Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Empréstimo para aposent...

Empréstimo para aposentado: detalhes para ficar de olho

Entender de que forma é realizado o empréstimo para aposentado é como garantir seus benefícios de forma segura. Veja como funciona.

Os aposentados são um público bastante lembrado pelas instituições que oferecem empréstimos. Um dos principais motivos é a possibilidade de ter como cliente alguém que já tem uma renda fixa garantida, depositada todo mês em conta.

O empréstimo para aposentado pode surgir como uma opção para quem precisa lidar com um imprevisto, ou quer fazer algum investimento maior do que a reserva guardada no momento.

Mas justamente por ser uma opção muito oferecida, é importante entender exatamente como ele funciona. Veja abaixo quais cuidados tomar na hora de escolher o que é melhor para você.

O que é um empréstimo?

O empréstimo é uma quantia oferecida por uma instituição financeira ao cliente (contratante), que vai pagar de volta ao longo do tempo, seguindo parcelas, juros e tarifas – que devem constar no contrato.

Assim, um empréstimo pode ser usado para os fins mais diversos: quitar uma dívida, garantir a reforma da casa ou realizar uma viagem. Essa possibilidade de usar o dinheiro no que quiser é a principal diferença entre um empréstimo e um financiamento, no qual o destino do dinheiro é estipulado – por exemplo, comprar um imóvel.

Como é feito o empréstimo para aposentado? 

Quais são os documentos solicitados?

O processo de negociação e de contratação de um empréstimo para aposentado exige alguns documentos.

Documento pessoal com foto – como RG ou a Carteira Nacional de Habilitação.

Também são pedidos comprovantes de residência, como contas de energia elétrica, telefone e outras correspondências.

Por fim, um comprovante de renda também será necessário para entrar em acordo com a instituição com relação aos termos do empréstimo para aposentado. Esse documento pode ser um contra-cheque que prove o recebimento de benefício, ou até mesmo uma declaração de IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) ou do seu contador.

Quais as formas de pagamento? 

As formas de pagamento do empréstimo para aposentado variam de acordo com o tipo de contratação. O empréstimo pessoal, por exemplo, permite que as parcelas sejam debitadas da conta. 

Além disso, ainda é possível pagar o empréstimo por meio de boletos e carnês. 

Já o empréstimo consignado funciona de forma bem particular no que diz respeito ao pagamento. Esse tipo de crédito é firmado entre o consumidor e a instituição, contando que as parcelas serão pagas debitando direto da folha de pagamento ou benefício do INSS.

É importante ressaltar que o empréstimo consignado não precisa ser adquirido no banco que paga o seu benefício. O pagamento pode ser feito para qualquer instituição que você contratar, que será, então, a responsável por repassar o dinheiro.

Quais as taxas/juros cobrados? 

Os juros cobrados por cada banco ou instituição financeira podem variar. As taxas mudam de acordo com o tipo de empréstimo, valor total do crédito, perfil pessoal, renda e pelo número de parcelas acordadas na contratação.

Não existe um valor máximo para os juros definidos no empréstimo, o que reforça a importância de pesquisar por opções de juros mais baixos e melhores condições para o aposentado.

Dica: Para saber quanto você realmente vai pagar no empréstimo, consulte o seu Custo Efetivo Total (CET)  – que inclui todos os encargos e despesas envolvidos.

Qual o valor do empréstimo para aposentado?

Depende. Na modalidade de empréstimo pessoal, por exemplo, considera-se sua renda e análise de crédito.

Para o empréstimo consignado, o que define o valor é o tamanho da parcela em relação ao seu benefício previdenciário – que nunca pode consumir mais de 30% do seu salário. Ou seja: a parcela do empréstimo consignado não pode comer mais do que 30% da aposentadoria

Além desses critérios básicos, as instituições que oferecem o serviço de empréstimo ainda podem ter seus próprios métodos para conceder (ou negar) empréstimo para aposentado.

Onde solicitar o empréstimo?

Bancos – tradicionais ou digitais e instituições financeiras são algumas das alternativas. O mais importante, no entanto, é checar o CET no contrato, para saber exatamente qual será o Custo Total do empréstimo – considerando taxas, juros e outros encargos.

Quais são as regras para consignados?

O empréstimo consignado é um tipo de contratação em que o valor das parcelas é descontado direto na folha de pagamento. No caso do aposentado, a cobrança é descontada diretamente do benefício pago pela previdência.  

