Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro O que acontece no Pix no...

O que acontece no Pix no dia 5 de outubro?

O registro das Chaves Pix começa em outubro. Tire todas as suas dúvidas sobre o que é essa etapa e como ela vai funcionar para os clientes.

O Pix, novo meio de pagamentos do Banco Central, começa a funcionar no mês de novembro. Antes disso no entanto, já no dia 5 de outubro, poderão ser feitos e confirmados os registros das chaves nas instituições desejadas. Também é a partir dessa data que serão confirmados os pré-registros de chaves que foram feitos.

Isso significa que os usuários que quiserem poderão deixar suas chaves prontas e vinculadas às contas que usam.

Lembrando: a chave é como um “apelido” para a conta do seu banco, o único dado vinculado à sua conta que você precisará compartilhar para receber transferências ou pagamentos. Ela pode ser o seu CPF, número de telefone, e-mail ou a chave aleatória, gerada no próprio app de sua instituição. Veja tudo sobre as chaves do Pix. 

Como toda novidade, o Pix ainda gera certa confusão. Confira, abaixo, as respostas para as principais dúvidas sobre o cadastro de chaves do Pix no dia 5 de outubro.

O que acontece com o Pix dia 5 de outubro?

No dia 5 de outubro, já será possível registrar as chaves Pix no sistema do Banco Central. Na prática, as instituições que haviam aberto um pré registro vão confirmar seu interesse e depois podem mandar esses pedidos para o registro. A partir dessa data, quem não participou do pré-registro e quiser registrar uma chave Pix, poderá fazê-lo direto no app ou site da sua instituição.  

Preciso fazer alguma coisa no dia 5?

Se você fez o pré-registro de chaves do Pix em alguma instituição, será necessário confirmar essa intenção para que a chave seja adicionada à conta com sucesso e, a partir de novembro, você possa receber transferências e pagamentos compartilhando apenas as chaves registradas.

Se você não fez o pré-registro de chaves em nenhuma instituição, a partir do dia 5 você pode fazer o registro das chaves se e onde e se quiser. Não é obrigatório registrar uma chave do Pix para utilizá-lo, mas elas trazem maior conveniência na hora de enviar e receber dinheiro.

O que é o pré-registro de chaves do Pix? 

Algumas instituições que vão oferecer o Pix já permitem fazer o chamado “pré-registro” de chaves do Pix. Ele nada mais é do que uma intenção que o usuário demonstra em registrar suas chaves naquela instituição, vinculada àquela conta. O pré-registro sinaliza a intenção de uso daquela conta para suas chaves do Pix, mas ainda não é um registro oficial com o Banco Central.

Fiz o pré-registro de chaves em várias instituições. E agora?

As instituições onde você fez o pré-registro de chaves precisam confirmar sua intenção de registro no dia 5 de outubro para poder adicionar as chaves à conta. Se você fez o pré-registro de seu CPF em três instituições, as três poderão confirmar o registro no dia 5, mas ele só poderá ser adicionado a uma conta.

Nesse dia, a primeira instituição na qual você confirmar o registro de uma chave para enviá-lo para o Banco Central vai garantir o vínculo dela à sua conta. Se, depois disso, o usuário confirmar o pré-registro dessa mesma chave em outra instituição, poderá dar início a um processo de portabilidade de chave, em que é feita uma mudança da conta à qual a chave está vinculada.

Um exemplo: 

  • Você fez o pré-registro de seu CPF como uma chave do Pix em três bancos: A, B e C;
  • No dia 5/10, você confirmou o registro dessa chave no banco A e ela foi vinculada à sua conta no banco A;
  • Algumas horas depois, você confirmou o registro desse mesmo CPF como chave no banco B. O banco B irá te perguntar se você quer dar início a um processo de portabilidade para migrar sua chave do banco A para o banco B.
  • Se você confirmar a portabilidade, e então tentar confirmar o registro dessa mesma chave na instituição C antes de terminar portabilidade, não será possível adicioná-la. Você precisará concluir ou cancelar a portabilidade antes de prosseguir.

Por isso, fique atento: sua chave será adicionada à instituição onde você confirmar o registro efetivo primeiro. Depois, caso queira mudar, será necessário fazer a portabilidade de chaves.

Adicionei uma chave a uma conta, mas mudei de ideia. O que posso fazer?

Já no dia 5 de outubro será possível pedir a portabilidade de chaves do Pix ou até mesmo apagar uma chave vinculada a uma conta específica. Isso poderá ser feito de duas maneiras, dependendo da instituição: 

  • O usuário deve pedir, diretamente na instituição para onde deseja migrar suas chaves, a portabilidade daquelas que quiser migrar;
  • A portabilidade também pode começar quando alguém tenta cadastrar uma chave já registrada em outra conta: você receberá uma mensagem perguntando se deseja ou não iniciar a portabilidade.

Veja mais sobre como será feita a portabilidade de chaves do Pix.

Não fiz o pré-registro de chaves. Ainda posso adicionar alguma chave?

Sim! A partir do dia 5 é exatamente isso que será possível: adicionar e gerenciar chaves às contas que você desejar.

Já posso fazer transferências e pagamentos usando o Pix?

Ainda não – o Pix poderá ser usado como um meio de pagamento a partir do dia 16 de novembro. Por enquanto, é possível adicionar e gerenciar chaves às contas que você deseja.

Ainda não conhece o Pix? Saiba tudo sobre o novo meio de pagamentos. 

4.46

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post