Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Dicionário Financeiro PIX: pagamentos instanta...

Pix: pagamentos instantâneos começam em novembro

Novo sistema de transferências e pagamentos anunciado pelo Banco Central começa a funcionar dia 3 de novembro. Entenda.

Para quem estava curioso para saber quando o Pix, o meio de pagamentos instantâneos, vai começar a funcionar, a espera acabou. No dia 12 de junho, o Banco Central publicou a Circular nº 4.027, que estabelece 3 de novembro como a data oficial para o novo meio entrar em funcionamento – chegando a plena atividade no dia 16 do mesmo mês.

Além disso, a circular também institui o Sistema de Pagamentos Instantâneos (SPI), a Conta Pagamentos Instantâneos (Conta PI) e regulamenta o novo meio de pagamento.

SPI e Conta PI? O que é isso?

Segundo a circular do Banco Central, SPI é “a infraestrutura centralizada de liquidação bruta em tempo real de pagamentos instantâneos que resultam em transferências de fundos entre seus participantes titulares de Conta Pagamentos Instantâneos (Conta PI) no Banco Central do Brasil”.

Ou seja: SPI é o sistema que vai possibilitar as transações em tempo real.

Já a Conta PI, apesar do nome, não é uma conta para o usuário final do Pix – mas para as instituições financeiras que vão realizar os pagamentos instantâneos se conectarem ao sistema. 

Por isso, não se preocupe: se você já tem conta em banco ou fintech, provavelmente não terá que abrir mais uma para usar o Pix. Afinal, bancos e instituições financeiras com mais de 500 mil clientes deverão se adequar à tecnologia para atender aos prazos.

Relembrando: o que é o Pix?

Basicamente, Pix é um novo meio de pagamento, anunciado em fevereiro pelo Banco Central, que facilitará a transferência de valores entre pessoas, o pagamento de contas e até recolhimento de impostos e taxas de serviços, entre outras possibilidades. 

A grande diferença para outros meios que já existem é a rapidez e a disponibilidade deste sistema: enquanto hoje há restrições de dias e horários para enviar quantias através de TED e DOC e realizar pagamentos de contas, o Pix permitirá que elas sejam realizadas a qualquer dia e horário – mesmo aos finais de semana.

Entenda aqui como o Pix vai funcionar e como serão as transações

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.41

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post