Para as instituições que oferecem o empréstimo essa modalidade é considerada de menor risco, já que o benefício da aposentadoria é uma certeza de que haverá fundos para descontos no valor da parcela. Porém, ainda que muito popular, o empréstimo consignado tem uma série de regras próprias.

Antes de mais nada, o cliente precisa autorizar o empréstimo consignado, sendo proibido qualquer desconto do pagamento de pessoas sem autorização expressa do beneficiado. 

Além disso, só é possível pegar um empréstimo consignado se a instituição que irá te emprestar dinheiro possuir um convênio com a sua fonte pagadora (a sua empresa, ou com o INSS, no caso de pensionistas).

Quais os perigos na hora de realizar o empréstimo?

O empréstimo para aposentado pode ser uma ótima solução para conseguir uma quantia a curto prazo. Mas ainda assim, existe alguns cuidados que devem ser tomados para não complicar a vida e a saúde financeira de quem solicita esse crédito.

Antes de mais nada, os aposentados são alvos frequentes de golpistas especializados em oferecer empréstimos falsos. Uma busca rápida no Google mostra diversos resultados de pessoas que caíram em golpes de “empréstimos facilitados”, contratados pelo telefone ou até mesmo pelo WhatsApp.

As propostas de empréstimos fáceis são bem comuns e cobram valores indevidos de adiantamento ou se aproveitam para incluir produtos auxiliares pelos quais você não precisa e nem deve pagar.

6 cuidados na hora de pedir empréstimo para aposentado

Agora que sabemos do principais perigos na hora de realizar um empréstimo para aposentado, vamos a algumas dicas práticas.

1. Não contrate serviços que não precisa

Alguns bancos e instituições financeiras podem aproveitar a contratação do empréstimo para oferecer também outros serviços. Fique atento a todos os termos da contratação e garanta que nenhum serviço adicional está sendo contratado junto com seu empréstimo.

2. Garanta que está conversando com a instituição certa

Tenha certeza que você está em contato com a instituição ou banco de verdade. Alguns golpistas usam o nome de grandes instituições, seja por telefone, e-mail ou outra forma de comunicação, para enganar quem busca um empréstimo.

E justamente por esse motivo, a próxima dica é:

3. Não contrate empréstimos em ligações

Recebeu uma ligação propondo um empréstimo? Desconfie! 

Bancos e instituições financeiras sérios não realizam a contratação de empréstimos exclusivamente por ligações telefônicas. É verdade que contratar um empréstimo está bastante fácil e prático, e pode ser feito até mesmo online. Mas nunca confie em uma simples ligação para passar todos os seus dados e, menos ainda, para adiantar pagamento de parcelas.

4. Cuidado com os seus dados pessoais

Para evitar fraudes e gastos em seu nome, é importante nunca deve fornecer seu ­cartão ou a senha do banco a terceiros. O mesmo vale para qualquer documento, principalmente se solicitado por mensagens de texto ou por meio ligações supostamente de bancos e instituições financeiras.

Vale ressaltar que o INSS nunca entra em contato com o aposentado pelo telefone para solicitar dados pessoais e nem repassa essas informações às instituições financeiras e bancos.

5. Conheça todas as condições do empréstimo

Na hora de concordar com qualquer contratação, preste atenção em todas as condições do seu empréstimo e pergunte a si mesmo:

  • Quais as taxas de juros?
  • Quais as condições de pagamento?
  • É possível antecipar parcelas?
  • Como gerenciar as parcelas?
  • O que acontece com as parcelas atrasadas?

Importante: por lei, toda instituição é obrigada a deixar o cliente adiantar as parcelas e dar o desconto proporcional dos juros

6. Conheça a sua vida financeira

Nunca contrate um empréstimo se você não tiver controle da sua vida financeira. Por isso, antes de qualquer decisão, faça um planejamento das suas finanças.

O empréstimo para aposentado significa que você poderá contar com o benefício mensalmente para ajudar a cobrir as despesas, mas a contratação não deve considerar apenas isso. 

Conheça bem os seus gastos, quanto sobra por mês e quanto pode ficar reservado para garantir o pagamento correto das contas e das parcelas do empréstimo.

As parcelas do empréstimo consignado são descontadas na sua folha de pagamento ou no benefício da previdência. Fique de olho, mês a mês, no valor descontado do empréstimo consignado, do débito automático ou do boleto que foi gerado para você. Isso é essencial para garantir que ele esteja exatamente igual ao que foi acordado no momento da contratação.

E lembre-se da máxima: nunca assine nada sem conhecer os termos.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos, nossa história e veja por que você pode confiar na gente clicando aqui.