Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Investimentos Circuit breaker: o que e...

Circuit breaker: o que é, como funciona e quando acontece?

O circuit breaker é acionado para interromper a negociação de ativos na bolsa de valores em momentos atípicos do mercado. Tire suas dúvidas sobre ele.



De tempos em tempos, pode acontecer de o termo circuit breaker bombardear o noticiário e surpreender muitas pessoas – e não à toa: normalmente, ele só entra em cena quando o mercado financeiro passa por momentos de muita incerteza e bruscas variações nas Bolsas de Valores .

Mas o que é o circuit breaker, afinal? Como funciona? Quando ele é usado? Essas e outras questões são respondidas abaixo.

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

O que é circuit breaker e como funciona?

O circuit breaker, em palavras técnicas, é um mecanismo utilizado pelas Bolsas de Valores ao redor do mundo, inclusive a brasileira, para interromper as negociações de ações e outros ativos durante o período de pregão.

Isso significa que durante o período de circuit breaker, nenhum ativo pode ser negociado na Bolsa de Valores. 

Ele foi criado para momentos em que a Bolsa apresenta variações muito bruscas e atípicas para o mercado financeiro e é acionado para proteger o mercado e os investidores da volatilidade, que pode resultar em enormes perdas financeiras. 

E como ele ajuda o mercado? 

Durante o tempo em que as negociações são interrompidas, a expectativa é de que as ordens de compra e venda de ativos voltem ao seu normal. Mas também é possível que isso não aconteça e que a bolsa entre novamente em circuit breaker.

Em que casos o circuit breaker é usado?

Segundo a B3, a Bolsa de Valores brasileira, o circuit breaker pode acontecer até três vezes durante um mesmo pregão com diferentes durações, baseados na oscilação que a Bolsa apresentar. Entenda as regras:

  • Estágio 1: quando o Índice Bovespa apresenta desvalorização – ou seja, cai 10% em relação ao fechamento do dia anterior, o circuit breaker é acionado e as negociações ficam suspensas por 30 minutos;
  • Estágio 2: depois do estágio 1, as negociações são reabertas; entretanto, se depois disso o Índice Bovespa apresentar desvalorização de 15% em relação ao fechamento do dia anterior, as negociações são interrompidas novamente. Desta vez, por 1 hora
  • Estágio 3: se, depois de reabertas as negociações após 1 hora de suspensão, a Bolsa apresentar queda de 20% ou mais, também em relação ao fechamento anterior, as negociações podem ser interrompidas por tempo indeterminado, a ser definido pela B3.

É importante ressaltar que o circuit breaker não pode ser acionado nos 30 minutos finais do pregão – a última meia hora que ele fica aberto. Caso o circuit breaker seja acionado na última hora cheia de negociação, o encerramento da Bolsa pode ser prorrogado por até 30 minutos.

Resumo: quando ocorre e quanto tempo dura?

Para ficar mais fácil de entender, acompanhe o resumo na tabela:

Se o Ibovespa cairAs negociações serão suspensas por
10% em relação ao dia anterior30 minutos
15% em relação ao dia anterior1 hora
20% em relação ao dia anteriorTempo indeterminado

Vale dizer que esse não é um fenômeno comum: somente nos casos mais atípicos da Bolsa de Valores é que ele é acionado.

Circuit breaker no Brasil: conheço o histórico

A Bolsa de Valores brasileira já passou por dias de pânico. Confira as vezes que o circuit breaker entrou em ação e que as negociações foram paralisadas na B3:

AnoDataCenário
199707/11 e 12/11Crise financeira na Ásia
199821/08, 04/09, 10/09 e 17/09Crise russa
199913/01 e 14/01Câmbio flutuante
200829/09, 06/10, 10/10, 15/10 e 22/10Crise financeira internacional
201718/05Delação da JBS
202009/03, 10/03, 12/03, 16/03 e 18/03Coronavírus/Guerra do petróleo

O que fazer quando o circuit breaker for acionado?

Nessa hora, é preciso manter a calma. Não dá para saber quando as coisas começarão a entrar nos eixos de novo. Respire fundo e se atente a alguns pontos que devem ser considerados antes de tomar uma decisão:

  • O mercado financeiro é bastante dinâmico e a renda variável é imprevisível;
  • Sua rentabilidade pode subir ou descer e, como o próprio nome já diz, varia sempre;
  • Comprar ou vender? Evite o efeito manada! Nem sempre o que é bom para o outro será bom para você;
  • Tenha em mente que todo investimento de renda variável deve ser feito em longo prazo.

Por isso, é fundamental seguir o seu perfil de investidor. Ele permite que você escolha investimentos que se encaixem aos seus objetivos, levando em conta sua tolerância ao risco e suas expectativas de investimento.

Leia também:

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

4.27

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post