Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Saque-aniversário do FGT...

Saque-aniversário do FGTS: como usar e quais os prós e contras?

Entenda como sacar anualmente parte do fundo de garantia e se realmente vale a pena.



Desde 2019, quando foi aprovado, o saque-aniversário do FGTS vem sendo uma opção para milhões de brasileiros. Segundo o Ministério da Economia, de janeiro a agosto de 2021, foram feitos mais de 10 milhões de saques. Em 2020 foram movimentandos R$ 8,4 milhões. 

Mas… Como funciona o saque-aniversário? Ele realmente vale a pena? A resposta é: depende da sua realidade financeira. 

Entenda os prós e contras da modalidade saque-aniversário para sacar o seu FGTS.

O que é mesmo o saque aniversário?

O saque-aniversário é uma nova modalidade de uso do FGTS criada em 2019 por meio da Lei nº 13.932/2019. Com ela, trabalhadores podem sacar uma quantia do saldo do FGTS uma vez por ano. 

O FGTS surgiu em 1960. O Fundo Garantidor por Tempo de Serviço foi anunciado pelo governo na época como uma espécie de “poupança programada”- um investimento com prazo definido para resgate que ajudaria os trabalhadores a manter um dinheiro guardado, quietinho… 

A regra era simples: o FGTS só poderia ser sacado para financiar um imóvel, se o trabalhador se aposentasse, tivesse autorização do governo para fazer saques emergenciais, e a opção do saque-recisão: quando o profissional é desligado sem justa causa. Com o saque-aniversário, o trabalhador passa a ter mais uma opção para resgatar este dinheiro. 

Quais são as vantagens e desvantagens do saque-aniversário?

Como quase tudo na vida, o saque-aniversário também possui os seus prós e contras. O importante é entender todos esses pontos e avaliar o que faz mais sentido para você. Para te ajudar a entender, criamos a tabela abaixo e explicamos cada pró e contra: 

VantagensDesvantagens
Dinheiro extra: acessar um valor que é seu, mas que antes não poderia sacá-loNão ter direito a sacar todo o saldo da conta em caso de demissão por justa causa. Caso queira voltar a opção de saque-recisão, é preciso esperar 2 anos
Além de sacar uma % do saldo da sua conta, você também receberá uma parcela adicionalCom um saldo menor,  o lucro do FGTS repassado será menor –  que hoje tem rentabilidade de 3% ao ano
Poder usar o valor para investi-lo em outro lugarCom um saldo menor, você terá menos valor disponível para financiar a casa própria – com isso, aumentando possivelmente o valor a ser financiado e os juros. 

Vantagens do saque-aniversário

Dinheiro extra

Não quer dizer necessariamente que você “ganhará” dinheiro, mas que terá acesso a um valor que é seu – por direito – que antes não poderia acessá-lo. O saque-aniversário permite que você receba um depósito anual, no mês do seu aniversário, correspondente a uma porcentagem do saldo da sua conta. 

Veja os valores e porcentagens na tabela do saque-aniversário do FGTS

Em momentos difíceis economicamente, esse dinheiro pode ser uma boa saída para não ficar no vermelho e poder pagar as dívidas – ou até mesmo contar com esse valor em vez de recorrer a empréstimos, parcelamentos do cartão de crédito, ou outras opções que incluam pagar mais e mais juros. 

Ganhar uma parcela adicional fixa

De acordo com a tabela do saque-aniversário, além de receber uma vez ao ano uma porcentagem do saldo da sua conta FGTS, você também recebe um valor a mais – chamada de “parcela adicional fixa”.

Ela também vai depender do valor que você tem disponível em conta. 

Exemplo: se você tem um saldo de R$ 10.000 em sua conta do FGTS, a tabela prevê que você receberá 20% do saldo, mais uma parcela adicional de R$ 650, chegando ao valor de R$ 2.650 – esse é valor total do saque-aniversário que será depositado em sua conta. 

Ou seja, o valor dessa parcela adicional faz parte do saldo da sua conta do FGTS. O benefício seria acessar esse valor, além da porcentagem. 

Vale a pena sacar o dinheiro para investir?

