Complete abaixo para pedir sua NuConta e seu cartão de crédito

Precisamos seu nome completo. Precisamos seu nome completo.
Precisamos do seu CPF Precisamos de um CPF válido
Precisamos do seu e-mail. Aqui precisamos de um email válido.
Ops. Está diferente do campo acima.
Para prosseguir, você deve concordar com as políticas de privacidade.

Início Seu Dinheiro Organizar as Finanças Quando cai o pagamento d...

Quando cai o pagamento do 13º salário em 2019?

Você piscou e já é quase fim de ano. Calma! A parte boa é que tem uma graninha para entrar. Veja aqui quando cai o 13º salário.

Natal, happy hour da empresa, Black Friday, amigo secreto, viagem de Ano Novo…. A lista de gastos de fim do ano só cresce conforme o segundo semestre avança. A boa notícia é que, justamente nesse momento, entra uma renda extra: o 13º. Mas… Quando cai o pagamento do 13º salário 2019?

Pagamento do 13º 2019: quando vou receber?

A legislação determina o pagamento do 13º salário de duas formas diferentes. Em 2019, ele foi calendarizado assim:

  • Em uma parcela: pagamento integral até o dia 30 de novembro;
  • Em duas parcelas: a primeira parcela deve ser efetuada entre 1º de fevereiro e 30 de novembro; a segunda, até o dia 20 de dezembro de 2019.

Isso significa que as empresas têm liberdade de escolher a data de pagamento do 13º salário com a condição de obedecer a esses prazos limites.

Como é calculado o pagamento do 13º salário?

A conta para calcular o 13º confunde muita gente, mas ela não é tão complexa quanto parece. Basicamente:

  • A primeira parcela do 13º é calculada com base no salário do mês imediatamente anterior ao pagamento. Ela não sofre dedução de impostos.
  • A segunda parcela do 13º incide sobre o salário de dezembro, descontado o valor já pago na primeira parcela. Esse segundo pagamento sofre os descontos relativos ao INSS e ao imposto de renda.

Com isso em mente, basta saber em qual dessas duas categorias você se encaixa:

1. Trabalhadores que ficaram durante todo o ano na empresa

O 13º de quem passou o ano inteiro em uma mesma empresa é equivalente a um salário inteiro. Simples assim. A primeira parcela, como explicamos acima, corresponderá à metade do salário do mês anterior, enquanto a segunda recebe deduções de INSS e Imposto de Renda.

2. Trabalhadores que estão há menos de um ano na empresa

Neste caso, o 13º será proporcional ao tempo trabalhado. Para calculá-lo, seu RH faz essa conta:

  • O valor do seu salário bruto é dividido por 12;
  • O resultado é multiplicado pelo número de meses trabalhados. Este é o seu 13º.

Quer saber mais detalhes de como calcular seu 13º salário? Veja aqui

Como usar o 13º salário?

Não tem resposta exata para isso. Como falamos antes, o fim de ano é um período de muitas despesas e o 13º salário pode ser uma maneira de gastar sem fazer parcelas no cartão de crédito.

Mas, para o bem do seu controle financeiro, é recomendável que você se esforce para guardar ao menos uma parte do 13º. Pode ser para sua reserva de emergência, se não tiver uma montada, ou até para um projeto a longo prazo, como uma viagem.

Lembre-se: o 13º é uma gratificação pelo trabalho duro que você realizou ao longo de um ano inteiro; vale a pena poupar parte dele para investir em você mesmo.

Importante: se você está endividado, o pagamento do 13º é uma oportunidade ótima de quitar essa pendência. Mesmo que ele não cubra o total, é uma ótima moeda para adiantar pagamentos e negociar com a instituição credora.

Este conteúdo faz parte da missão do Nubank de devolver às pessoas o controle sobre a sua vida financeira. Ainda não conhece o Nubank? Saiba mais sobre nossos produtos e a nossa história aqui.

Digite seu nome

Quero receber a newsletter