Pular navegação

USDC: o que é e como funciona a criptomoeda considerada uma versão digital do dólar

A USDC é uma stablecoin lançada em 2018 e acompanha a cotação do dólar norte-americano. Saiba mais sobre essa criptomoeda.

USDC: Imagem mostra uma tigela cheia de moedas coloridas. Ao lado é possível ver uma colher cheia das mesmas moedas coloridas.

O mercado de criptomoedas ainda pode assustar quem não tem muita intimidade com ele. A oscilação constante nos preços, por exemplo, faz com que muitas pessoas prefiram ativos financeiros mais estáveis, como a renda fixa. Mas já existem moedas digitais criadas para resolver esse problema, como as stablecoins, projetadas para acompanhar o preço de um ativo tradicional, como o dólar e o ouro, e por isso tem um valor mais estável. Uma das stablecoins mais negociadas do mundo é a USDC (USD Coin), considerada uma versão digital da moeda oficial norte-americana.

A USDC é focada em transparência e tem suas reservas financeiras auditadas por empresas independentes, o que ajuda a ganhar a confiança dos usuários.  

Entenda, a seguir, como a USDC funciona e conheça as características dessa stablecoin. 

O que é e como funciona uma stablecoin?

Diferentemente de outras moedas digitais, cujo valor pode variar bastante, uma stablecoin como a USDC é projetada para manter seu valor o mais próximo possível do ativo usado como referência. 

A tradução literal para o nome stablecoin é "moeda estável". Então, como o próprio nome já diz, a stablecoin é um tipo de criptoativo com baixa volatilidade. Em outras palavras, o preço dela não oscila muito ao longo do tempo.

Essa alta variação no preço das criptomoedas, inclusive, é uma das características que afasta muitas pessoas desses ativos. Afinal, as chances de ganhar muito dinheiro são proporcionais aos riscos de perder.

Além disso, esse sobe e desce constante no valor das moedas digitais dificulta a adoção delas como meio de pagamento. Isso porque um preço estabelecido em bitcoins, por exemplo, poderia ficar desatualizado muito rápido.

As stablecoins surgiram como uma alternativa a essa alta volatilidade das criptomoedas comuns.

Para que uma stablecoin realmente tenha valor, é muito importante que a emissora da criptomoeda possua reservas do ativo usado como referência em valor igual ou superior às moedas digitais emitidas. 

No caso da USDC, por exemplo, a Circle, empresa responsável pela criptomoeda, emitiu US$ 24,4 bilhões em moedas digitais lastreadas no dólar norte-americano até o momento em que este texto foi fechado e, por isso, tem uma reserva financeira no mesmo valor guardada em instituições financeiras tradicionais. 

O que é a USDC (USD Coin)?

A USDC é uma stablecoin lançada em 2018 pelas empresas Circle e a Coinbase. Ela foi construída na blockchain Ethereum e também é lastreada em dólares norte-americanos. Isso significa que cada USDC vale exatamente US$ 1 (um dólar). Por isso, o seu preço varia de acordo com a cotação do dólar.

Desde o começo, o foco da USDC é a transparência. Todas as reservas da stablecoin são auditadas mensalmente por empresas independentes para atestar que a garantia em dinheiro para as moedas digitais realmente existe. A Circle e a Coinbase mantêm essa reserva em dólares e títulos do Tesouro norte-americano, depositados em instituições financeiras regulamentadas pelo Banco Central dos Estados Unidos. Além disso, as informações sobre a composição dessa reserva são públicas e podem ser consultadas no site da USDC.

Como surgiu a USDC?

A USDC foi criada pela Centre, uma empresa formada a partir de uma parceria entre a exchange norte-americana Coinbase e a empresa de tecnologia financeira Circle. A motivação por trás da criação dessa criptomoeda foi oferecer uma alternativa digital ao dinheiro tradicional, permitindo transações rápidas e eficientes na blockchain. 

Ao manter uma relação de 1 para 1 com o dólar norte-americano, a USDC pretende fornecer estabilidade e confiança aos usuários que desejam utilizar moedas digitais para transações diárias.

Relembre o que é blockchain

Blockchain é a tecnologia por trás das criptomoedas. Basicamente, esse é um sistema que permite o envio e o recebimento de alguns tipos de informações pela internet. São pedaços de código gerados online que carregam informações conectadas, como blocos de dados que formam uma corrente – daí o nome (block = bloco, chain = corrente).

A blockchain funciona com sistemas avançados de criptografia que protegem as transações, suas informações e os dados de quem transaciona.

Quer saber mais sobre criptomoedas? Assista ao vídeo abaixo.

https://www.youtube.com/watch?v=0Nf1t_HJSxQ

Ou clique aqui para ler uma explicação simples sobre o que é blockchain.

Quais as vantagens da USDC?

