Pular navegação

Taxa Selic cai para 11,25% – e agora? Como fica o rendimento da conta do Nubank?

O Copom reduziu a taxa Selic de 11,75% para 11,25% ao ano – a quinta redução consecutiva. Isso impacta diversas operações e aplicações financeiras, inclusive os depósitos na conta do Nubank. Entenda como.

Selic: colagem de dois elevadores com um símbolo de porcentagem roxo entre eles.

O Copom (Comitê de Política Monetária) decidiu, na reunião do 31 de janeiro de 2024, reduzir a taxa Selic de 11,75% para 11,25% ao ano – pela quinta vez consecutiva, chegando ao menor nível desde fevereiro de 2022.

Isso significa que, na prática, os títulos públicos indexados à Selic e aplicações em renda fixa passam a oferecer uma remuneração diferente. E, já que a conta do Nubank repassa um rendimento automático do dinheiro depositado nela, como fica? A rentabilidade também aumenta? A poupança se torna uma opção melhor?

Calma. Nós esclarecemos essas e outras dúvidas neste conteúdo.

(Este post foi atualizado pela última vez em janeiro de 2024 com os novos valores da Selic).

O que é a Selic

A Selic é a taxa de juros básica da economia, usada pelo Banco Central para controlar a inflação, movimentar a economia, entre outras coisas. Isso significa que ela afeta suas aplicações financeiras, a rentabilidade da sua poupança, e também as taxas de juros cobradas pelos bancos. 

Ela funciona como uma referência para a economia brasileira e um indicador de nossa situação econômica: ela é definida a cada 45 dias pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, com base em inúmeros indicadores financeiros do país para chegar a uma taxa. Nessas decisões, a Selic pode tanto se manter estável, sem alterações, quanto aumentar ou diminuir.

Como assim?

O Banco Central, quando promove alguma mudança na Selic, pode abaixá-la ou aumentá-la. O objetivo é controlar a inflação. Mas na prática:

  • Ao aumentar a Selic, a economia desacelera;
  • Ao diminuir a Selic, a economia acelera.

A Selic afeta as principais operações financeiras no país, incluindo aplicações no Tesouro Direto e em renda fixa. Por isso, é importante ficar atento às suas mudanças.

Como fica a conta do Nubank com a alta da Selic?

O dinheiro que fica na conta do Nubank 30 dias após ser depositado rende de 100% do CDI, um indicador muito próximo da Selic. Isso ocorre tanto na situação em que o cliente simplesmente deposita dinheiro na conta como no caso em que o cliente opta por adquirir RDBs do Nubank

Com a redução de 0,50 ponto percentual da taxa Selic na última reunião do Copom, em janeiro de 2024, o rendimento do CDI também fica menor – por isso todas as aplicações em renda fixa, incluindo os títulos vinculados ao saldo da conta do Nubank, como os títulos públicos indexados à Selic e RDB, são afetados. Mas, na prática, a taxa de juros brasileira segue em um de seus maiores níveis da história. 

Já para a poupança, a regra é diferente: sempre que a Selic estiver acima de 8,5% ao ano, a remuneração da poupança é de 0,50% ao mês mais a Taxa Referencial. Portanto, com a Selic em 11,25%, é essa a regra que está valendo e o rendimento da poupança segue em 0,50% ao mês mais a Taxa Referencial.

Ou seja: o rendimento atrelado à conta do Nubank vai continuar rendendo mais que a poupança, pois garante rendimento de 100% do CDI (o que equivale a 11,15% ao ano).

Em outras palavras: depositar na conta do Nubank continua valendo mais a pena do que deixar seu dinheiro na poupança.

Exemplo: quem investir R$ 1.500 na conta do Nubank com a Selic a 11,25%, por um prazo de dois anos, verá o dinheiro render até R$ 1.791,35 – valor que já com o desconto do Imposto de Renda. Na poupança, esse valor renderia até R$ 1.693,36. Nossa conta, portanto, garante cerca de R$ 97,99 a mais em rendimentos. 

No vídeo abaixo, saiba mais sobre a conta do Nubank:

https://www.youtube.com/watch?v=lCM66Lq7UFs

O modelo de rendimento é igual ao da Poupança?

Não. O rendimento da conta é superior, já que a poupança rende atualmente 6,17% ao ano mais a Taxa Referencial, enquanto a conta rende 100% do CDI para os valores que permanecerem nela por mais de 30 dias – o equivalente a 11,15% ao ano. 

Por exemplo, uma pessoa que deposita R$ 1.000 na conta do Nubank e o mantém por 30 dias, terá no 31º dia um saldo bruto de R$ 1.008,85. O saldo líquido – isto é, depois de tributado o Imposto de Renda – é de R$ 1.007,15. Portanto, o rendimento líquido da aplicação é de R$ 7,15. 

Na poupança, os mesmos R$ 1.000 se tornam R$ 1.006,86 após 30 dias. Ou seja, a conta do Nubank mais uma vez sai na frente.

Outra diferença importante é que, enquanto a poupança rende apenas uma vez no mês (nos aniversários dos depósitos), a conta do Nubank tem rendimento em todos os dias úteis após o 31º dia do depósito.

Dúvidas sobre a Selic? Você confere tudo sobre ela aqui

Ainda não conhece a conta do Nubank? Clique aqui para tirar suas dúvidas.