Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Complete os campos ao lado para pedir sua Conta e Cartão de crédito

Agora complete abaixo para pedir sua conta e cartão de crédito

Precisamos de um CPF válido
Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu e-mail. Precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Produtos Seguros Dicionário de seguros ...

Dicionário de seguros – o que cada termo quer dizer?

Emolumento, risco, sinistro, carência… Entenda de vez os principais termos usados no mercado de seguros.

No mercado de seguros, “carência” não é uma pessoa com necessidades afetivas, “sinistro” não é algo assustador e “prêmio” está longe de ser um presente que você recebe.

Todos esses termos fazem parte de ums terminologia complexa e bastante única do universo dos seguros.

Veja abaixo uma explicação breve de cada uma das principais e mais usadas palavras – um dicionário de seguros.

Antes disso: o que é seguro?

Um seguro pode ser definido como uma cobertura que uma pessoa ou empresa contrata para se proteger de eventos que podem vir a acontecer. As coberturas vão indenizar o segurado em situações específicas, que ele escolhe quando assina o contrato.

Por exemplo, roubo ou furto de casa. Uma pessoa que contrata um seguro com cobertura contra roubo de casa receberá o valor contratado no caso dele acontecer.

Essa mesma situação vale para outros tipos de seguros – no seguro de vida, por exemplo, o valor da cobertura é pago no caso de falecimento do titular do seguro.

Dicionário de seguros

A seguir, veja os principais termos usados neste mercado e o que cada um deles quer dizer.

Segurado

É a pessoa ou empresa que contrata o seguro e também quem tem direito a ele. O risco do seguro se aplica principalmente ao segurado, que também pode ser chamado de titular do seguro.

Beneficiário

Além do segurado, que tem direito ao seguro contratado, existe também o beneficiário – terceiros que podem receber o pagamento do seguro. É o segurado que escolhe quem serão seus beneficiários.

Por exemplo: no caso do seguro de vida, contratado pelo segurado, é necessário escolher beneficiários para receber o pagamento no caso do seu falecimento.

Benefício

É o pagamento recebido pelo segurado quando algum dos eventos para os quais ele contratou o seguro acontece. Por exemplo: no caso de um seguro de vida, o pagamento do benefício é feito no caso de falecimento do segurado.

Prêmio

Esse é um termo que confunde muita gente. O prêmio não é uma recompensa, mas o próprio pagamento que o segurado faz. 

Para ter direito ao seguro, é necessário fazer o pagamento de um valor específico, definido no momento da contratação. Esse pagamento é chamado de prêmio. Ou seja: o prêmio é o valor que você paga para ter direito à cobertura do seguro que contratou; esse pagamento pode ser mensal, anual ou ser único.

Sinistro

Quando um dos eventos para os quais você contratou uma cobertura acontece, se diz que houve um sinistro do seguro. No caso de um seguro de vida, por exemplo, o sinistro seria o falecimento do titular.

Carência

Em alguns casos, ao contratar um seguro, a sua cobertura passa a ter validade depois de um período específico – ou seja: você não tem direito a ele logo depois de sua contratação. 

O período até sua cobertura entrar em vigor é chamado de carência. Quando se diz que existe uma carência de 3 meses, por exemplo, isso significa que você passa a ter direito a ele três meses depois da contratação.

Apólice

A apólice é o contrato do seu seguro, onde são especificados todos os detalhes de sua cobertura, vigência, cláusulas e condições.

Capital segurado

O valor total de cobertura do seu seguro é o seu capital segurado. Esse valor é o máximo que você receberá da seguradora, dependendo de qual cobertura for recebida quando o seguro for acionado.

Vale dizer que as regras para recebimento de todo o capital segurado variam conforme a seguradora.

Cobertura

A cobertura é a proteção ou proteções que um seguro oferece. Ela determina quais são os riscos que estão inclusos no seu seguro e que você receberá o pagamento no caso de ele ser acionado.

Vigência

Indica a duração do seu seguro – a data até a qual seu seguro é válido e pode ser acionado.

Evento

O evento é o acontecimento que garante ao segurado a cobertura. Por exemplo, furto – este é um evento que pode fazer com que o seguro contra roubo e furto seja acionado.

Indenização

A indenização é, basicamente, o pagamento do benefício quando o seguro é acionado e o segurado tem uma cobertura para aquele acontecimento. A indenização é o pagamento feito pela seguradora ao cliente (segurado).

Franquia

A franquia é um pagamento extra incluído em muitos contratos de seguro. Ela é um valor que o próprio segurado precisa pagar caso acione o seguro. Por exemplo: em seguros de carro, é comum haver uma franquia para acidentes. Até determinado valor, é o dono do carro quem paga. Acima dele, é a seguradora. 

No caso, se a franquia for de mil reais, por exemplo, e o dono sofrer um acidente cujo reparo custa R$2 mil, o segurado paga os mil reais estipulados e a seguradora, os mil que restam.

Nem todos os tipos ou modalidades de seguro cobram uma franquia – normalmente, essa condição é especificada no contrato ou apólice.

Risco

Sem risco, não existe seguro. Ele é o evento que pode ou não acontecer e contra o qual o seguro é feito. Por exemplo, no caso de um seguro de vida, o principal risco é o falecimento do titular. 

Emolumentos

São despesas adicionais que podem ser cobradas do segurado, como impostos, e também são especificadas no contrato.

Cláusulas

São as condições especificadas no contrato ou apólice do seguro, que determinam quando você pode recebê-lo, quais os seus direitos, os direitos da seguradora e os deveres de cada um.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

4.12

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post