  • Solidez. Por ser uma stablecoin, a USDC é lastreada, ou seja, é garantida por um ativo real: o dólar norte-americano. Essa característica a torna uma opção mais segura para quem tem esse ativo digital, pois ela possui menor volatilidade em relação a outras criptomoedas;
  • Acessibilidade. Outra facilidade é que a USDC pode ser adquirida sem a necessidade de uma conta global, bem como sua emissão é regulada por órgãos competentes e com processo de auditoria independente;
  • Preço mais estável. O valor da USDC é atrelado ao dólar norte-americano. Por isso, ele não sofre com grandes variações. Isso proporciona maior previsibilidade aos usuários. Essa criptomoeda é, inclusive, usada por muitas pessoas de países de moedas mais fracas como uma forma de investir em dólar para, assim, proteger o patrimônio da desvalorização frente à moeda dos Estados Unidos;
  • Transparência. A stablecoin USDC é focada em transparência. Um dos seus grandes diferenciais é que a emissão dessa criptomoeda é auditada regularmente por empresas independentes para garantir que a Circle realmente tenha um valor equivalente em dólar guardado em contas de instituições financeiras regulamentadas pelo governo dos Estados Unidos;
  • Parceiros importantes. Parte do patrimônio que respalda a USDC está em fundos do banco norte-americano BNY Mellon, que por sua vez são geridos pela Blackrock, uma das maiores empresas de gestão de investimentos do mundo;
  • Facilidade. Stablecoins, como a USDC, podem ser utilizadas de forma semelhante às moedas tradicionais, permitindo transações rápidas e eficientes 24 horas por dia, 7 dias por semana. Elas podem ser enviadas e recebidas entre diferentes wallets (carteiras digitais) e exchanges (corretoras especializadas), e utilizadas para pagamentos online ou remessas internacionais;
  • Liquidez. Em geral, as stablecoins oferecem alta liquidez. Isso significa que é mais fácil comprar, vender ou trocar stablecoins por outros ativos ou moedas.

Para que serve a USDC?

  • Acesso ao dólar. A USDC é uma forma mais simples de ter um ativo equivalente ao dólar sem precisar usar casas de câmbio ou bancos e corretoras dos Estados Unidos. Ela também facilita transferências internacionais e pode até mesmo ser usada como uma reserva financeira para viagens, por exemplo. 
  • Pagamentos. A USDC também permite pagamentos rápidos. Ela inclusive pode ser transferida entre carteiras digitais de diversas blockchains, como Polkadot, Solana, Stellar e Avalanche. 
  • Investimento. A USDC pode ser usada por pessoas que queiram ter um investimento atrelado ao dólar. Ela também proporciona maior proteção contra a inflação nos mercados locais, já que está atrelada a uma moeda mais forte, e da perda de valor da moeda local frente ao dólar. 

Como minerar USDC?

A USDC não é minerada como outras criptomoedas, e por isso não é necessário ter equipamentos especiais ou softwares específicos. Em vez disso, essa moeda digital é emitida por instituições financeiras regulamentadas. Essas instituições criam novas unidades de USDC, mantendo uma reserva de dólares norte-americanos correspondente.

Qualquer instituição financeira que cumpra requisitos específicos, como possuir todas as licenças necessárias e manter fundos em dólares, pode emitir USDC. Eles podem trocar cada unidade de USDC emitida pelo mesmo valor em moeda fiduciária na proporção de 1 para 1 (por exemplo, uma USDC por US$ 1). Isso aumenta a segurança da criptomoeda.

Como comprar USDC?

É possível comprar USDC de algumas maneiras. Confira quais são. 

  • Exchanges: são corretoras de criptoativos especializadas na venda de moedas digitais. Depois que abrir a conta, é preciso depositar o valor desejado para investir.
  • Peer-to-peer: esse tipo de transação usa plataformas exclusivas. No sistema peer-to-peer, um comprador entra em contato com o vendedor e cota o valor ou a quantidade de moedas digitais que deseja comprar. Caso o vendedor aceite o preço, o comprador faz o pagamento. A agilidade está entre as principais vantagens de negociar com outras pessoas. Mas o medo de golpes faz muitos investidores evitarem esse tipo de transação.

Quais os riscos dessa criptomoeda?

Mesmo que a USDC e outras stablecoins não tenham tanta variação nos preços, é preciso alguns cuidados antes de comprar esse tipo de ativo. O mais importante é entender que as criptomoedas são investimentos de renda variável, têm risco e, por isso, precisam estar alinhadas com o seu perfil de investidor

Na hora de comprar moedas digitais, é importante não se apegar apenas ao histórico de valorização, já que retornos passados não garantem rentabilidade futura. Portanto, comece aos poucos, com pequenas quantias, e não esqueça de construir antes a sua reserva de emergência, que é aquele valor que poderá ser usado para imprevistos.

Tire um tempo para pesquisar antes de comprar uma criptomoeda. Conheça os detalhes, informe-se sobre o emissor, entenda os termos e o que está por trás das criptomoedas que te chamou a atenção, como por exemplo a tecnologia e o propósito que esse ativo digital tem.

Leia também:

Clientes podem usar app para negociar USDC, versão digital do dólar

Nubank Cripto: clientes podem comprar litecoin, uma das criptomoedas mais valorizadas do mercado

Ethereum: como funciona a segunda criptomoeda mais famosa do mundo?

Regulamentação das criptomoedas: o que muda para quem compra e vende criptoativos?

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história.

Navegue
    Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossaPolítica de Privacidade.Ao continuar a navegar, você concorda com essa Política.