Para saber se realmente vale a pena aderir ao saque-aniversário para investir o valor em outro lugar é preciso calcular. O saldo do seu FGTS hoje rende 3% ao ano – mais a taxa referencial (TR). Como essa taxa referencial está zerada, desde 2017, o rendimento mínimo fica em 3% mesmo. 

Ou seja: se você conhece um tipo de investimento, alinhado ao seu perfil investidor, que renda mais do que os 3% ao ano – vale a pena avaliar…

Um exemplo é o Tesouro Direto, cujo simulador mostra que um investimento de R$ 1.000, com data de resgate para setembro de 2024 (daqui a 3 anos), teria um rentabilidade líquida de 6,12% ao ano. 

O lucro do FGTS vai para você? Calma. Entenda quem tem esse direito. 

Desvantagens em aderir ao saque-aniversário

A principal desvantagem do saque-aniversário é não poder sacar todo o saldo do FGTS, mas a diminuição do saldo, ano a ano, também pode impactar outros objetivos, como a compra da casa própria usando esse valor. 

Não ter direito a sacar todo o saldo

Sim, quem optar pela modalidade saque-aniversário não pode sacar todo o saldo da conta quando é demitido por justa causa. Essa possibilidade ajuda muitos brasileiros durante o período de recolocação no mercado, por exemplo. 

Quando o FGTS foi criado, este também foi um dos principais pontos pensados: garantir que o trabalhador  tenha dinheiro em mãos caso seja demitido sem justa causa. 

Por isso, é importante ter essa informação em mente antes de escolher o saque-aniversário, já que para voltar ao saque-recisão é necessário esperar no mínimo 2 anos. Mas, se você for demitido, o direito ao saque da multa rescisória de 40% segue normalmente.

As demais regras seguem iguais

Quem escolhe o saque-aniversário perde o direito de sacar o saldo total da conta em caso de demissão por justa causa, mas segue tendo os demais direitos da modalidade recisão, como: 

  • Sacar os 40% da multa recisória – em caso de demissão por justa causa;
  • Saques emergênciais e de calamidade pública;
  • Doenças graves;
  • Aposentadoria. 

Em outras palavras, o que realmente vai mudar são as regras relacionadas ao término do contrato de trabalho: que também são muito importantes em um momento de recolocação no mercado. 

Reduzir o valor disponível para financiar a casa própria

Em sua história, o FGTS foi muito utilizado para conquistar a casa própria. Hoje, além de usar o valor do fundo de garantia como entrada do financiamento, é possível também financiar a construção da casa, comprar um terreno e até mesmo amortizar o valor das prestações futuras.

Fique tranquilo, você poderá seguir usando o valor para financiar uma casa – mas o fato de todos os anos você passar a sacar uma % do saldo da conta, fará com que o valor disponível para entrada do imóvel seja menor, com isso: parcelas maiores; valor total do financiamento também será maior, e haverá mais juros pagos. 

O lucro do FGTS será menor

O lucro do FGTS rende 3% ao ano, e na hora de fazer as contas, o fundo leva em consideração o saldo da sua conta no último dia do ano anterior ao depósito. Ou seja: quanto menor saldo que você tiver, menor será o lucro repassado. Também é importante colocar na ponta do lápis todas as possibilidades de maior rentabilidade e entender o que faz mais sentido para você.  

Por exemplo: investir em um título de renda fixa, como debêntures, podem gerar um rentabilidade de 5% ao ano. Se o objetivo é deixar o dinheiro ali guardado por alguns anos, o lucro do FGTS talvez não seja a melhor escolha. 

Empréstimo saque-aniversário FGTS: como funciona? 

Além da possibilidade de receber o saque-aniversário anualmente, é possível antecipar até três dessas parcelas por meio de uma linha de crédito da Caixa Econômica Federal. Para esse empréstimo, é cobrado 0,99% de juros ao mês.

Veja como antecipar o saque-aniversário do FGTS na Caixa 

Leia mais sobre FGTS:

Saque-aniversário do FGTS: veja o calendário de pagamento para 2021

Como sacar o FGTS para o financiamento de um imóvel? 

Aplicativo FGTS: como navegar para acompanhar seu Fundo de Garantia 

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

3.72

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post