Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Segurança Digital Como funciona o golpe do...

Como funciona o golpe do novo número?

Golpistas roubam fotos em redes sociais e se passam por terceiros para pedir dinheiro ou informações pessoais em aplicativos de mensagens. Entenda como evitar.



Você está usando o celular quando uma notificação surge na tela do seu app de mensagens: “Oi! Troquei de celular, pode salvar o meu número novo na sua agenda. O outro vou deixar só para trabalho”. A foto é de um conhecido. A mensagem parece inofensiva, certo? O problema é que esse tem sido o modus operandi de muitos estelionatários no chamado “golpe do novo número”.

Abaixo, entenda como funciona esse golpe e como se proteger dele.

O que é o golpe do novo número?

Diferentemente de quando alguém tem o WhatsApp clonado, situação em que golpistas invadem a conta de uma pessoa de maneira remota, o golpe do novo número é mais simples, mas igualmente perigoso. Nele, alguém adiciona a sua foto como avatar do aplicativo de mensagens e passa a abordar os seus contatos como se fosse você, alegando que aquele é o seu novo número.

Os riscos são vários: a partir desse contato, os golpistas podem conseguir informações pessoais sobre você ou alguém que você conheça, além de pedir dinheiro emprestado alegando algum imprevisto que justifique a transferência.

Como alguém pode conseguir o meu número e a minha foto de perfil? 

Nem sempre dá para descobrir onde os criminosos conseguiram os seus dados. Em alguns casos, as informações são roubadas dos próprios perfis das pessoas em redes sociais. Em outros, podem conseguir a sua foto de perfil e o seu contato depois de roubarem o celular de algum conhecido seu.

Às vezes, mesmo que você tome todos os cuidados ao expor as suas informações, os golpistas conseguem violá-las a partir de bancos de dados ou invasões de conta. As possibilidades são muitas, portanto é importante estar atento a qualquer movimentação minimamente estranha nos seus aplicativos e redes sociais. 

Como se proteger do golpe do novo número?

O golpe do novo número sempre envolve mais de uma vítima: a que teve a foto roubada e as pessoas que são abordadas pelos golpistas. Essa abordagem envolve engenharia social e muitas vezes se vale de informações que estão disponíveis publicamente. Para evitar essa situação, as principais dicas são:

  • Evite compartilhar a foto do seu WhatsApp em redes sociais. Há criminosos que se aproveitam de correntes que viralizam e roubam fotos compartilhadas em perfis abertos;
  • Verifique as configurações de privacidade das suas redes sociais e restrinja, mesmo que parcialmente, o acesso às suas informações para quem não for seu amigo ou seguidor;
  • Desabilite a visualização de sua foto de perfil do WhatsApp para quem não está salvo na sua lista de contatos. Para isso, basta abrir o aplicativo, tocar em “Conta” e depois em “Privacidade”. Em seguida, vá em “Foto de perfil” e ative a opção “Meus contatos”;
  • Nunca transfira dinheiro para alguém sem antes conferir se está tudo certo. Tente ligar ou fazer uma chamada de vídeo antes de realizar a transação;
  • Desconfie de números desconhecidos entrando em contato, mesmo que a foto utilizada seja a de alguém que você conhece. Uma alternativa é tentar entrar em contato ou ligar para o suposto número antigo para checar se aquela mensagem é verdadeira;
  • Não compartilhe as suas senhas com outras pessoas e nem forneça esse tipo de informação via mensagem;
  • Caso você note algum problema com o seu aplicativo de mensagens e perca o acesso à conta, pode ser que ela tenha sido invadida. Entre em contato com o suporte do app e avise seus conhecidos imediatamente (por uma rede social, por exemplo).

Leia também:

Todo mundo é uma potencial vítima de um golpe. Por que caímos com tanta facilidade?

Caí em um golpe financeiro na internet. E agora?

Como proteger o WhatsApp: 3 medidas para implementar já

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.91

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post