Pedir Conta e
Cartão de Crédito

em menos de 1 minuto
e grátis

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Você já caiu em uma cila...

Você já caiu em uma cilada de Black Fraude?

Pesquisa aponta um aumento no preço dos eletrodomésticos e eletrônicos antes da Black Friday. Ar-condicionado, micro-ondas e a famosa fritadeira sem óleo foram alguns dos itens que mais subiram.



A Black Friday já é um período esperado pelos consumidores. Todo ano, em novembro, lojistas oferecem descontos tentadores em produtos e serviços. 

A tradição, que começou nos Estados Unidos, ganhou fama mundial e hoje já é uma popular data do comércio em muitos países – incluindo o Brasil. O problema é que nem sempre as ofertas da Black Friday são, de fato, reais.

Ganhe controle sobre suas finanças: assine nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo.

Lojas que aumentam o preço antes da promoção fizeram com que o feriado ficasse também conhecido pelas chamadas falsas ofertas. É a “Black Fraude” ou “Metade do Dobro”.

Teve Black Fraude no último ano?

Em 2020, o site de comparação de preços JáCotei divulgou um estudo mostrando que a prática segue firme. O site analisou ofertas online durante 53 dias (entre 27 de setembro e 18 de novembro de 2020) e constatou que houve, sim, tendência no aumento de preços antes da Black Friday. 

Em média, os produtos eletrônicos e eletrodomésticos analisados tiveram um aumento de 5%. As categorias que mais subiram foram: ar condicionado (15,7%), climatizador de ar (14,7%), fritadeira sem óleo (10,8%), micro-ondas (8,4%) smartphone (2,8%), lavadora de roupas (2,7%) e fogão (1%). 

Por outro lado, itens como geladeira e notebook caíram mais de 2% antes da Black Friday. 

O levantamento foi feito com as categorias mais buscadas no site de comparação. Veja abaixo a variação de cada categoria.

CategoriaVariação de preço entre 27/9 e 18/11
Ar condicionado+15,7%
Climatizador de ar+14.7%
Fritadeira sem óleo+10,8%
Micro-ondas+8,4%
Smartphone+2,8%
Lavadora de roupas+2,7%
Fogão+1%
TV-0,9%
Notebook-2%
Geladeira -2,7%

Como se proteger da Black Fraude?

Se você está pensando em comprar algum item na Black Friday é bom ficar de olho. Comece a acompanhar desde já em sites que comparam a evolução dos preços dos produtos para ter certeza de que aquele desconto vale mesmo a pena. Alguns dos mais conhecidos, além do JaCotei, são o Zoom, o Buscapé e o Bondfaro.

Caso você não esteja com alguma compra programada mas se interesse por algum item no dia, a dica é a mesma: procure pelo produto em algum site que acompanha os preços antes de decidir. 

Às vezes, compras na Black Friday podem acontecer por impulso, como por algum estímulo da loja ou site dizendo que aquele é o último item no estoque. Mas, nesse caso, é melhor se prevenir: tome seu tempo, olhe outros comércios (online ou físicos) e tenha certeza de que está tomando a melhor decisão antes de fechar negócio.

E o que fazer se você acha que caiu em cilada?

Conheça abaixo dos direitos do consumidor na Black Friday.

Leia mais:

O consumismo está atrapalhando a sua vida?

Os principais problemas que os consumidores enfrentam na Black Friday – e como fugir deles

Black Friday: 3 dicas para comprar de sites chineses

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

1

Esse artigo foi útil? Avalie

Obrigado pela avaliação

Você já votou neste post