Complete abaixo para pedir sua conta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro O que é um Banco Digita...

O que é um Banco Digital? Qual a diferença para um banco tradicional?

Hoje, é possível ter o controle das finanças sem a burocracia, as tarifas caras e o péssimo atendimento dos bancos comuns.

Se, antigamente, os bancos tradicionais eram a única opção para quem precisava movimentar seu dinheiro – seja receber o salário, transferir para outra conta ou até mesmo guardá-lo –, com o avanço da tecnologia e da internet novos modelos começaram a surgir e desafiar o sistema, incluindo o banco digital.

Hoje, é possível ter o controle das finanças sem a burocracia, as tarifas caras e o péssimo atendimento dos bancos comuns.

O que é um Banco Digital?

Banco Digital é o nome dado às instituições financeiras que funcionam de forma online. Isso significa que praticamente tudo o que o cliente precisa pode ser feito virtualmente – da abertura da conta ao atendimento e pagamento de boletos.

Outra característica de um banco digital é que ele, de forma geral, não possui uma estrutura física como os bancos tradicionais (agências e postos de atendimento, por exemplo), o que diminui bastante seu custo de operação.

Por conta disso, bancos digitais conseguem oferecer serviços a um preço mais baixo ou até mesmo gratuitos aos clientes. Eles são parte de um movimento maior conhecido como fintechs – empresas que usam a tecnologia para mudar o mercado financeiro.

(Um exemplo é o Nubank, que nasceu em 2013 com a missão de devolver às pessoas o controle sobre o seu dinheiro. Veja mais sobre o Nubank aqui.) 

Mas não confunda banco digital com banco digitalizado…

Apesar de muitos bancos tradicionais oferecerem app e internet banking para os clientes realizarem algumas operações online, eles não são considerados bancos digitais – mas bancos digitalizados.

Afinal, para diversos serviços ainda é necessário ir a uma agência ou caixa eletrônico – até mesmo para desbloquear o app.

Bancos digitais são aqueles que nasceram online e concentram toda sua operação virtualmente.

Quais serviços os bancos digitais oferecem?

Depende de cada instituição, mas os serviços oferecidos por bancos digitais são bem parecidos com os de outros bancos – como cartão de crédito, cartão de débito, conta digital (entenda aqui a diferença para conta corrente), empréstimo e conta PJ.

E quais as vantagens de um banco digital?

Como essas instituições costumam ter um custo de operação menor que as organizações tradicionais, elas conseguem oferecer serviços mais baratos ou até gratuitos – como cartão de crédito sem anuidade e conta sem tarifas de manutenção.

Outra vantagem de um banco digital é que tudo é feito online. Não é necessário ir a uma agência para abrir conta, pagar boletos, transferir dinheiro ou fazer alguma alteração no cadastro – isso pode ser feito pelo app ou por outros canais de atendimento.

Tudo isso sem a tradicional burocracia do sistema financeiro.

Mas os bancos digitais são seguros?

Da mesma forma que o Banco Central (BC) fiscaliza os bancos tradicionais, ele também regula as fintechs brasileiras que oferecem conta digital, cartão de crédito, empréstimo e outros serviços financeiros.

Isso significa que os bancos digitais também têm que seguir regras específicas para continuar operando. 

Além disso, o Conselho Monetário Nacional (CMN) anunciou, em abril de 2019, novas regras de segurança para instituições financeiras operarem na internet. 

Segundo a Resolução nº 4658, essas empresas precisam ter uma “política de segurança cibernética”, e define “requisitos para a contratação de serviços de processamento e armazenamento de dados e de computação em nuvem”.

Essa medida surgiu como uma forma de trazer ainda mais segurança aos clientes. 

Como escolher um banco digital?

Cada instituição oferece serviços e propostas diferentes, por isso é importante entender as suas necessidades e buscar a melhor opção – da mesma forma que escolheria um banco tradicional:

  • Confira quais os pacotes de serviço oferecidos;
  • Cheque o valor das tarifas cobradas;
  • Veja a opinião das pessoas em sites como Reclame Aqui;
  • Avalie a nota do app na Google Play ou na App Store (afinal, tudo será feito pelo aplicativo).

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post