Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Aplicativo FGTS: como na...

Aplicativo FGTS: como navegar para acompanhar seu Fundo de Garantia

Algumas funções, como consulta do extrato e solicitação de saques, podem ser feitas no aplicativo Meu FGTS. Veja como usá-lo.

Se você tem pavor de fila, uma boa notícia: quem tem dinheiro no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço pode ficar de olho nas suas contas e realizar algumas funções por meio do aplicativo Meu FGTS.

O FGTS é um direito de trabalhadores contratados pelo regime da CLT e algumas outras categorias. Todos os meses, o empregador deve depositar 8% do salário de seu funcionário na conta correspondente.

O dinheiro pode ser sacado em algumas circunstâncias específicas, como demissão sem justa causa e compra de um imóvel.

Como baixar o aplicativo do FGTS?

Se você ainda não tem o aplicativo do FGTS, este é o passo a passo para baixá-lo e se cadastrar:

  1. Busque Meu FGTS na loja de aplicativos oficial do seu celular e faça o download por lá. Não confie nunca em programas vindos de outras fontes;
  2. Abra o aplicativo e selecione a opção “Cadastre-se”;
  3. Preencha todos os dados solicitados, incluindo CPF, nome completo, data de nascimento e e-mail;
  4. Cadastre uma senha numérica de seis dígitos. Evite sequências facilmente ligadas a você, como aniversários de pessoas próximas;
  5. Clique no botão “Não sou um robô”;
  6. Aguarde o e-mail de confirmação no endereço cadastrado. Quando ele chegar, clique no link enviado na mensagem;
  7. Abra o aplicativo e faça o acesso com seu CPF e senha;
  8. Responda às perguntas que aparecerão na tela – elas são mais uma camada de confirmação de dados;
  9. Leia as condições de uso do aplicativo, marque “Li e aceito” e clique em “Concordar”.

O que é possível fazer no app?

Existem algumas funções disponíveis no aplicativo:

  • Realizar saques de valores liberados por rescisão de contrato de trabalho;
  • Solicitar outros formatos de saque enviando documentos;
  • Selecionar a conta de banco em que deseja receber o crédito do saque;
  • Consultar saldo e extrato de suas contas no FGTS.

Como usar o aplicativo do FGTS?

Assim que você fizer o login, a primeira tela do aplicativo apresentará informações sobre suas contas e algumas funções. Nela, você encontra:

  • O saldo de cada conta (ativa e inativa) em seu nome. Você pode acessar mais informações de cada uma clicando em “Ver todas as suas contas” e, depois, em “Ver extrato”.
  • O saldo total do seu FGTS. Ao selecionar essa opção, você será direcionado para uma tela com todo o valor que você tem depositado, assim como os critérios para poder sacá-lo.
  • O último depósito feito no seu FGTS, com o valor e data. Ao clicar nele, você é direcionado para o extrato detalhado daquela conta.
  • A opção “Saque Emergencial”, disponibilizada em 2020 para quem desejar sacar até R$1.045 de suas contas.
  • A opção “Saque-aniversário”, que permite que as pessoas realizem resgates anuais de suas contas.
  • A opção “Autorizar bancos a consultarem seu FGTS”. Nela, você pode optar por liberar as informações do seu FGTS para consulta para situações como financiamentos de imóvel e garantia de empréstimos.

O aplicativo também tem uma seção de ajuda, com respostas para dúvidas frequentes, e outra chamada “Mais” – nesta última, o usuário pode ver e/ou editar seus dados pessoais e de contato, consultar notificações, autorizar o envio de SMS sobre seu FGTS e consultar o termo de serviços do app.

Finalmente, a seção “Meus Saques” permite que você escolha entre as duas modalidades de saque do FGTS:

  1. Modalidade saque-aniversário: quem opta por ela pode sacar um valor anual, mas perde o direito a seu FGTS caso seja demitido sem justa causa – caso isso aconteça, o trabalhador tem direito apenas à multa de 40%.
  2. Modalidade saque-rescisão: é o modelo “tradicional” – não é possível fazer saques que não estejam previstos nas regras do FGTS. Caso haja demissão sem justa causa, a pessoa ganha acesso a todo o saldo de sua conta, mais a multa de 40%.

Nessa área do app o usuário também pode solicitar saques em outras situações (como doenças graves, falecimento e aposentadoria). Basta solicitar o critério que se encaixa e fazer o pedido.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

3.33

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post