de data de quando isso será oferecido ou mais detalhes de como deve funcionar, mas indica a intenção do BC de aprimorar o Pix com o tempo.

Afinal, como usar o Pix?

Desde o dia 16, já é possível fazer e receber pagamentos e transferências pelo Pix, a qualquer momento e em qualquer dia da semana. Com o Pix, é possível pagar informando apenas a chave do Pix, sem a necessidade de passar todos os dados pessoais e bancários. 

Outra opção oferecida pelo Pix é pagar com a leitura de um QR Code – até mesmo em estabelecimentos físicos, por exemplo. 

Com o Pix, fazer transações financeiras ficou muito mais acessível e fácil: não é necessário esperar horas e até dias para fazer pagamentos, ou fazê-los só no horário comercial, de segunda a sexta-feira, ou pagar tarifas abusivas por isso.

Veja tudo sobre o Pix e suas vantagens

5

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post